Buscar

10 outubro 2014

Teria sexo com ...?

Teria sexo com ...?



Teria sexo com uma pessoa que se recusa a fazer o teste para as
Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs)?


A ignorância é apontada como um dos vários obstáculos para a prática de sexo seguro e para a diminuição da transmissão de doenças sexualmente transmissíveis, ou seja, muitas pessoas nem sequer sabem que estão em risco de contraírem uma IST´s, ou mais.


O que pensar das pessoas que simplesmente se recusam a fazer o teste?

STD Express (site comercial) divulgou os resultados de uma pesquisa sobre saúde sexual e os testes para doenças sexualmente transmissíveis. A pesquisa verificou que um terço dos entrevistados relataram que têm relações sexuais com alguém que se recusou a fazer o teste de IST´s. A principal limitação deste estudo é o facto de ter sido baseado numa amostra de 100 pessoas que não foram escolhidos de forma aleatória. No entanto, torna-se claro que é necessária uma investigação mais profunda a este problema. Será interessante analisar se as pessoas que disseram que fizeram o teste foram sinceras, bem como, se existem excepções nos casos dos que revelaram ter relações com pessoas mesmo sem saberem o seu estado de saúde.


Ser (Seguro) ou não Ser (Seguro) ... não é a questão para todos


Na sociologia, e provavelmente noutras disciplinas, existe a preocupação da relação entre as diversas forças sociais, às vezes chamadas de estruturas sociais (por exemplo, política, religião, capitalismo), e a agência dos indivíduos, também conhecida como "livre-arbítrio". Embora todos tenhamos algum grau de livre vontade, algumas coisas que fazemos, e até mesmo algumas do que nós somos, são directamente influenciadas pela sociedade - uma vez que estão parcialmente fora do nosso controle.

Algumas pessoas não têm os mesmos recursos e poder que os outros têm, tal como se verifica na prática de sexo seguro e na regularidade dos testes às ISTs.

Por exemplo, tal como a Organização Mundial de Saúde verificou, devido à desigualdade de género, que ainda hoje se verifica em muitos países, as mulheres não têm voz igual na tomada de decisão sobre o uso de preservativos, a regularidade sexual, entre outras coisas, ficando em maior risco de consequências indesejadas e indesejáveis da actividade sexual, tal como contrair uma Infecção Sexualmente Transmissível.

É importante notar que a educação sexual, que permite ter acesso a informações precisas sobre saúde sexual, IST´s, saúde reprodutiva, e práticas de sexo seguro, não está disponível para todos. Devemos todos nós como os estudiosos e defensores da promoção da saúde sexual estar conscientes da relação entre desigualdade e saúde sexual (e da saúde em geral).


VEJA TAMBÉM:



Dr. Fernando Eduardo Mesquita

Psicologia Clínica / Sexologia Clínica
Terapia Cognitivo Comportamental / Terapia EMDR

Avenida Elias Garcia, 137, 4º
1050-099 Lisboa
Tel: 969091221
Tel: 213145309

Avenida Almirante Reis, 186 R/C Esq.
1700-093 Lisboa
Tel: 969091221
Tel: 218477024

Aécio começa 2º turno com 51% ante 49% de Dilma, mostra Datafolha

PESQUISA ELEITORAL
Aécio começa 2º turno com 51% ante 49% de Dilma, mostra Datafolha

O segundo turno da eleição presidencial começa com uma disputa extremamente acirrada. Pesquisa Datafolha finalizada nesta quinta (9) mostra empate técnico entre o senador Aécio Neves (PSDB) e a presidente Dilma Rousseff (PT). Mas, pela primeira vez, com o tucano numericamente à frente. Ele tem 51% das intenções de voto válido ante 49% da petista.

A margem de erro do levantamento é de dois pontos para mais ou para menos. Dessa forma, Aécio pode ter entre 49% e 53%. Já Dilma pode ter entre 47% e 51%.

Considerando todas as pesquisas do instituto desde 1989, é a primeira vez que um candidato que ficou em segundo lugar no primeiro turno aparece com mais intenções de voto que o vencedor num estudo de segundo turno. No 1º, Dilma alcançou 41,59% dos votos, ante 33,55% de Aécio; em terceiro, Marina Silva (PSB) teve 21,32%.

Analisando o histórico da polarização PT x PSDB, é a primeira vez também, desde 2002, que um tucano aparece numericamente à frente de um petista em simulação de turno decisivo.

Em votos totais, o placar é 46% para Aécio, 44% para Dilma, 4% dispostos a votar nulo ou em branco, e 6% de indecisos.

O Datafolha ouviu 2.879 eleitores em 178 municípios na quarta e nesta quinta. O nível de confiança da pesquisa é 95% (em 100 levantamentos com a mesma metodologia, os resultados estarão dentro da margem de erro em 95 ocasiões). O registro da pesquisa no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é BR-01068/2014.

* Com informações da Folha de S. Paulo

* Mais em: Aécio e Dilma empatam na primeira pesquisa Ibope do 2º turno


Fonte: http://www.cearanews7.com.br/ver-noticia.asp?cod=20993

Açude Cedro: descaso e abandono será discutido em Quixadá

MPF-CE
Açude Cedro: descaso e abandono será discutido em Quixadá

Uma audiência pública para colher informações sobre a situação de descaso e abandono do Açude Cedro, em Quixadá, acontece nesta sexta-feira (10).

