Buscar

17 dezembro 2014

Vereador Neto do Pai João (PMDB) é eleito presidente da Câmara de Aratuba

NETO DO PAI JOÃO COMANDARÁ O LEGISLATIVO ARATUBENSE NO BIÊNIO 2015-2016.

O vereador Neto do Pai João (PMDB) foi eleito presidente da Câmara de Aratuba nesta quarta-feira (17). A votação aconteceu durante sessão ordinária nesta manhã e terminou por volta das 10h. O peemedebista assume o posto no dia 1º de janeiro, substituindo a atual presidente Julina Guedes (PMDB).

Neto concorreu à presidência com chapa com chapa única vencendo a disputa por seis votos válidos contra três votos em branco. Em 2012, ele foi o único vereador mais reeleito por vontade popular.

Com o resultado, a mesa diretora será composta por Neto do Pai João (PMDB), como presidente, Jean Martins (PROS) como vice-presidente, além de Gerson Castelo (PSD) e Ivanir Bernardo (PROS), como 1º e 2º secretários, respectivamente.  A sessão ordinária foi à última realizada neste ano no legislativo.
Manoel Venâncio Barroso (Neto do Pai João) foi o único vereador de Aratuba reeleito por vontade popular no pleito eleitoral de 2012. Ele faz parte de um historia inédita na vida política do município de Aratuba.

Em sua primeira fala como presidente eleito Neto agradeceu a todos pelo apoio, reafirmou a parceria com a administração municipal e elogiou a atual presidência pela transparência como o processo foi conduzido.    

CONHEÇA MAIS DO NOVO PRESIDENTE

No seu primeiro mandato, Neto procurou desenvolver um trabalho voltado para o atendimento às demandas sociais principalmente as que chegam todos os dias ao seu conhecimento, para isso, ele fez vários requerimentos como: recuperação e instalação de calçamento em várias regiões de Aratuba; Instalação de um posto avançado dos Correios no Distrito de Pai João; Construção de 56 casas populares, sendo que 13 foram entregues; Construção do Posto de Saúde – Pai João; Construção do Posto de Saúde – Brejo; Abastecimento d’ água – Serrinha de Baixo; Abastecimento d’ água – Serrinha de Cima; Restauração da rede de abastecimento d’ água nas localidades de Boa Vista, Salgado e Camarão; Recuperação de estradas em várias localidades; Instalação de equipamentos de segurança nas principais vias de Aratuba; Construção e reparos de vários bueiros; Reformas das quadras esportivas do município e vários outros requerimentos.

Já no segundo mandatado Neto do Pai João tem repedido a dose, sempre presente nas comunidades, ouvindo as demandas do povo, fiscalizando e buscando alternativas de solução.

“Interagir com as pessoas, ouvir as reivindicações, atender a população, fiscalizar o Poder Executivo, é obrigação do Vereador. Fiz tudo isso no meu primeiro mandato, e vou continuar da mesma maneira no meu segundo mandato, exercendo minha função com responsabilidade e buscando criar Projetos de Lei que realmente possam beneficiar a população de Aratuba”, declarou Neto. O vereador foi reeleito pelo PMDB - Partido do Movimento Democrático Brasileiro.

Atuando como Vereador de Aratuba Neto do Pai João continua ajudando seu povo, legislando e defendo seus direitos. Como pai é um eterno apaixonado por seus filhos. Hoje continua empresário e Vereador, e para Neto o amor ao povo de Aratuba é sua razão de continuar enfrentando os desafios do dia-a-dia junto de seus conterrâneos. 

Com presidente eleito, o foco do parlamentar continua sendo o povo tão amado por ele, antes de ser Vereador, Neto é filho dessa terra amada e amigo de cada aratubense, na Câmara continuará exercendo seu papel de legítimo representante da população.

Caninhas celebra a Primeira Eucaristia de 28 crianças


A Capela de São Francisco (Caninhas) neste tempo do advento celebrará a Primeira Eucaristia de várias crianças, que foram preparadas para tal acontecimento no decorrer deste ano.
Na noite de hoje, a Comunidade de Caninhas celebra a Primeira Eucaristia de 28 crianças, bem como duas crianças que receberão seu Batismo. A Celebração será presidida pelo Pároco de Aracoiaba, Padre Evando Alves de Andrade. A Missa de Primeira Eucaristia será na Capela de São Francisco, às 19h, na localidade de Caninhas/Aracoiaba.

