Buscar

28 outubro 2014

Thiago Campelo parabeniza Servidores Públicos


Na manhã de hoje, a equipe do Aracoiaba News recebeu, Thiago Campelo suplente de Deputado Estadual mais bem votado em sua cidade Aracoiaba.
Na oportunidade, o mesmo deixava sua mensagem aos Servidores Públicos do Ceará em ESPECIAL Aracoiaba. Confira:
A mais justa das homenagens é para os homens e mulheres que fizeram o servir como missão de vida, dedicando seu dia a dia e seu trabalho, além de seus conhecimentos técnicos e experiências profissionais, à nobre tarefa de prestar serviços à sociedade.

Hoje e todos os dias reconhecemos o imenso valor dos que fazem parte da administração pública e nos orgulhamos de conviver diariamente com os colegas, servidores de nossa cidade Aracoiaba.
Nenhum país sobrevive e nenhum governo exerce o seu papel sem o corpo de servidores, responsáveis pelo labor diário. Devemos sempre ter consciência do nosso papel no contexto do Estado e do nosso País.
Cumprimentando você pelo Dia do Servidor Público, agradecemos-lhe pela ética, dedicação, comprometimento e responsabilidade com que exerce suas atividades em prol de nossa cidade Aracoiaba.

Facebook: Thiago Campelo

Com Neymar, seis alemães e sem Suárez, Fifa indica 23 à Bola de Ouro

Capitão da Seleção representa o Brasil na lista, que ainda conta com Diego Costa. Finalista em 2013, Ribéry fica fora de relação, assim como atacante uruguaio

23 indicados Bola de Ouro (Foto: Editoria de arte)
Pela quarta vez consecutiva, Neymar está entre os 23 indicados à Bola de Ouro. A Fifa, junto à revista "France Football", divulgou nesta terça-feira a lista de candidatos ao prêmio de melhor jogador do mundo neste ano, e o título mundial da Alemanha teve mesmo grande peso nas escolhas. Seis indicados estiveram no elenco campeão do mundo no Brasil - Mario Götze, Toni Kroos, Philipp Lahm, Thomas Müller, Manuel Neuer e Bastian Schweinsteiger -, enquanto outros atletas também tiveram uma boa participação no Mundial como trunfo, como Javier Mascherano, Paul Pogba e James Rodríguez.
Os alemães tiveram a seu favor, além o título defendendo a seleção, a boa temporada com o Bayern de Munique, que conquistou o Campeonato Alemão com folga e foi à semifinal da Liga dos Campeões. O clube bávaro teve seis representantes entre os 23, incluindo Arjen Robben, grande nome da seleção holandesa na Copa do Mundo e excluindo Toni Kroos que rumou para o Real Madrid. O time merengue também tem seis indicados, depois de conquistar a tão sonhada décima taça. Cristiano Ronaldo, Gareth Bale, Karim Benzema e Sergio Ramos ganharam o reforço de James Rodríguez e do próprio Kroos após a última janela de transferências - em contrapartida, Di María, foi para o Manchester United.
O Atlético de Madrid, finalista da Liga dos Campeões e campeão espanhol, também está representado através do goleiro Thibaut Cortouis e o atacante Diego Costa, outro jogador nascido no Brasil (porém naturalizado espanhol). Lionel Messi, Andrés Iniesta e Javier Mascherano, assim como Neymar, representam o Barcelona. O atacante Luis Suárez, reforço do clube catalão, foi deixado de fora da relação, apesar de seu grande primeiro semestre - com a artilharia do Campeonato Inglês -, deixando claro o peso da punição de quatro meses pela mordida em Chiellini. Outra ausência marcante é a de Franck Ribéry, finalista no ano passado que teve uma lesão às vésperas da Copa do Mundo e foi cortado da seleção francesa.
Também foi divulgada a lista de 10 concorrentes ao prêmio de melhor treinador do mundo, sem brasileiros presentes. Joachim Löw, comandante da Alemanha na Copa do Mundo, e Carlo Ancelotti, treinador que levou o Real Madrid à conquista da Champions, são os destaques da relação, que ainda conta com nomes como Pep Guardiola, José Mourinho e Diego Simeone.
Os três finalistas para as duas categorias serão anunciados no dia 1º de dezembro, enquanto o grande vencedor será revelado em 12 de janeiro de 2015, na tradicional festa Fifa Gala, em Zurique. Todos os indicados foram selecionados por especialistas do Comitê de Futebol da FIFA e por um grupo de jornalistas da France Football. A partir de agora, técnicos, capitães e jornalistas de cada país filiado à Fifa votarão para decidir o melhor jogador do mundo, com prazo limite em 29 de novembro. Instituída em 2010, a Bola de Ouro da Fifa, passou a ser uma fusão do prêmio instituído pela revista francesa (primeira edição em 1956) e o da entidade (indicação inicial em 1991), denominado o Melhor Jogador do Mundo.

