Buscar

08 dezembro 2014

Andressa Urach já caminha na UTI, diz médico

Dr. Pedro Alexandre da Motta Martins (Foto: Ranieri Rizza/EGO)Dr. Pedro Alexandre da Motta Martins
(Foto: Ranieri Rizza/EGO)
O quadro clínico de Andressa Urach parece estar evoluindo positivamente. Segundo informações do médico Pedro Alexandre da Motta Martins, chefe da cirurgia plástica do hospital Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre, que conversou com o EGO nesta segunda-feira, 8, a modelo já caminha na UTI. Andressa está internada no hospital desde a semana passada em função de uma infecção causada pela aplicação de hidrogel nas pernas, feita há cinco anos. "Ela teve uma melhora muito grande nesse final de semana e isso significa que ela está se movimentando, que ela levantou, foi ao banheiro, ela senta e vê televisão, está se alimentando, conversa, mas não existe uma previsão de ir para o quarto. Até porque ela vive um quadro bastante complexo. Ainda tem coisas que precisam ser resolvidas", disse ele, sem entrar em maiores detalhes.
Andressa Urach - Polêmica Cristiano Ronaldo (Foto: Reprodução/ Instagram)Andressa Urach (Foto: Reprodução/ Instagram)
Entenda o caso
A causa do problema de saúde foi uma aplicação de hidrogel feita há cinco anos nas coxas. Em julho deste ano, Andressa teve problemas e se submeteu a um procedimento para retirar o produto. Na sexta-feira, 28, ela voltou a ser operada para retirar resquícios do hidrogel, sendo liberada pelos médicos no Andressa foi levada para a UTI e, segundo seu assessor, Cacau Oliver,  acabou desenvolvendo uma infecção e passou por uma nova cirurgia na noite deste domingo, 30. A previsão inicial é que ela fique internada por 15 dias no local.
"A Andressa passou muito mal após a primeira cirurgia. Ela foi levada ao hospital e eles disseram que o dreno fechou e o hidrogel causou uma infecção. Andressa passou por uma nova cirurgia à noite, e está na UTI", informou a assessoria de Urach. Ela foi operada novamente na segunda-feira, 1º, e está com quadro de sepse.
Andressa Urach - Entenda o caso - 05-12-2014 (Foto: EGO)Andressa Urach (Foto: EGO)
Pai de Urach não culpa médicos
O pai de Andressa, Carlos Alberto Krejci Urach, está feliz com a recuperação da filha, que segue internada em UTI de Porto Alegre mas com quadro estabilizado. Apesar da preocupação, Carlos Alberto - um caminhoneiro aposentado que mora em Bossoroca, no interior gaúchoa - não culpa os médicos pelo drama que a filha viveu por conta de uma mal sucedida aplicação de hidrogel nas coxas há cinco anos.
"Estou sofrendo muito, mas agora esperançoso com a melhora dela. Não culpo o medico, que não sei nem quem é,  mas acho que foi o material utilizado", disse ele ao EGO na manhã desta sexta, 3.
Caso foi parar na polícia
O caso da apresentadora está sendo investigado pela 14ª Delegacia de Polícia Civil de Porto Alegre, que segundo informação do G1 abriu inquérito na quinta-feira, 4, para verificar se houve lesão corporal na aplicação do hidrogel, há cinco anos. "De acordo com o que está sendo veiculado na imprensa e as notas oficiais do Grupo Hospitalar Conceição (GCH), estamos diante de um possível crime, em tese, de lesão corporal de natureza grave, previsto no artigo 129 do Código Penal, que independe de representação da vítima. Se a autoridade policial tomar ciência, deve investigar", afirmou ao site o delegado titular da unidade, Tiago Baldin.
Mesmo não tendo sido lá que a apresentadora aplicou o hidrogel, o chefe da cirurgia plástica do Nossa Senhora da Conceição contou ao EGO que o hospital pretende colaborar com as investigações. "Em casos como esse costuma ser solicitado o prontuário do paciente e o depoimento de quem participou dos procedimentos. Ainda não fomos procurados, mas eu e os outros colegas prestaremos quaisquer esclarecimentos à polícia, pois nossa obrigação não é só atender, e sim alertar a população para que tome cuidado e tenha bom senso".
Sem novos boletins
A assessoria de imprensa do hospital Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre informou na manhã de sexta-feira, 5, que não vai mais soltar boletins sobre o estado de saúde de Andressa Urach. De acordo com a unidade, o estado de saúde da apresentadora ainda inspira cuidados, mas já está estabilizado, de forma que a equipe médica julga não ser mais necessária a divulgação de boletins médicos. Entretanto, ela segue na UTI. "Em função da estabilização do estado de saúde da paciente, novo boletim médico será emitido somente em caso de alteração do quadro", diz o comunicado.
Fonte: EGO