Bom Gosto Confeitaria e Padaria - Promoção Kit Festa; confira





Cão vira hit ao 'se sentir culpado' por devorar enfeites da árvore de Natal

Um vídeo que mostra um cão com "cara de culpado" após devorar bolas da árvore de Natal faz sucesso na internet. Na gravação, o dono filma o cachorro deitado no sofá enquanto pedaços de bolas natalinas estão espalhados pelo chão. Publicado no dia 9 de dezembro, o vídeo alcançou mais de 1,1 milhão de visualizações no YouTube. Assista.
Cão virou hit na web ao 'se sentir culpado' por devorar enfeites da árvore de Natal (Foto: Reprodução/YouTube/Foodplot)Cão virou hit na web ao 'se sentir culpado' por devorar enfeites da árvore de Natal (Foto: Reprodução/YouTube/Foodplot)Fonte: G1

Governo Dilma tem aprovação de 40%, indica pesquisa Ibope

Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (17) mostra que a administração da presidente Dilma Rousseff tem a aprovação de 40% dos entrevistados. O percentual de aprovação reúne os que avaliam o governo como “ótimo” ou “bom”.
O levantamento do Ibope, encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), foi realizado entre os dias 5 e 8 de dezembro e ouviu 2.002 pessoas em 142 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
De acordo com a CNI, o levantamento anterior, divulgado em setembro deste ano, havia apontado que 38% aprovavam o governo (consideravam "ótimo" ou "bom"). Na última pesquisa – realizada durante a campanha presidencial –, 28% consideravam dos entrevistados avaliaram a administração Dilma "ruim" ou "péssima". Já 33% consideraram a gestão "regular".
Os que julgam o governo “ruim” ou “péssimo”, segundo o Ibope, são 27%. Para 32%, o governo é “regular”.
O resultado da pesquisa de avaliação do governo Dilma foi o seguinte:
- Ótimo/bom: 40%
- Regular: 32%
- Ruim/péssimo: 27%
- Não sabe/não respondeu: 1%
O nível de confiança da pesquisa é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

Mulher Melão já escolheu lingerie para a virada: 'Branca e fio-dental'

Renata Frisson, a Mulher Melão, mostrou que já está no clima do Ano Novo ao fazer um ensaio bem sensual. A funkeira posou no clima ostentação, com direito a champanhe, e usando umalingerie no estilo que escolheu para a virada: "Branca e fio-dental! Além de significar a paz, o branco também é chamado de cor da luz e reflete todos os raios luminosos... É isso que eu quero: muita luz! Amor sempre aparece e os que não valem a pena a gente manda embora (risos). Dinheiro, a gente trabalha e conquista".
EGO NAS REDES SOCIAIS
Sobre o título de Musa do fio-dental, que ela mesma se deu após toda a polêmica com o lançamento da música "Anaconda", de Nicki Minaj, ela se gabou: "Assumi e me preparei para isso. Afinal, o bumbum tem que estar mais do que na nuca para valer esse título (risos)".
 Mulher Melão (Foto: Derick Abreu)Mulher Melão (Foto: Derick Abreu)
 Mulher Melão (Foto: Derick Abreu)Mulher Melão (Foto: Derick Abreu)
 Mulher Melão (Foto: Derick Abreu)Mulher Melão (Foto: Derick Abreu)
 Mulher Melão (Foto: Derick Abreu)Mulher Melão (Foto: Derick Abreu)Fonte: EGO

Prefeitos de todo o País reclamam da falta de repasse de recursos para a saúde

ORÇAMENTO PÚBLICO
Prefeitos de todo o País reclamam da falta de repasse de recursos para a saúde
A CNM alerta para os atrasos nas transferências, que, normalmente, ocorrem em novembro.

Pouco menos de 15 dias para terminar 2014 e os Municípios ainda não receberam recursos federais da Saúde.  A Confederação Nacional de Municípios (CNM) tem informado sobre atrasos nos repasses do bloco da média e alta complexidade de dezembro e do Piso Variável da Atenção Básica (PAB Variável).