Confira os dez treinadores indicados 
Carlo Ancelotti (Itália/Real Madrid) 
Antonio Conte (Itália/Juventus/seleção da Itália) 
Pep Guardiola (Espanha/Bayern de Munique) 
Juergen Klinsmann (Alemanha/seleção dos EUA) 
Joachim Low (Alemanha/seleção da Alemanha) 
Jose Mourinho (Portugal/Chelsea
Manuel Pellegrini (Chile/Manchester City
Alejandro Sabella (Argentina/seleção da Argentina) 
Diego Simeone (Argentina/Atlético de Madrid) 
Louis van Gaal (Holanda/ seleção da Holanda/Manchester United)
Neuer, Cristiano Ronaldo e Robben - melhor jogador da europa uefa (Foto: Reuters)Neuer, CR7 e Robben concorreram a prêmio de melhor da Europa em 2013/14 (Foto: Reuters)Fonte: G1

Justiça da Itália nega extradição de Pizzolato, condenado pelo mensalão

Ex-diretor do Banco do Brasil foi preso na Itália em fevereiro.
Pizzolato ficará em liberdade; PGR anunciou que vai recorrer.


Veículo da Polícia Penitenciária chega com Henrique Pizzolato ao Tribunal de Bolonha nesta terça-feira (28) (Foto: Paolo Tomassone/Especial para o G1)Veículo da Polícia Penitenciária chega com Henrique Pizzolato ao Tribunal de Bolonha nesta terça-feira (28) (Foto: Paolo Tomassone/Especial para o G1)
GNews - Henrique Pizzolato (Foto: Reprodução/GloboNews)Henrique Pizzolato ( Reprodução/GloboNews)
A Corte de Apelação de Bolonha negou nesta terça-feira (28) o pedido do governo brasileiro para que o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado no processo do mensalão, seja extraditado para o Brasil.
O governo brasileiro pedia que ele fosse extraditado para cumprir a pena de 12 anos e 7 meses de prisão no Brasil. Pizzolato foi condenado por crimes de corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) já anunciou que vai recorrer da decisão, que pode ser revertida em última instância na Corte de Cassação de Roma. O Ministério da Justiça informou que atuará em conjunto com a Procuradoria e a Advocacia-Geral da União em recurso contra a decisão. Mesmo que a Justiça decida pela extradição, a decisão final ainda caberá ao governo italiano.
Alessandro Silvelli, advogado de defesa de Pizzolato, declarou que o ex-diretor do Banco do Brasil não entendeu a sentença assim que ela foi lida. "Ele está desorientado. Sua saúde está melhor. Pode ser que esta noite ele volte à cadeia em Modena e somente amanhã a sua casa, mas não temos certeza ainda". Silvelli afirmou que "não foi permitido o recolhimento de provas para uma investigação paralela" e que pesou sobre a decisão do juiz "a denúncia sobre as condições das prisões no Brasil".
O advogado ainda disse que a Jusitça italiana negou a extradição sob a justificativa de que o Supremo Tribunal Federal brasileiro é a instância máxima e dessa forma Pizzolato não teve chance de recorrer da sentença. Ainda segundo a defesa, o juiz considerou que o ex-diretor não deveria ter sido julgado no STF porque não era congressista.
Pizzolato ainda responde a processo por ter entrado na Itália usando documento falso, mas pode responder em liberdade. A Justiça ainda vai divulgar por que negou a extradição do brasileiro, que também é cidadão italiano.
O julgamento do pedido foi realizado na Corte de Apelações do Tribunal de Bolonha. Pizzolato, que está detido no presídio Sant’Anna di Modena, na cidade italiana de Modena, chegou por volta das 10h locais (7h de Brasília) ao tribunal, onde acompanhou a audiência. Ele foi transferido em um veículo da Polícia Penitenciária.
A sessão começou às 11h locais (8h de Brasília) e foi suspensa às 15h locais (12h de Brasília). Nesse horário, os juízes responsáveis entraram em uma sala reservada para tomar sua decisão.
O julgamento do pedido teve início em 5 de junho, mas as juízas responsáveis pelo casoconcederam na época um prazo para que a defesa de Pizzolato analisasse documentos apresentados pelo Ministério Público Federal sobre as condições dos presídios brasileiros.
O Ministério Público da Itália havia se posicionado de forma favorável à extradição no primeiro semestre deste ano.
Em maio, a Justiça do país europeu havia rejeitado o pedido da defesa para que ele pudesse aguardar em liberdade a decisão sobre o processo de extradição.
O caso é polêmico porque ele tem dupla cidadania (brasileira e italiana) e, por isso, o governo italiano, que tem a decisão final, poderia se recusar a extraditá-lo, mesmo com aprovação da Justiça. No entanto, ao contrário do Brasil, não há proibição na legislação italiana para a extradição de nacionais.
Defesa e acusação
Os advogados do condenado no mensalão alegaram à Justiça italiana que as cadeias no Brasil apresentam condições "degradantes", que violam o princípio da dignidade humana.
O ex-diretor do BB fugiu do Brasil para não ser preso, mas acabou sendo capturado em Maranello, na Itália, por uso de documento falso em fevereiro deste ano.
De acordo com a Procuradoria-Geral da República, o procurador Eduardo Pellela está desde a última sexta (24) na Itália e irá acompanhar o julgamento. Nesta segunda (27), ele se reuniu com procuradores italianos, para trocar informações sobre o processo.