Delegado espera iniciar investigação de caso Urach até quarta-feira, 10.

Andressa Urach - Polêmica Cristiano Ronaldo (Foto: Reprodução/ Instagram)Andressa Urach: caso será investigado
  (Foto: Reprodução/ Instagram)
O delegado da 14° DP de Porto Alegre, Tiago Baldin, espera iniciar a investigação do caso Urach até a próxima quarta-feira, 10. Ele aguarda os exames, laudos e toda a documentação de Andressa Urach, desde que ela deu entrada no Hospital Nossa Senhora da Conceição, na madrugada do último dia 1, com um quadro grave de infecção após a retirada de hidrogel da perna. "O que aconteceu não foi um registro de ocorrência, não temos uma queixa ou acusados, mas pelo que tivemos conhecimento através dos boletins médicos do hospital, existe uma suspeita de lesão corporal de natureza grave que causou perigo de vida. Não posso ainda me manifestar oficialmente. A partir de todo o prontuário farei a cadeia inversa para chegar aos fatos iniciais", disse Baldin ao EGO nesta segunda-feira, 8.
EGO NAS REDES SOCIAIS

Segundo o delegado, assim que for possível pretende ir até o hospital para ouvir todos os envolvidos. Ainda de acordo com ele, alguns casos semelhantes já foram relatados na cidade através de procedimentos estéticos ou cirúrgicos: "Ainda não existe ninguém investigado até receber todo o prontuário solicitado ao hospital. Estamos averiguando o caso porque a delegacia está na área do hospital e não por Andressa ser uma pessoa famosa. Na verdade, eu nem tinha conhecimento sobre quem ela era".
Agradecida por respirar
No sábado, 6, a assessoria de imprensa de Andressa Urach enviou um comunicado informando sobre o estado de saúde da modelo que está internada no Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre, com um quadro de sepse após as complicações com hidrogel. Veja a íntegra do comunicado: "Neste sábado 6, por volta do meio dia, estive na UTI do Hospital Conceição, na cidade de Porto Alegre, e visitei a assessorada Andressa Urach. Deixei meu apoio e me coloquei  a seu serviço para quaisquer adversidades.  Andressa conversou por alguns muitos e relatou que está sendo bem cuidada e hoje agradece a todo momento ao simples fato de respirar. Respeitando o delicado momento vivido por Andressa e sua família, a assessoria entende a necessidade de total privacidade de Andressa para sua recuperação e se atentará a passar apenas informações quando de extrema relevância".
Na manhã de sexta-feira, 5, Pedro Alexandre da Motta Martins, chefe de cirurgia plástica do Hospital onde a modelo está internada, conversou com o EGO e disse ainda que ela não deve ter sequelas.
Fonte: EGO