Só o recurso do bloco da média e alta complexidade representa aproximadamente R$ 3,1 bilhões que deixa de ser investidos em procedimentos e serviços de Saúde, que visam a atender aos principais problemas e agravos da população.

Os repasses ocorreram, normalmente, até novembro deste ano. Mas, até agora, há apenas um aviso no portal do Fundo Nacional de Saúde do Ministério da Saúde (FNS) que confirma o atraso do repasse e informa: 70% dos valores devidos devem ser depositados nesta terça-feira, 16 de dezembro, e os 30% restantes serão depositados entre os dias 2 e 5 de janeiro de 2015.

A verba do Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (Faec) e do Limite financeiro da Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar (MAC) deve ser prioridade, pois é destinada as ações e aos serviços de maior complexidade disponibilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

PAB Variável
Já os valores do PAB Variável somam aproximadamente R$ 809 milhões mensais, e também devem ser repassados às contas da prefeitura até o dia 15 de cada mês. Os repasses deveriam ser transferidos de maneira regular e automática aos Municípios, conforme determinação legal. A maioria dos Municípios utiliza esses recursos para o pagamento de servidores da atenção básica de saúde, e o atraso traz transtornos às administrações municipais.

A CNM informa ainda que o Ministério da Saúde (MS) é o órgão responsável por fazer o repasse dos recursos aos entes municipais. Sendo assim, a entidade protocolou um ofício junto ao órgão e solicitou informações a cerca dos atrasos.

Situação financeira
Com o atraso e a atual situação financeira dos Municípios, a Confederação destaca que os mais prejudicados são as prefeituras e a população. Isso, uma vez que o atendimento à saúde dificulta o acesso das pessoas aos procedimentos mais urgentes e acarreta insegurança no planejamento de oferta das suas ações e serviços.

* Com informações da CNM

Fonte: http://www.cearanews7.com.br/ver-noticia.asp?cod=23099

Dilma sanciona sem vetos lei que altera cálculo da meta fiscal para 2014

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA
Dilma sanciona sem vetos lei que altera cálculo da meta fiscal para 2014

A presidenta Dilma Rousseff sancionou, sem vetos, a lei que altera a fórmula do cálculo da meta fiscal do governo para o ano de 2014, permitindo que sejam descontados da soma os gastos com investimentos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e as renúncias fiscais feitas em benefício de vários setores produtivos neste ano. A sanção foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União, publicada nesta terça-feira (16).

A nova meta havia sido aprovada pelo Congresso Nacional em 4 de dezembro, quando foi votado o texto-base do Projeto de Lei do Congresso (PLN 36/14). Esse texto é um substitutivo elaborado pelo relator da matéria, senador Romero Jucá (PMDB-RR), e já havia sido aprovado anteriormente pela Comissão Mista de Orçamento. Ele amplia de R$ 67 bilhões para R$ 116 bilhões o limite para o governo abater despesas no cálculo do resultado fiscal para 2014. O abatimento das despesas também já era previsto por uma regra em efeito na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Os investimentos feitos pelo governo federal no PAC avançaram 41,1% em 2014 em relação a igual período do ano passado, segundo dados divulgados na quarta-feira (26), pelo Tesouro Nacional. Com isso, os recursos investidos no programa somaram R$ 51,5 bilhões nos dez primeiros meses deste ano, contra R$ 36,5 bilhões em 2013.

Estímulos à produção

Entre janeiro e setembro deste ano, o governo federal abriu mão de arrecadar R$ 75 bilhões por causa das desonerações tributárias, concedidas para estimular o mercado interno e o setor produtivo do País, como a folha de pagamento, cesta básica e ICMS na base de cálculo do PIS/Cofins – Importação.

Esses recursos podem ser considerados como um investimento do governo para aumentar a competitividade brasileira. Apenas em setembro, a renúncia fiscal foi de R$ 8,39 bilhões sobre a arrecadação do mês, contra R$ 6,8 bilhões em igual mês do ano passado.

Entre os descontos e isenções de impostos concedidas pelo governo está a redução da alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de carros novos, móveis e eletrodomésticos da linha branca (como geladeiras e fogões). Neste ano, só as desonerações fiscais somam mais de R$ 75 bilhões.