Em entrevista coletiva em julho deste ano, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que o Brasil apresentou à Justiça italiana documentos que comprovam que o presídio da Papuda, no Distrito Federal, e as penitenciárias de Santa Catarina, onde o Pizzolato tem domicílio, têm condições de abrigar o ex-diretor do Banco do Brasil em condições que “respeitam os direitos humanos”.
“Uma das linhas de defesa era dizer que os presídios brasileiros não têm condições de receber o preso. Como o réu também tem direito de cumprir pena em presídios próximos ao domicílio, pedi que indicassem dois presídios em Santa Catarina. Fizemos relatório sobre esses dois presídios para demonstrar que, no cumprimento da pena, não havia ofensa aos direitos humanos”, disse Janot.

* Colaborou o G1, em Brasília
Fonte: G1

Lula parabeniza Camilo Santana pela vitória no Ceará

GOVERNADOR ELEITO
Lula parabeniza Camilo Santana pela vitória no Ceará

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez contato, na manhã desta terça-feira (28), com o governador eleito do Ceará, Camilo Santana (PT). No telefonema, que durou cerca de 20 minutos, Lula parabenizou Camilo pela eleição e o convidou para uma conversa em São Paulo.

"Tenho grande admiração pelo ex-presidente, por tudo o que ele fez e representa para o Brasil. Combinamos de marcar uma conversa em São Paulo nos próximos dias para avaliarmos a eleição no Ceará e no Brasil, e discutirmos como ajudar a presidenta Dilma a fazer um grande governo", afirmou Camilo.

"Lula sabe das responsabilidades que temos para fazer o Ceará e o Nordeste seguirem crescendo, gerando empregos, melhorando a educação e resolvendo definitivamente o problema da água com a Transposição do São Francisco e com o Cinturão das Águas", ressaltou.

Na conversa, além de parabenizar o governador eleito, Lula elogiou o atual governador do estado, Cid Gomes, pelo trabalho desenvolvido no Ceará. Ao longo do dia, Camilo participou de reuniões com aliados e correligionários para avaliação do pleito que findou no último domingo (26).

Fonte: assessoria da coligação "Para o Ceará seguir mudando".


Fonte: http://www.cearanews7.com.br/ver-noticia.asp?cod=21550

José Dirceu recebe autorização para cumprir restante da pena em casa

DECISÃO
José Dirceu recebe autorização para cumprir restante da pena em casa
Decisão do ministro Luis Roberto Barroso, do STF, concede regime de prisão aberto ao ex-ministro da Casa Civil.

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu hoje (28) regime de prisão aberto ao ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado na Ação Penal 470, o processo do mensalão. Com a decisão, Dirceu poderá cumprir o restante da pena inicial de sete anos e 11 meses em casa. 


Segundo informações da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, Dirceu tem direito a progressão de regime semiaberto para o aberto desde o dia 20 de outubro, por ter cumprido 11 meses e 14 dias de prisão, um sexto da pena, requisito exigido pela Lei de Execução Penal.


Para alcançar o marco temporal para obter o benefício, o ex-ministro também descontou 142 dias da pena por trabalhar durante o dia em escritório de advocacia de Brasília e estudar dentro do presídio. Ele foi preso no dia 15 de novembro do ano passado.


De acordo com o Código Penal, o regime aberto deve ser cumprido em uma casa de albergado, para onde os presos retornam somente para dormir. (Com Agência Brasil.).

Fonte: http://www.cearanews7.com.br/ver-noticia.asp?cod=21567

Vitorioso no Ceará, Cid Gomes é cotado para ministro de Dilma

Cid ao lado de Miriam Belchior (Planejamento) e Francisco Bezerra (Integração Nacional), seu indicado no Planalto
Vitorioso na eleição de seu sucessor e de ampla bancada ligada ao seu grupo político, o governador Cid Gomes (Pros) é cotado para assumirministério no segundo mandato de Dilma Rousseff (PT). A informação já circula na imprensa nacional, que inclui ainda o governador da Bahia, Jacques Wagner (PT), e o ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), como outros possíveis ministros. Cid iria para a Educação.

Entre nomes que já integraram a equipe de Dilma, também é prevista volta de Marta Suplicy (Cultura), Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Ricardo Berzoini (Relações Institucionais). Segundo o jornal O Globo, a presidente estaria privilegiando “lealdade” e “comprometimento” com o governo – fatores onde Cid aparece bem aos olhos do Planalto.
Ainda de acordo com o jornal carioca, interlocutores do Planalto afirmam que a ideia é que os ministérios do novo mandato de Dilma sejam ocupados por políticos de estatura, nomes conhecidos popularmente. O atual governo contém ampla parcela de técnicos pouco conhecidos, o que passaria imagem de irrelevância das pastas.

Atualmente, Cid é detentor de uma indicação no primeiro escalão de Dilma: o ministro Francisco Bezerra, que coordena a Integração Nacional. A mesma pasta já havia sido comandada por Ciro Gomes (Pros) durante o governo Lula.