Criança morre após 15 h sem atendimento

Os pais de uma menina de três anos acusam o Hospital Municipal de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, de negligência na morte da filha. Segundo os familiares, a menina foi levada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na sexta-feira (5). Pouco antes da meia-noite ela foi transferida para o hospital e internada na pediatria com catapora e suspeita de dengue. No sábado (6) ela foi levada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e morreu no domingo pela manhã (7).
A mãe, Diana dos Santos, alega que depois de ser atendida por uma médica, a menina foi isolada em um quarto escuro e sem ar-condicionado e ficou ao menos 15 horas sem acompanhamento médico, desde que chegou ao hospital e foi internada na UTI. “Não veio médico, só enfermeiro. [Na sexta] à noite, ela não conseguia fazer xixi, eles falaram que era normal e que tinha que esperar a médica. Mas, ela nunca chegava”, lembra. “A médica chegou no sábado às 16h, ficou assustada e perguntou ‘o que é isso?’."
Os familiares registraram um boletim de ocorrência na 15ª Subdivisão Policial. O delgado Marcos Araguari recebeu a denúncia no fim de semana e disse ter pedido exames que podem apontar as causas da morte e que medicamentos foram usados durante o atendimento. A situação será investigada pelo setor de Saúde Pública. Já a assessoria de imprensa do HM informou que a direção só deverá se pronunciar sobre o caso após o resultado da necropsia feita pelo Instituto Médico-Legal (IML).
O sepultamento será na tarde desta segunda (8).
Fonte: G1

Andressa Urach se 'recupera lentamente', diz assessor

Andressa Urach modelo apresentadora (Foto: Studio Woody/Divulgação)Andressa Urach está internada no Hospital
Conceição (Foto: Studio Woody/Divulgação)
Andressa Urach, 27 anos, está "se recuperando lentamente e, de acordo com o hospital, sem previsão de alta da UTI", informou a assessoria de imprensa da modelo nesta segunda-feira (8). Ela está internada desde 29 de novembro, no Hospital Conceição, em Porto Alegre, para tratar de uma infecção causada pela aplicação de hidrogel nas pernas, procedimento que foi realizado há cerca de cinco anos.
Conforme a nota divulgada, Andressa tem contato apenas com os médicos e a mãe. Na última sexta (5), o hospital declarou que a paciente já estava acordada, conversando e respirando espontaneamente.
'Ela esteve perto da morte', diz médico
Andressa Urach deu entrada no Hospital Conceição, que atende apenas pelo SUS, no sábado (29), já com quadro delicado. Desde então, a modelo passou por alguns procedimentos cirúrgicos para combater a infecção.
Em entrevista ao G1 na quinta-feira (4), o médico Pedro Alexandre da Motta Martins, cirurgião-chefe do serviço de cirurgia plástica do Hospital Conceição, disse que Andressa ainda ficaria pelo menos mais 10 dias internada no local. Segundo o especialista, a modelo esteve "perto da morte" e seus rins chegaram a paralisar.
  •  
Infográfico - Hidrogel (Foto: Infográfico/G1)
"Ela esteve perto da morte. Quando a vi pela primeira vez, o quadro era gravíssimo. É uma modelo que se cuida, faz exercícios, mas contra ela havia uma doença gravíssima. Ela teve, por exemplo, os rins paralisados. Foi um dos casos mais difíceis da minha vida", declarou.

Os problemas de saúde da modelo e apresentadora de TV surgiram em julho, quando ela começou a se queixar publicamente de dores nos membros inferiores. No mesmo período, ela deu início ao procedimento para retirar o hidrogel das pernas.

Em 21 de novembro, ela passou por uma nova cirurgia de retirada de resquícios do líquido, em Porto Alegre. "O procedimento correu normalmente, e naquela mesma semana Andressa foi gravar uma matéria na cidade de Brasília", diz nota divulgada pela assessoria da modelo.
Andressa voltou a Porto Alegre no dia 28 porque estava sentido dores. Ela foi examinada pelo mesmo médico que fez a cirurgia uma semana antes. A assessoria de Urach informou que foi constatada uma inflamação e foi aberto um ponto para drenagem. Ao longo do final de semana, ela teve uma piora clínica decorrente de uma sepse e foi internada.