* Com informações do Portal Brasil e do Diário Oficial da União


Fonte: http://www.cearanews7.com.br/ver-noticia.asp?cod=23093

Cid Gomes pede verbas do FECOP para ressarcir cofres do Governo

FUNDO DE COMBATE À POBREZA
Cid Gomes pede verbas do FECOP para ressarcir cofres do Governo
Para a oposição, o recurso destinado às famílias mais pobres seria usado para quitar contas da gestão.

Sede da Assembleia Legislativa do Ceará. 
Começou a ser debatida nesta terça-feira (16), na Assembleia Legislativa do Ceará, a Mensagem do governador do Estado, Cid Gomes (PROS), que solicita a autorização do Legislativo para a utilização do Fundo de Cobate à Pobreza (FECOP) no ressarcimento de valores que deixaram de ser depositados nos cofres públicos por conta da isenção do ICMS das contas de energia elétrica ao consumidor de baixa renda, do óleo diesel que abastece transportes coletivos da Região Metropolitana de Fortaleza e na compra de medicamentos.

A justificativa ao Projeto de Lei, apresentada pelo deputado Mauro Filho (PROS), de que a aplicação de recursos do FECOP é legítima, já que o abatimento das taxas foi em benefício dos consumidores mais pobres, não convenceu os parlamentares da oposição.

Para Mauro, o Governo do Estado não está inovando nada na matéria e não se pode colocar em dúvida a aplicação desses recursos em obras como o VLT. “Fazer desapropriação para o VLT gera dúvida com relação ao uso do recurso. Mas eu pergunto: essa obra vai beneficiar o mais rico ou o mais pobre? Rico não usa metrô, ele tem carro. Eu sei que tem rico que fica chateado quando se usa dinheiro com a classe mais baixa”, declarou.

Para os deputados Roberto Mesquita (PV) e Danniel de Oliveira (PMDB), o Governo tenta realizar uma manobra fiscal que tem como real objetivo cobrir os gastos da gestão. A medida, na verdade, permitiria que Cid tirasse as contas do Executivo do vermelho, antes de entregar o cargo. Outro contra-argumento é de que as isenções de ICMS já estariam sendo subsidiadas pelo Governo Federal.

FECOP
O Fundo Estadual de Combate à Pobreza - FECOP foi regulamentado em 2004. Os recursos correspondem a 2% da arrecadação do ICMS de bebidas alcoólicas, armas e munições, embarcações esportivas, fumo, cigarros, energia elétrica, gasolina e serviços de comunicação.

Pelas regras, o FECOP não deve ser aplicado em práticas de simples convivência com a pobreza. Ele tem como orientação principal o combate à miséria a partir da criação de meios para o fortalecimento do patrimônio individual e social. É por meio dele que ocorre o financiamento de projetos de transferência de renda e de infra-estrutura básica, social e produtiva destinados à famílias que estão abaixo da linha de pobreza.  (Fonte: SEPLAG)

 
Fonte: http://www.cearanews7.com.br/ver-noticia.asp?cod=23104


Supremo anula processo sobre morte do ex-prefeito Celso Daniel

sombra
O processo que aponta o empresário Sérgio Gomes da Silva, o Sombra, como  mandante do assassinato do ex­prefeito de Santo André, Celso Daniel, morto em 2002 foi anulado nesta terça-feira (16) pelo Supremo Tribunal Federal. A defesa alegou que foi impedida de questionar outros dois réus em depoimentos à Justiça.
O julgamento acabou empatado na 1ª turma do STF. De um lado os ministros Dias Toffoli e Marco Aurélio Mello entenderam que houve cerceamento da defesa e acabaram dando razão  aos advogados. Já Rosa Weber e Luis Barroso se posicionaram contra a apresentação de  habeas corpus para o caso, por entenderem não ser o instrumento apropriado para esse tipo de questionamento.
Com essa decisão, o processo deve regredir às etapas iniciais. A instrução deverá ser refeita. Só depois de novos interrogatórios o juiz do caso decidirá, de novo, se Sombra irá ou não a julgamento.
Celso Daniel que foi encontrado morto com oito tiros numa estrada rural de Juquitiba, na região metropolitana de São Paulo, após ter sido sequestrado dois dias antes na zona sul da capital paulista, quando voltava de um jantar com Sombra, de quem era amigo. O réu é acusado de ter encomendado a morte porque o prefeito teria interrompido um esquema de corrupção no qual Sombra estaria envolvido.