Lula elogia Cid, parabeniza Camilo e o convida para conversa em São Paulo

Na segunda-feira, Camilo já havia entrado em contato com Dilma Rousseff

O ex-presidente Lula (PT) entrou em contato na manhã desta terça-feira, 28, com o governador eleito Camilo Santana (PT) por ligação telefônica. Em conversa de cerca de vinte minutos, o ex-presidente parabenizou Camilo e o convidou para uma conversa em São Paulo. Segundo assessoria do governador eleito, Lula também destacou elogios a Cid Gomes (Pros) pelo “grande trabalho no Ceará”.

"Tenho grande admiração pelo ex-presidente, por tudo o que ele fez e representa para o Brasil. Combinamos de marcar uma conversa em São Paulo nos próximos dias para avaliarmos a eleição no Ceará e no Brasil, e discutirmos como ajudar a presidenta Dilma a fazer um grande governo", afirmou Camilo.
"Lula sabe das responsabilidades que temos para fazer o Ceará e o Nordeste seguirem crescendo, gerando empregos, melhorando a educação e resolvendo definitivamente o problema da água com a Transposição do São Francisco e com o Cinturão das Águas", ressaltou.

Nesta terça-feira, Camilo dedicou maioria da manhã para realizar reuniões com aliados. Na pauta, avaliação dos resultados das eleições deste ano. Na segunda-feira, o governador eleito também teve conversa por telefone com Dilma Rousseff.

Votação em Minas foi decisiva para a derrota de Aécio

aecioApesar dos estados do Nordeste terem dado uma diferença de 11,5 milhões de votos para Dilma Rousseff, sobre seu adversário Aécio Neves (PSDB), a derrota do tucano deveu-se a seu fraco desempenho em estados do Sudeste do País, entre eles Minas Gerais e Rio de Janeiro.  No Nordeste, a surpresa negativa para o tucano foi sua pífia votação em Pernambuco. Apesar de Aécio ter recebido o apoio da família de Eduardo Campos (PSB) e de Marina Silva (PSB), que venceu no Estado no primeiro turno, o tucano obteve pouco mais de 29% dos votos dos pernambucanos.
Em São Paulo, berço do PT, Aécio recebeu 15 milhões de votos, ou seja, 64% dos votos. Já em Minas Gerais, segundo maior colégio eleitoral do país, a candidata do PT venceu com uma diferença pequena de 550 mil votos, mas o seu desempenho no estado foi decisivo para a derrota do tucano. Aécio esperava esmagar a petista no Estado, mas a performance dela que obteve  5.979.422 votos, ou 52,41% dos votos, levou por terra seu intento.
Na Região Sudeste, Aécio aumentou a sua votação em quase 8 milhões de votos, abrindo uma diferença de quase 5,6 milhões sobre Dilma, no comparativo com o primeiro turno. No Sul do país, ele ampliou em 27% a sua votação (3 milhões) entre o primeiro e segundo turno.
Outro destaque negativo para o tucano foi sua votação no Rio de Janeiro, terceiro colégio eleitoral do país. No primeiro turno, Aécio obteve 26,9% dos votos, enquanto Dilma, 35,6%. No segundo turno ela ampliou a votação e alcançou agora 54,9% (4,4 milhões) contra 45% (3,6 milhões). A diferença em favor da candidata do PT foi de 807 mil votos.

Camilo fala com Dilma e a parabeniza pela vitória

camildilmaO governador eleito do Ceará, Camilo Santana, conversou, nesta segunda-feira, por telefone, com a presidente Dilma Rousseff e a parabenizou pela vitória contra o tucano Aécio Neves. Camilo, que, também, recebeu os parabéns de Dilma pela vitória nesse domingo, desejou sorte a presidente reeleita, fez relatos sobre as eleições no Ceará, destacou o papel importante cumprindo na campanha pelos irmãos Cid e Ciro Gomes e afirmou que o Ceara´irá precisa muito do Governo Federal para dar sequencia a obras e projetos para melhoria das condições de vida da população.
“Fiquei muito feliz com a vitoria de Dilma. ela é do meu partido e comemorou o fato de eu ser o primeiro governador do PT eleito no Ceará. Nossa parceria será muito importante para que o nosso Estado garanta suas conquistas e avance ainda mais”, disse Camilo. “Temos muitos projetos com o Governo Federal que devem ser intensificados, como as obras do Cinturão das Águas, Metrô de Fortaleza, Transposição do Rio São Francisco e Transnordestina”, afirmou. Camilo Santana e Dilma Rousseff ficaram de conversar mais uma vez, nos próximos dias, para marcar uma reunião de trabalho em Brasília. Durante seu primeiro dia como governador eleito, Camilo concedeu algumas entrevistas e aproveitou para ficar mais tempo com a família. Nesta terça-feira, Camilo terá diversas reuniões internas.