Andressa nasceu em Ijuí, cidade a 414 quilômetros de Porto Alegre, e foi vice-miss Bumbum. Conforme o GHC, a mãe dela, Marisete de Faveri, reside na Zona Norte da capital. Ela acompanha diariamente a recuperação da filha no hospital.
Fonte: G1

Dunga recebe Título de Cidadão Cearense nesta segunda-feira

ÉCNICO DA SELEÇÃO
Dunga recebe Título de Cidadão Cearense nesta segunda-feira

A Assembleia Legislativa concede, na noite desta segunda-feira (08/12), o Título de Cidadão Cearense ao ex-jogador e atual técnico da Seleção Brasileira de Futebol, Dunga. A iniciativa é do líder do Governo na Casa, deputado José Sarto (Pros).

Dunga, que é gaúcho, irá receber a comenda no Marina Park Hotel, a partir das 20h30, durante a Noite das Personalidades Esportivas, evento promovido pelo jornalista Sérgio Ponte.

O projeto foi apresentado em 2009 e aprovado por unanimidade pelos deputados. No texto da proposta, José Sarto destaca que Dunga, em 2003, promoveu por meio da organização não governamental “Brazilian Mission”, o Projeto Decolando, no qual foram desenvolvidas ações nas áreas de esporte e educação junto a estudantes da rede pública de ensino. No Ceará, a iniciativa contemplou municípios das regiões do Cariri e Centro-Sul.

“Por sua trajetória profissional e seu engajamento social em nosso Estado, apresentamos projeto concedendo o título a esse grande brasileiro”, justifica Sarto, que atuou em parceria com Dunga em ações sociais no município de Várzea Alegre.

HISTÓRICO
Carlos Caetano Bledorn Verri, conhecido como Dunga, nasceu em Ijuí, no Rio Grande do Sul, em 31 de outubro de 1963. Como jogador de futebol, foi campeão na Copa do Mundo FIFA de 1994 e, atualmente, é treinador da Seleção Brasileira de Futebol pela segunda vez.

Em 2006, assumiu o comando técnico da seleção pela primeira vez. Treinou o time nas Olimpíadas de 2008, em Pequim, venceu a Copa das Confederações de 2009 e a Copa América da Venezuela, em 2007, e garantiu nas eliminatórias para a copa do mundo a classificação antecipada para o Mundial de 2010.

* Com informações da AL/CE


Fonte: http://www.cearanews7.com.br/ver-noticia.asp?cod=22844

Camilo Santana participa de encontro com os governadores eleitos do Nordeste

PELA VOLTA DA CPMF
Camilo Santana participa de encontro com os governadores eleitos do Nordeste
O petista defende um novo financiamento para a saúde, nos moldes da CPMF, mas com regras diferenciadas do antigo imposto.

O governador eleito Camilo Santana (PT) participa nesta terça-feira (09), em João Pessoa, do ‘Encontro dos governadores do Nordeste’. No evento, organizado pelo governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, Camilo deve apresentar aos gestores da região uma nova proposta para aumentar o financiamento da saúde pública. “Vamos levar uma proposta bem consistente para que a gente possa abrir essa discussão ainda este ano no Congresso Nacional”, afirmou.

Camilo Santana já havia levantado na semana passada o debate sobre novas formas de financiamento para a saúde pública. “No Ceará, 92% das pessoas utilizam a saúde pública e o custeio é muito alto. Sabemos que houve uma perda gigantesca com o término da CPMF, que na época era em torno de R$ 40 bilhões por ano”, disse.

Novas regras

Camilo Santana defende, no entanto, que a nova forma de financiamento tenha regras diferenciadas do antigo imposto. “A CPMF foi desvirtuada porque os recursos foram usados para outros fins que não a saúde, o que seria proibido com essas novas regras”, citou.

Outros dois itens devem ser incluídos no projeto, que está sendo preparado por Camilo e sua equipe técnica: a contribuição deverá ser para aqueles que realizam grandes movimentações financeiras, isentando quem tem menos condições; e a definição clara de qual será o percentual para União, estados e municípios.

Evento
A primeira parte do encontro em João Pessoa será aberta à imprensa e autoridades, que poderão assistir as explanações dos gestores sobre as expectativas dos próximos quatro anos. À tarde, o evento será restrito para os governadores e assessores diretos. O encontro será encerrado às 16h com a divulgação da Carta dos Governadores.