O debate, proposto pelo procurador da República Francisco Alexandre de Paiva Forte, será na Câmara Municipal de Vereadores do município, das 9h às 13h.

Na audiência, o procurador fará breve exposição sobre a atuação do MPF na proteção do patrimônio cultural e meio ambiente e, posteriormente, apresentará o objeto de inquérito civil que apura a situação do Açude Cedro.

A audiência também contará com a participação de representantes do poder público, entidades acadêmicas, associações civis e movimentos sociais organizados convidados.


Fonte: http://www.cearanews7.com.br/ver-noticia.asp?cod=20996

Dilma defende política do salário mínimo e critica propostas do PSDB

SEGUNDO TURNO
Dilma defende política do salário mínimo e critica propostas do PSDB

A candidata do PT à reeleição, presidenta Dilma Rousseff, defendeu hoje (9) os atuais programas sociais e a política de valorização do salário mínimo e criticou as propostas do adversário Aécio Neves (PSDB) para o tema. Dilma classificou de “escândalo” a ideia de reduzir o poder de compra do salário mínimo para compensar outros problemas da economia.

“Eles implicam com salário mínimo. Implicar com o salário mínimo é a maior característica desse senhor que foi presidente do Banco Central durante o [governo de] Fernando Henrique [Armínio Fraga] e que agora é aquele que aparece como sendo o eventual futuro ministro da Fazenda, que não vai ser. Ele acha que para resolver os problemas, eles têm que diminuir o salário mínimo. Isso é um escândalo. É a típica proposta que fez com que esse país quebrasse tês vezes”, disse em discurso durante ato político em Salvador.

Ao lado do governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), do governador eleito, Rui Costa (PT), e de outras lideranças do estado, Dilma disse que os governos do partido adversário nunca tiveram políticas para o desenvolvimento da Região Nordeste. “Eles nunca tiveram um projeto para essa região. Nunca olharam para ela, deixaram anos e anos a fio sem investimento em infraestrutura, sempre usaram e abusaram da indústria da seca e não tentaram resolver o problema de fundo, que era garantir água, não de emergência, mas fazer com que o Nordeste convivesse com a seca, como nós estamos fazendo”.

A candidata também criticou declarações de lideranças do PSDB que associaram os votos no primeiro turno a candidatos do PT, principalmente nas regiões Norte e Nordeste, a eleitores “pobres e menos informados”. “Quando querem atribuir a minha votação e o primeiro lugar que obtive, falam: 'Ah, votaram nesse projeto porque as pessoas que votaram não são qualificadas, são desinformadas, não sabem o que estão fazendo'. Não só agradeço, mas respeito extremamente essas pessoas, esses cidadãos que votaram em mim”.

A candidata disse que, no próximo dia 26 de outubro, estarão em confronto dois projetos distintos para o país e que o do PT “diz que o Brasil tem que ser governado para todos os brasileiros, olhando com prioridade, com cuidado, para aqueles que mais precisam”.

Dilma criticou o adversário por apontar ter sido o criador das ideias em que se baseiam atuais programas sociais, como o Bolsa Família. “A pergunta que não quer calar e que todos fazemos: por que eles não fizeram isso antes quando puderam? O que explica que nunca fizeram um programa como o Minha Casa, Minha Vida? Ousam dizer que fizeram o Bolsa Família. O Bolsa Família deles era para muito poucos, o nosso é para mais de 50 milhões de pessoas”.

 A candidata do PT começou a campanha do segundo turno pelo Nordeste. Antes de Salvador, Dilma esteve em Teresina e João Pessoa e hoje ainda terá compromissos de campanha em Aracaju, onde participará de carreata e encontro com lideranças políticas estaduais. No primeiro turno, a candidata obteve mais de 59% dos votos dos eleitores nordestinos.

Fonte: Agência Brasil.

Fonte: http://www.cearanews7.com.br/inicial.asp

Avião de Eunício Oliveira faz pouso de emergência em Brasília

PANE NAS TURBINAS
Avião de Eunício Oliveira faz pouso de emergência em Brasília

Eunício e Mônica Oliveira durante campanha do primeiro turno. 
O jato que transportava o candidato ao Governo do Ceará Eunício Oliveira (PMDB), de Brasília para Fortaleza, teve problemas técnicos e acabou fazendo um pouso forçado nesta quinta-feira (09).

A aeronave de Eunício já havia decolado e seguia a 22 mil pés de altura quando uma das turbinas parou de funcionar. A falha fez o piloto retornar ao Distrito Federal, onde foi realizada a aterrissagem de emergência.

Além da tripulação e do candidato, a esposa do peemedebista, Mônica Oliveira, também seguia no avião, que acabou retornando a Brasília sem maiores problemas.

Minutos depois, Eunício e Mônica Oliveira retornaram a Fortaleza em um voo fretado.

Caso Eduardo Campos
O susto passado por Eunício Oliveira e sua esposa reavivam a memória da tragédia que vitimou o candidato à Presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos, que morreu em um desastre aéreo no último mês de agosto, durante uma viagem para cumprir agenda de campanha em Santos (SP).

As causas da queda do avião que transportava o ex-governador de Pernambuco ainda estão sendo investigadas. 


Fonte: http://www.cearanews7.com.br/ver-noticia.asp?cod=20991

Novo CD promocional Wesley Safadão - Baixe Já


Clique na imagem e faça o seu download