Cid Gomes cotado para o Ministério da Saúde

Cidizinho

nformações publicadas no Portal 247 dão conta de que entre os aliados do PT na campanha presidencial, os irmãos Cid e Ciro Gomes, do PROS, e o ex-prefeito Gilberto Kassab, do PSD, são os grandes vitoriosos nos bastidores da eleição que acaba de ser encerrada e devem ser recompensados. De acordo com matéria publicada nessa segunda-feira, 27, Cid está cotado para ser o novo ministro da Saúde e Kassab pode comandar Cidades.
No Ceará, os irmãos Gomes recusaram de primeira hora a alternativa de entrar para o PSB e resolveram trabalhar pela criação de uma nova legenda, o PROS. O movimento deu resultado e impediu o PSB, que na época era articulado por Eduardo Campos, de ser dominante no Nordeste. O atual governador Cid Gomes e seu irmão, o ex-ministro Ciro, apoiaram o candidato do PT ao governo do Estado. Camilo Santana venceu Eunício Oliveira, do PMDB, no segundo turno.
A expectativa para o cargo em Brasília já havia sido lançada em 2013, quando o então ministro Alexandre Padilha iria deixar o cargo para disputar o governo de São Paulo. Há informações que Cid não teria aceitado o convite por não abrir mão do governo do Ceará. Agora, Cid Gomes é um dos nomes mais cotados na bolsa de apostas de Brasília para se tornar ministro da Saúde no novo governo Dilma, a partir de 2015.
Fonte: http://www.cearaagora.com.br/site/2014/10/cid-gomes-cotado-para-o-ministerio-da-saude/

Cid quer bloco contra 'chantagem' do PMDB

Dia Mundial Sem CarroNa foto: Cid Gomes durante entrevista coletiva com outros governadores do Nordeste sobre crédito do Banco MundialFoto: Mauri Melo, em 22/09/2009O governador do Ceará, Cid Gomes (Pros), defende a criação de um novo partido ou bloco para fazer frente ao PMDB, legenda que ele classifica como “mal que precisa ser combatido”. A ideia, segundo Cid, seria criar uma bancada de entre 50 a 60 deputados, fazendo fusões com siglas como PDT e PCdoB, com o objetivo de se contrapor aos peemedebistas no Congresso Nacional.
“O PMDB é um mal terrível, que tem que ser combatido organizadamente, racionalmente e inteligentemente. É um ajuntamento de secções regionais que não tem nenhuma identidade, mas um interesse em comum: chantagear governos”, declarou Cid, no domingo, ao acompanhar a votação do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros).
O governador cearense afirmou que essa é uma tarefa para o presidente do Pros, Eurípedes Júnior, mas que irá ampliar conversas com ele nesse sentido. “Quem deve tocar esse processo é ele (Eurípedes), mas eu defendo a tese de que a gente converse com outros partidos e pense num bloco, no mínimo. Mas eu defendo mesmo é que ocorram fusões”, disse.
PDT e PCdoB foram citados como possíveis partidos que poderiam se unir ao Pros por conta de afinidades, segundo Cid. “São partidos em que há afinidades. Afinidades. Não há nenhuma conversa ainda”, ressaltou.
Até abril deste ano, o governador Cid Gomes mantinha o PMDB como aliado de seu governo no Ceará. Ele rompeu com o partido diante da insistência do senador Eunício Oliveira (PMDB) em disputar o governo cearense. Sem o apoio do governador, Eunicío lançou-se na disputa. Ele aliou-se aos partidos que fazem oposição, como o PR e o PSDB, e foi derrotado pelo petista Camilo Santana, apoiado por Cid.
O governador do Ceará também fez duras críticas ao PSDB que, segundo ele, deixou de ser um partido solidário, de pessoas mais simples, e passou a ser um partido da elite. “E o Aécio gostou dessa posição, se rendeu a isso”, afirmou. “Nós rompemos com o partido (PSDB). Eu e Ciro já fomos do partido. O Ciro foi o primeiro governador do partido aqui no Ceará e nós rompemos com eles. A gente tem uma trajetória, realmente, com mudanças de partido, mas como regra em igual posição. Apoiamos o Fernando Henrique, e com ele, já eleito, começamos a perceber que estava fazendo um governo voltado para as elites brasileiras, então, rompemos com ele e passamos a apoiar o Lula”, declarou.
Cid reconheceu que Aécio tem carisma, mas avalia que ele foi muito mal orientado pelos marqueteiros dele, que não têm a noção do Brasil real e só conhece a metade do Brasil. “(Aécio) Ficou irônico, agressivo na campanha, e isso foi o responsável pelo declínio nas pesquisas”, alfinetou. Portal Exame.

Suzane von Richthofen troca a ala das evangélicas e se casa com sequestradora em presídio

Suzane von Richthofen
Suzane von Richthofen, na época em que arquitetou o assassinato dos pais
Condenada a 38 anos e seis meses pela morte dos pais, em 2002, Suzane von Richthofen passou por grandes mudanças durante os 12 anos que está na prisão. A jovem se tornou evangélica, conselheira de outras detentas, recentemente abriu mão de lutar pela herança dos pais, tenta se reaproximar do irmão e, agora, está casada.

De acordo com informações do jornal "Folha de São Paulo", ela saiu da ala das evangélicas, que sempre ocupou em Tremembé, interior de São Paulo, e se mudou para a cela das presas casadas, onde divide espaço com mais oito casais.