Programação do Encontro dos Governadores Eleitos do Nordeste
8h – Credenciamento
9h – Recepção às autoridades
10h – Abertura do evento - fala do anfitrião – governador Ricardo Coutinho
10h30 – Início das falas dos governadores
13h30 – Intervalo para almoço
14h30 – Reunião fechada – (Elaboração da Carta dos governadores eleitos)
16h – Divulgação da Carta e encerramento (aberto para imprensa e autoridades credenciadas)

* Com informações da assessoria de Camilo Santana (PT)


Fonte: http://www.cearanews7.com.br/ver-noticia.asp?cod=22851

Datafolha: 68% dizem que Dilma tem culpa no escândalo da Petrobras

Dilma-petrobras

Pesquisa Datafolha publicada na edição deste domingo do jornal Folha de S.Paulo, indica que de cada 10 brasileiros, 7 acham que a presidente Dilma Rousseff tem alguma responsabilidade no escândalo da Petrobras, envolvendo empreiteiras e políticos. A  pesquisa foi realizada em 2 e 3 de dezembro com 2.896 entrevistas.
Mesmo com esse resultado o levantamento mostra que as revelações da Operação Lava Jato não provocaram alteração relevante na imagem da presidente. Para 42%, a gestão Dilma é boa ou ótima. É a mesma taxa de 21 de outubro, quando, no final da eleição– com propaganda diária na TV–, ela atingiu seu melhor patamar desde junho de 2013.
A desaprovação, no entanto, sofreu leve mudança: eram 20% os que julgavam Dilma ruim ou péssima, são 24% agora. A margem de erro é de dois pontos. A petista chega à véspera do início de seu segundo mandato com 50% do eleitorado achando que ela fará um bom governo daqui para frente.
Outros dados dão pistas sobre a razão da imobilidade da popularidade de Dilma apesar da associação de seu nome com o caso Petrobras. A preocupação com a corrupção tem caído. Em junho, era o principal problema do país para 14%. Agora, para apenas 9%. Saúde segue líder desse ranking com 43% das citações; seguida de violência/segurança, com 18%. Além disso, 40% acham que nunca houve tanta punição aos corruptos como hoje.

Seis pessoas morrem em acidentes nas rodovias cearenses

andre_mansur_justica_nega_indenizacao_em_acidente_de_moto_na_contramao3
Seis pessoas morreram e 15 ficaram feridas em 23 acidentes de veículos ocorridos nas últimas 24h nas rodovias estaduais e federais do estado do Ceará. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fiscalizaram,no total, 477 veículos e emitiram 121 autos de infração, sendo que cinco Carteiras de Habilitação (CNH) foram recolhidas, oito veículos com irregularidades foram retidos e 216 testes de alcoolemia foram realizados.
Nas rodovias estaduais, dois acidentes resultaram em óbito. O condutor de uma motocicleta Manoel Clebio de Queiroz Miranda faleceu após atropelar um animal, na rodovia CE 060, no município de Quixeramobim. Já em Barreira, CE 354, a colisão entre um carro e uma moto levou ao falecimento do motociclista Raimundo José Bonifácio Moreno.
Nas rodovias federais do estado, três acidentes deixaram quatro vítimas fatais. No km 48 da BR116, em Pacajus, uma colisão entre um carro e um caminhão, vitimou o condutor do primeiro veículo, o senhor Antônio Fialho Bento, de 62 anos. No km 348,3 da BR-222, em Tianguá, um capotamento de veículo às 19h do sábado (6), levou à morte do senhor Wilson Rodrigues Júnior, de 80 anos.
Em outra colisão entre um carro e uma motocicleta, no km 174 da BR-116, município de Russas, ocorreu a morte dos dois ocupantes da moto: Raimundo Xavier de Freitas e uma mulher, que não foi identificada.

Revivaolta na eleição para presidente da câmara de Baturité

Os bastidores para a formação da nova mesa diretora da Câmara municipal de Baturité estão, cada vez mais, efervescentes, à medida em que se aproxima o pleito do dia 16 deste mês de dezembro.
A nossa reportagem recebeu informações dando conta que nada está definido, principalmente no que concerne à escolha do nome que vai presidir o poder legislativo mirim, a partir de primeiro de janeiro de 2015.
Como é do conhecimento de todos, o grupo formado pelos vereadores Luciano Furtado ( foto ), Irmã Edleuza, Gildo Barros, Valdim, Niltinho, Marcelo Cardoso e Herberle Mota lançou uma chapa para concorrer ao pleito do dia 16, tendo como candidata a presidente da mesa a vereadora Irmã Edleuza. Por outro lado, o bloco situacionista liderado pelo atual presidente do poder, vereador Renaldo Braga, lançou a vereadora Simony, para enfrentar a irmã Edleuza, na disputa pela presidência da casa legislativa do município de Baturité.
Articulações e conversações foram feitas até aqui visando se chegar a um nome de consenso para comandar as ações legislativas de Baturité. A vereadora Simony, a princípio, seria este nome de consenso, já que fora eleita de forma independente e não tem tantas ligações com nenhum grupo político. A candidatura de Simony encontrou resistências no seio da oposição, principalmente por parte dos vereadores Nilton Guedes e Herberle Mota, este último conterrâneo da vereadora Simony, já que ambos são de Tauá. Niltinho e Herberle Mota não querem votar em Simony, de jeito nenhum.
As articulações, então, levam aos nomes dos vereadores Luciano Furtado ( PMDB ) e Marcelo Cardoso ( PDT ), que já presidiram o poder legislativo municipal e se mostram um pouco mais maleáveis. Um dos dois será o futuro presidente da câmara municipal de Baturité, a menos que ocorra uma verdadeira hecatombe, uma catástrofe, de consequências inestimáveis.
Resumo da opereta: a Irmã Edleuza, dificilmente realizará, agora, o sonho de ser presidente da câmara municipal de Baturité.
Há quem diga que todo este imbroglio tem um responsável, e este atende pelo nome de Gildo Barros, que seria o nome de consenso para presidir a câmara municipal de Baturité, não aceitou e, ainda por cima, juntou o grupo e com ele fechou questão e tornou pública a união do referido grupo em torno do nome da vereadora Irmã Edleuza para presidente do poder legislativo municipal de Baturité. 

Golpistas usam internet para tirar dinheiro de mulheres apaixonadas

Um alerta às mulheres que procuram um parceiro na internet. Por trás de promessas de amor e declarações apaixonadas, pode estar um golpista querendo dinheiro fácil.
Mulheres bem-sucedidas, profissionais respeitadas, inteligentes, e com mais uma coisa em comum: caíram no golpe do estrangeiro apaixonado.

“Eu vi uma foto de um homem que deixou uma mensagem em português. E eu achei interessante. Se identificou sendo de Londres. Ele me achou uma pessoa muito bonita. Ele também era bonito, atraente. Começamos a nos relacionar como se estivéssemos namorando mesmo”, conta uma das vítimas.

Essas duas psicólogas, vítimas do golpe, não querem se identificar. Têm vergonha de terem sido enganadas. Mas os golpistas são envolventes.

Nós vamos chamá-las, nesta reportagem, de Ana e Marina - dois nomes fictícios.  