A nova companheira de Suzane é Sandra Regina Gomes, condenada a 27 anos de prisão pelo sequestro de uma empresária em São Paulo. Para dormir com a amada, a ex-estudante teve de assinar um documento de reconhecimento de relacionamento afetivo, exigido para todas as detentas que resolvem viver juntas.
Vale destacar que no começo desse ano, Sandra havia se casado com Elize Matsunaga, presa pela morte e esquartejamento do marido Marcos Kitano Matsunga,em junho de 2012.Suzane teria sido o pivô do fim da relação amorosa entre Elize e Sandra. As três trabalhavam na fábrica de roupas da prisão. O triângulo acabou rompendo a amizade entre elas.

Sandra também é apontada como a razão de Suzane ter aberto mão do direito de passar os dias fora da prisão. Em agosto, a jovem tinha conseguido a chamada "progressão de regime".Curiosamente, Suzane pediu para adiar sua ida para o regime semiaberto, decisão que seus advogados tentavam desde 2008.

Por amor

Quando foi presa, Suzane namorava Daniel Cravinhos de Paula e Silva, de 21 anos. Em nome do amor, já que o pai não aceitava o relacionamento da filha com o jovem, que não trabalhava nem estudava, a dupla arquitetou a morte dos pais dela. Para assassiná-los, eles contaram com a ajuda do irmão de Daniel, Cristian.

Com a descoberta do plano, todos foram condenados. Os irmãos cumprem pena em regime semiaberto. O Ministério Público acredita que Suzane foi a mentora do crime que chocou o Brasil.

Teste de Fidelidade - 26/10/2014 - Completo - HD


Cartão de confirmação está disponível

Os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começaram, ontem, a acessar os cartões de confirmação de inscrição da prova, que já estão na página do programa na internet. Para consultar as informações, o estudante deve o fornecer o CPF e a senha escolhida na hora da inscrição.
Também nesta semana, começam a chegar, por meio dos Correios, os mesmos cartões de confirmação, no endereço informado pelo estudante. O documento contém os dados pessoais do participante imprescindíveis para a prova, como nome, CPF, número de inscrição no Enem, data, hora e local das provas, além da opção de língua estrangeira, necessidade de atendimento especializado e, caso necessário, indicação de solicitação de certificação do ensino médio.
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) orienta que aqueles que acessarem o cartão pela internet deverão conferir as informações antes de imprimi-lo. Não é obrigatório levar o cartão no dia da prova. No entanto, é indispensável apresentar um documento de identificação com foto.
Caso cartões enviados pelos Correios sejam devolvidos, o Inep entrará em contato com os candidatos por meio de SMS e mensagem eletrônica, por celular e e-mail. O estudante que não receber o cartão, não conseguir imprimir pela internet ou constatar erro no documento, deve entrar em contato com o atendimento ao participante.
Exame
Neste ano, um total de 9.519.827 pessoas se inscreveram no Enem. O Ceará foi o 5º estado em número de inscritos, com 596.568 participantes, o que expressa um aumento de mais de 21% em relação à edição do ano passado.
O exame será realizado em 1.699 cidades, nos dias 8 e 9 de novembro. No primeiro dia, os estudantes farão avaliações de Ciências Humanas e Ciências da Natureza. No dia seguinte, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática. Os horários o de Brasília, com a abertura dos portões ao meio-dia. No dia 8, a prova começará às 13h horas e encerrará às 17h30. No dia 9, os alunos terão que resolver as questões das 13h às 18h30.
Mais informações
Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)
http://enem.Inep.gov.br/
0800 616 161

BNB renegocia dívidas até dia 31

Image-0-Artigo-1729333-1
Entre outras facilidades, a renegociação prevê a prorrogação das parcelas com vencimento em 2012, 2013 e 2014
FOTO: ANTÔNIO CARLOS ALVES
Produtores rurais têm até 31 de outubro para renegociar dívidas no Banco do Nordeste em condições especiais. Encerra-se na próxima sexta-feira o prazo para agricultores familiares e produtores rurais aderirem à renegociação de dívidas que estavam inadimplentes em 31/12/2011. Após a adesão, os beneficiados têm até 30 de novembro para formalizarem suas renegociações.
A renegociação prevê prorrogação das parcelas com vencimento em 2012, 2013 e 2014 e bônus de adimplência de 80%, sobre o valor de cada parcela paga até seu vencimento, com base na determinação do Conselho Monetário Nacional (CMN), por meio das resoluções 4.211 e 4.212. A concessão de bônus se aplica aos clientes do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).
Resoluções
"É fundamental que o agricultor procure as agências do Banco para que sua operação possa ser analisada dentre as diversas resoluções e leis que melhor atendam à sua necessidade", alerta o gerente do Ambiente de Recuperação de Crédito do BNB, Nicola Miccione. Segundo ele, o Banco também está renegociando dívidas contratadas entre 2007 e 2011, em razão de prejuízos gerados pela estiagem. Esses casos são regulamentados pelas resoluções 4.250 e 4.251, com prazo de formalização estendido para 30 de dezembro deste ano. Para essas situações, a prorrogação da dívida é de até 10 anos.
O Banco do Nordeste trabalha ainda com o parcelamento das dívidas, liquidação com bônus de até 85% e concessão de novo crédito para liquidação de dívidas. E dentre os instrumentos de renegociação com base em medidas legais, destaca-se a Resolução 4.365, que visa as operações do Programa Especial de Crédito para a Reforma Agrária (Procera) e a Lei 12.844, que trata de operações de até R$ 200 mil contratadas até 2006.
Operações realizadas
Desde julho 2013, já foram renegociadas 242.362 operações de crédito em toda a áreas de atuação do Banco do Nordeste, enquadráveis nas diversas medidas legais vigentes, totalizando R$ 2,5 milhões. Somente no Ceará, estes números foram de 49.414 operações e R$ 442,9 mil, respectivamente.