Nova testemunha diz que avô pode ter envolvimento na morte de Isabella

Uma mulher que trabalha no sistema penitenciário de São Paulo declarou ao Ministério Público que o avô paterno de Isabella, Antônio Nardoni, pode ter participação na morte da menina de 5 anos, informou o Fantástico neste domingo (7). Ela diz ter ouvido a revelação dentro da prisão onde Anna Carolina Jatobá, madrasta de Isabella, cumpre pena pelo assassinato. O avô nega qualquer envolvimento no crime: ‘nunca faria isso’.
Segundo os promotores do caso, a menina foi asfixiada em 29 de março de 2008 pela madrasta e depois jogada pela janela do 5º andar pelo pai, Alexandre Nardoni. O casal vivia em um prédio na Zona Norte de São Paulo. Dois anos depois, Anna Jatobá foi condenada a 26 anos de cadeia e Alexandre, a 31 anos de prisão. Os dois continuam em presídios de Tremembé, no interior de São Paulo.
A funcionária revelou que Anna Jatobá assumiu, em conversa dentro do presídio em 2008, ter batido na menina e contou que o marido Alexandre jogou a própria filha pela janela. “Foram os primeiros dias dela naquela unidade. Ela tinha muito medo do convívio com as outras presas”, contou.
Do lado de fora da cadeia, a madrasta sempre negou participação no assassinato. Em entrevista ao Fantástico no ano do crime, ela jurou inocência. “Somos totalmente inocentes. Eu nunca levantei um dedo. Nunca falei um nada. Nunca nem gritei com ela”, disse na época.
A funcionária contou que Anna Carolina também citou, dentro do presídio, o envolvimento do pai de Alexandre no caso. “Ela falou que o sogro mandou, orientou os dois a simular um acidente. Eu ouvi da boca dela, olho no olho”, disse a mulher, que prefere não se identificar.
E deu outros detalhes do dia do crime, segundo versão da testemunha. “Eles foram no supermercado, fizeram uma compra com as crianças. Não levaram a compra para casa. O cartão não passou, deu algum problema. Aí, estavam nervosos”, disse.
De acordo com a funcionária do sistema carcerário, Anna Jatobá contou que bateu com violência na enteada dentro do carro da família. “Falou que ela bateu na menina porque a menina não parava de encher o saco. Que a menina estava enchendo muito o saco. Que não era para ser tão grave. Pensou que matou, pensou que a menina estivesse morta.” “Ela fala que não estrangulou a menina. Que ele colocou a menina no chão, acreditando que a menina estivesse morta, enquanto ela ligava para o sogro.”
Ainda segundo a funcionária, na conversa com o sogro Antônio Nardoni, a madrasta da menina teria ido direto ao ponto. “Falou para o sogro que matou a menina e ele falou: ‘simula um acidente. Senão, vocês vão ser presos’. Aí, tiveram a ideia de jogar a menina pela janela. Que o Alexandre só jogou a filha porque acreditava que ela estivesse morta e que ele entrou em choque depois que jogou. Desceu, e a menina estava viva.”
Na época do crime, com a quebra do sigilo telefônico do casal, ficou comprovado que, a partir das 23h51 da noite da morte de Isabella, Antônio Nardoni e Anna Jatobá conversaram durante 32 segundos. “A ligação teria sido feita logo depois do corpo ter sido jogado. É isso que a investigação indicou. Mas nós temos que apurar se havia outro telefone, usaram outro celular? Não sei, nós temos que ver agora”, disse Francisco Cembranelli, promotor do caso.
Denúncia
A funcionária disse que Anna Jatobá nunca denunciou o sogro porque é ele que sustenta toda a família. “Com certeza, é pelo silêncio dela. Ela recebe muita coisa de fora. Coisas que outras presas não recebem. Vários tipos de queijos, brincos. O colchão que ela dorme é especial. Foi presente do seu Nardoni para ela. Porque estava dando problema na coluna dela o colchão da penitenciária”, contou.
Na terça-feira passada, a mulher procurou o Ministério Público e prestou um depoimento oficial. “Na verdade, eu queria denunciar a partir do momento que eu ouvi. Essa história me pesava a consciência, saber de um crime e não denunciar. Eu só não sabia um meio legal de denunciar sem me comprometer”, afirmou.
O Ministério Público garantiu o sigilo. “Ninguém saberá o nome ou qualquer identidade dessa testemunha. Se as investigações evoluírem, é claro que é possível que surja um novo júri”, diz o promotor Paulo José de Palma, que ouviu o novo relato.
Cembranelli disse que o avô chegou a ser investigado na época. “Durante a investigação, havia suspeitas, sim. Porque houve um contato do casal com o pai num momento muito próximo ao crime. Suspeitou-se de participação, mas nós não conseguimos na investigação também trazer responsabilidade para outras pessoas. Por isso, somente o casal foi denunciado.”
As revelações feitas pela testemunha podem repercutir imediatamente. O depoimento dela será analisado nesta semana por uma promotora do Fórum de Santana, onde tramita o caso Isabella. Depois, policiais devem ouvir Anna Jatobá, Antônio Nardoni e a testemunha que fez a denúncia.  “O que eu ouvi foi o que eu falei em depoimento e o que eu falo agora. Eu tenho convicção que a Anna Carolina não mentiu para mim. Eu não sei se ela vai repetir isso agora, se ela vai assumir.”
Versão do casal
O casal Nardoni sempre negou o crime e mantém a versão de que um criminoso invadiu o apartamento e matou Isabella. Anna Jatobá não quis gravar entrevista ao Fantástico sobre a nova denúncia. Antônio Nardoni disse que jamais falou para a nora simular um acidente.
“As pessoas, às vezes, agem como se eu fosse o monstro da história. Eu tenho a minha consciência tranquila. Eu nunca faria isso. Quando ela ligou, ela ligou dizendo que a Isabella tinha caído. Mas eu achei que a Isabella tinha caído, caído no apartamento. A gente nunca imagina uma coisa dessa. Não teve nada além disso. A gente só tem a lamentar que uma pessoa dessa faça uma coisa dessa para prejudicar quem não está mexendo com ela”, afirmou o avô da menina.
Sobre a denúncia de que ele compra o silêncio da nora, com regalias na cadeia, Antônio Nardoni negou. “O que eu faço por ela é uma coisa que, primeiro, é permitido. Segundo, é um pedido do Alexandre. Para não deixar faltar nada para ela nem para os filhos. E a gente realmente não deixa faltar. Ela tem um problema de coluna. A diretoria, mediante o relatório médico, autorizou a entrada do colchão. E a gente levou o colchão. Vou defendê-los enquanto eu viver, está certo? É porque eu tenho absoluta convicção de que eles não fizeram nada. E eu também não fiz nada.”
A Secretaria de Administração Penitenciária confirmou que Anna Carolina Jatobá ganhou um colchão com altura maior do que os das outras presas.
Veja o site do Fantástico
Fonte: G1

Gata do Brasil faz ensaio sensual com topless e marquinha de biquíni

Sheyla Mell, candidata do Ceará ao concurso Gata do Brasil (Foto: Nelson Miranda/Divulgação)Sheyla Mell, candidata do Ceará ao concurso Gata do Brasil (Foto: Nelson Miranda/Divulgação)
Sheyla Mell quer arrecadar mais votos e bombar sua participação no concurso Gata do Brasil, competição em que representa o Ceará. Para isso, a dançarina do grupo Trigresas do Funk fez um ensaio sensual para mostrar seus atributos. Ousada, Sheyla fez topless em uma das fotos e exibiu sua nova tatuagem no pé. "É um raminho que significa renascimento. Fiz para tapar o nome do meu ex, que era um jogador famoso", conta ela. Há quem aposte que se trata do meia corintiano Renato Augusto. É possível ler o nome Augusto na tatuagem. "Não quero citar o nome, pois ele está casado e a mulher morre de ciúmes de mim ainda", despista ela.
  •  
EGO NAS REDES SOCIAIS

Sheyla conta que lida bem com o assédio que sofre diariamente por conta de sua profissão: "Meu ego agradece, me sinto uma deusa!".  A final do concurso acontece em São Paulo no próximo dia 11. Conheça as candidatas.
  •  
Sheyla Mell, candidata do Ceará ao concurso Gata do Brasil (Foto: Nelson Miranda/Divulgação)Na tatuagem de Sheyla Mell é possível ler o nome Augusto embaixo dos ramos de flores que ela desenhou por cima (Foto: Nelson Miranda/Divulgação)

Sheyla Mell, candidata do Ceará ao concurso Gata do Brasil (Foto: Nelson Miranda/Divulgação)Sheyla Mell, candidata do Ceará ao concurso Gata do Brasil (Foto: Nelson Miranda/Divulgação)Fonte: EGO