Desoneração do IPVA continuará, diz Camilo

Image-0-Artigo-1729334-1
Camilo Santana: 'Queremos continuar oferecendo incentivos para indústrias se instalarem no Estado do Ceará'
FOTO: FABIANE DE PAULA
A desoneração da carga tributária, inclusive com a perspectiva de redução no valor do IPVA, a ampliação de serviços à população como maior retorno do pagamento de impostos e o investimento em infraestrutura são as principais bandeiras, no campo econômico, do governador eleito do Ceará, Camilo Santana, para gestão 2015-2019.
Em entrevista ao Diário do Nordeste, ontem, ele confirmou que dará continuidade à política de desoneração empreendida pela Secretaria da Fazenda (Sefaz), no governo Cid Gomes. "O Ceará vem ao longo do tempo desonerando tributos. Então, desde que seja feito dentro de um equilíbrio, que não venha comprometer os investimentos que o Estado tem previsto, pretendemos continuar prestando esse serviço à população", promete. Em relação ao Imposto sobre a Circulação de Veículos Automotores (IPVA), que teve redução média de 10,92%, em 2014, Camilo Santana confirmou que a perspectiva é "continuar desonerando".
"O Estado deu o exemplo, mostrando que diminuir a carga tributária pode contribuir para aumentar a arrecadação. Então, vamos continuar essa política. E o IPVA segue nessa linha", reforça. Segundo o governador eleito, a desoneração de tributos virá acompanhada da ampliação de serviços aos cearenses. "Claro que esses impostos devem retornar à população em forma de serviços, com melhorias, principalmente, na saúde e na segurança, que é nosso grande desafio".
Infraestrutura
Na área da infraestrutura, Camilo Santana reafirmou seu compromisso com as promessas de campanha. "Vamos continuar investindo para que nosso Estado, que era importador, continue produzindo e exportando energia, principalmente energia renovável. Vamos incentivar a energia solar, que já é uma experiência lá de Tauá. Vamos garantir também o que vai ser nosso grande desafio e prioridade - a questão da água, com a conclusão do Cinturão das Águas, que, com a transposição do São Francisco, vai levar água para o lado oeste do Ceará", explica.
Do ponto de vista da infraestrutura rodoviária e ferroviária, Camilo lembrou as obras da Transnordestina e da duplicação de estradas. Segundo ele, "com a retomada das obras da Transnordestina, será construído o primeiro trecho da ferrovia no Ceará, que irá de Missão Velha até Acopiara".
Em relação às rodovias cearenses, ele reafirmou: "Vamos construir o arco rodoviário metropolitano e garantir também a continuidade das duplicações que estão previstas, concluir a duplicação do anel viário, as duplicações para Aracati e para Redenção. Temos o plano de nenhum município ser fim de linha no estado do Ceará. Queremos que eles tenham sempre duas interligações".
Sobre projetos estruturantes para o estado, o governador eleito do Estado assegura: "Vamos garantir a conclusão da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) em 2016, e lutar muito para trazer a refinaria para o Estado do Ceará e fazer o polo Metal-Mecânico que, junto com a siderúrgica, será o grande vetor de desenvolvimento no interior, levando mais empregos para perto da população. Queremos continuar oferecendo incentivos para indústrias se instalarem no estado do Ceará. Em relação à infraestrutura são essas as nossas prioridades".
Secretariado
Apesar de referendar a extensa agenda de compromissos estabelecidos em campanha, ele declarou não ter ainda nenhum nome definido para ocupar as secretarias, mas indicou que constituirá uma nova equipe em seu governo. Perguntado sob a possibilidade de permanência de secretários das pastas econômicas da atual gestão, ele explicou que, "a despeito da admiração que tem pelo governador Cid Gomes, fará um novo governo, com uma nova equipe". Conforme Camilo Santana, a escolha do novo secretariado será feita, juntamente com a vice-governadora Isolda Cela, com base em dois critérios: mérito e técnica. "Será um governo baseado na meritocracia e na técnica", resume.
União
Com um discurso de conciliação e afirmando se sentir "orgulhoso de ser o primeiro governador do PT no Ceará", Camilo Santana, prometeu que irá "governar para todos os cearenses". As reformas política e tributária, segundo ele, também farão parte de sua agenda como governador. Nesses quesitos, ele também se compromete a dar seu apoio à presidente Dilma Rousseff.
Ângela Cavalcante
Repórter

Governador eleito evita falar da futura gestão

Image-0-Artigo-1729301-1
Camilo Santana no estúdio da TV Verdes Mares, no início da tarde de ontem. Em seguida ele conversou com repórteres do Diário do Nordeste
FOTO: FABIANE DE PAULA
Vencida a disputa pelo Governo do Estado, no segundo turno encerrado domingo passado, Camilo Santana (PT) não poderá dispor de muitos dias para descansar da campanha. Segundo o governador eleito, nos próximos dias ele seguirá realizando discussões com segmentos da segurança pública, da educação e da saúde, entre outras categorias, até o final da primeira quinzena de dezembro. Durante esse tempo, Camilo também participará de reuniões para definir a estrutura da próxima gestão.
Ontem, no início da tarde, Camilo deu sua primeira entrevista, após passado a emoção da vitória. Ele participou do noticiário do meio dia da TV Verdes Mares e conversou com a reportagem do Diário do Nordeste. Foi reticente, limitando-se a repetir o que dissera na campanha eleitoral quanto a compromissos com o povo cearense.
Ele admitiu não saber ainda, no entanto, como lidar com o atual cargo de deputado estadual. Questionado se pretendia voltar à Assembleia e começar o diálogo com alguns parlamentares de forma mais próxima, Camilo afirmou que quer aproveitar o tempo que resta até assumir o Executivo para se antecipar ao momento. "Eu não pedi licença (do cargo) agora na campanha, mas renunciei ao meu salário. Ainda vou avaliar (o que será feito)", apontou.
Partido
O governador eleito terá que administrar situações inusitadas, como dialogar com a oposição dentro do próprio partido, feita pelo grupo liderado pela ex-prefeita e agora deputada federal eleita Luizianne Lins (PT). Sobre o futuro dessa relação, Camilo destacou ter sido escolhido como candidato por unanimidade pelo diretório estadual da agremiação e disse esperar contar com a mesma unanimidade em seu futuro governo.
"Minha relação não é com um grupo, minha relação é com o meu partido. É uma relação democrática, respeitosa. Eu fui escolhido por unanimidade como candidato e espero ter o apoio da unanimidade do meu partido no Governo", afirmou.
Camilo preferiu não tecer comentários a respeito de uma possível disputa em 2016 pela Prefeitura de Fortaleza. Questionado sobre como se posicionaria em um possível embate entre o atual prefeito Roberto Cláudio (PROS), que deve pleitear a reeleição, e setores do PT que podem reivindicar o retorno ao poder, o futuro governador disse ser cedo para falar sobre o assunto. "Isso ainda é em 2016, vamos deixar chegar mais perto para discutir isso", desconversou. Roberto Cláudio foi o seu principal cabo eleitoral na Capital.
Sobre indícios de como será a composição dos novos secretários do Governo, Camilo apontou que não há nada definido - se os alguns dos atuais gestores permanecem, se antigos retornam ou se novos assumirão. Ele afirmou que irá se reunir com a sua vice, Izolda Cela (PROS), para definir os nomes com base em méritos e aptidões técnicas de seus membros. Ele negou ainda haver qualquer acordo com partidos por secretarias no próximo Governo estadual.
"Quero estabelecer um critério primeiro de mérito, principalmente que as pessoas possam ter o perfil ideal e a competência em cada área que irão assumir", apontou. "Eu não fiz nenhum compromisso durante a eleição com nenhum partido, com nenhuma área. Vamos procurar utilizar o melhor critério possível para que cada um possa cumprir a sua missão em cada pasta".
Camilo afirmou esperar ter o novo secretariado definido até assumir o Governo, no dia 1º de janeiro de 2015. Sobre a influência do atual governador Cid Gomes (PROS) na composição da máquina estadual, o petista afirmou ter "profunda admiração" por Cid, mas assegurou que fará um novo Governo a ser comandado por ele e por Izolda.
Presidência
Embora a sua coligação tenha feito 31 dos 46 deputados da Assembleia Legislativa, Camilo irá enfrentar oposição na Casa. Ele afirmou ser salutar a existência de oposição propositiva para refletir as próprias ações de Governo e garantiu que estará sempre aberto a questionamentos dos parlamentares. "É importante ter oposição, contanto que seja responsável, propositiva. Mas vou procurar sempre manter um diálogo respeitoso e apresentar à Assembleia o que seja importante para o Ceará", ressaltou.
Já em relação à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), Camilo destacou que a vitória da candidata foi muito importante para o Estado. "Estou muito feliz com a eleição da Dilma, que será uma grande parceira nossa, que pode garantir tudo aquilo que apresentamos para a população do Ceará. Vamos garantir a Transnordestina, garantir a segunda etapa do Eixão das Águas, lutar muito pela refinaria, que foi um compromisso", tanto da própria presidente Dilma, quanto do ex-presidente Lula, segundo relatado pelo deputado José Albuquerque, presidente da Assembleia, na campanha que promoveu em defesa do projeto da refinaria cearense.