Buscar

20 agosto 2014

Tiririca supera Obama

Rachel Sheherazade entrevistará Dilma Rousseff

Sheherazade ficará frente a frente com Dilma
Sheherazade ficará frente a frente com Dilma
Crítica ferrenha da forma com a qual o PT governa o Brasil, a jornalista Rachel Sheherazade terá a oportunidade de ficar frente a frente com Dilma Rousseff.
Entre os dias 15 e 19 de setembro, o “SBT Brasil” promoverá entrevistas com os candidatos à presidência, a exemplo do que está fazendo o “Jornal Nacional”. Esta será a primeira vez em que Rachel e Dilma se encontrarão pessoalmente.
Nas redes sociais, Rachel não poupa críticas à presidente e costuma divulgar links de notícias que mostram o atual cenário econômico do Brasil, além de denúncias de corrupção. Dilma, por sua vez, é a representante maior do governo, que teria ameaçado cortar as verbas de publicidade do SBT caso Sheherazade não deixasse de emitir suas opiniões na bancada do telejornal.
Além das entrevistas, o SBT também realizará debates entre os candidatos à presidência nos dias 1° de setembro e 22 de outubro. Ambos serão mediados pelo jornalista Carlos Nascimento.

Tiririca estreia horário eleitoral vestido de Roberto Carlos Deputado pediu votos para o seu segundo mandato com uma paródia da propaganda da Friboi

Trecho da propaganda eleitoral de Tiririca (PR), que foi ao ar nesta terça-feira
Trecho da propaganda eleitoral de Tiririca (PR), que foi ao ar nesta terça-feira
São Paulo – O horário eleitoral mal começou e, adivinhe, já temos algo um tanto bizarro do candidato a deputado federal pelo PR Tiririca.
E, no meio de um ambiente tão formal e cheio de engravatados, o candidato conseguiu chamar a atenção do eleitor com a paródia da propaganda que o cantor Roberto Carlos fez para a Friboi.
“Eu voltei. De novo eu vou votar”, cantarolou o deputado fantasiado de "rei" em uma propaganda política que lembrava mais uma esquete humorística de Tom Cavalcante.
vídeo conseguiu ocupar boa parte do tempo destinado ao PR com seu 1 minuto e 25 segundos de duração.
E poderia ser muito menos, se o deputado, não contente em cantar apenas uma vez o seu jingle, resolvesse repeti-lo.
No final, já de volta como Tiririca (o palhaço, não o deputado), ele ainda manda: “tá de saco cheio da política? Vote Tiririca.”
As propostas eleitorais do deputado, que não foram tratadas, permaneceram um mistério.
Veja como foi a pérola:

O Rei votou no Tiririca - Paródia

É com Camilo que eu vou

'Quiseram me humilhar', diz candidata evangélica do Miss Bumbum após pichação

do BOL, em São Paulo
Rebeka Francis, candidata de Rondônia ao título de Miss Bumbum 2014, contou ao EGO que vem sofrendo preconceito após a exposição no concurso.
Evangélica, a beldade se deparou com a frase "Miss Bumbum do capeta", pichado em letras garrafais no muro do prédio onde mora com Andressa Urach (vice-Miss Bumbum 2012) em São Paulo: "Aquilo foi pra mim, pois há dias tinham uns perfis fakes em minhas redes sociais falando sobre minha religião. Como é algo que realmente me ofende, eles acharam meu ponto fraco e quiseram me humilhar", contou Rebeka ao Ego.
Rebeka também contou que sabe que sua opção por participar do concurso não será bem aceita pela comunidade evangélica. "Não estou me vendendo, nem nada parecido. Sou empresária, estudante e participante de um concurso, mas as pessoas com certeza vão me julgar como pecadora. Quem não tem pecado que atire a primeira pedra. Sei que Deus sabe meu coração e meus sonhos, o que me importa é ir buscar a palavra e alimento para meu espírito", afirmou a candidata.
A representante de Rondônia no concurso de beleza também fez elogios à amiga Andressa Urach, com quem tem frequentado a Igreja Universal: "Conheço uma Andressa que poucas pessoas conhecem, uma pessoa batalhadora, amiga, sincera e também temente a Deus. Sinto que Deus está fazendo a obra na vida dela e me sinto muito abençoada por estar participando disso", completou Rebeka Francis.
Ampliar

Veja fotos das candidatas do concurso Miss Bumbum 2014101 fotos

101 / 101
19.ago.2014 - Rebeka Francis, candidata de Rondônia ao título de Miss Bumbum 2014, contou ao EGO que vem sofrendo preconceito após a exposição no concurso. Evangélica, a beldade se deparou com a frase "Miss Bumbum do capeta", pichado em letras garrafais no muro do prédio onde mora com Andressa Urach (vice-Miss Bumbum 2012) em SP: "Aquilo foi pra mim, pois há dias tinham uns perfis fakes em minhas redes sociais falando sobre minha religião. Como é algo que realmente me ofende, eles acharam meu ponto fraco e quiseram me humilhar", contou Rebeka ao Ego AgNews
(Com informações do Ego)
Leia mais em: http://zip.net/bjpk78

'Não posso ficar preocupada com qualquer pessoa', diz Dilma

'Não posso ficar preocupada com qualquer pessoa', diz Dilma

Presidente respondeu sobre ingresso de Marina na disputa presidencial. Petista afirmou que continuará fazendo campanha sem mudanças.


Dilma tira foto com operários da Usina Hidrelétrica de Santo Antônio (Foto: Gaia Quiquiô)Dilma tira foto com operários da Usina Hidrelétrica de Santo Antônio (Foto: Gaia Quiquiô)
Líder das pesquisas eleitorais, a presidente Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira (19), ao ser questionada em Rondônia sobre o provável ingresso da ex-senadora Marina Silva na disputa pelo Palácio do Planalto, que não pode ficar "preocupada com qualquer pessoa".
Em entrevista coletiva no canteiro de obras da usina hidrelétrica de Santo Antônio, a petista ressaltou que é direito de qualquer brasileiro disputar um cargo público e que está preocupada apenas em fazer sua campanha. 
Na chamada "agenda casada", na qual concilia compromissos oficiais com atos de campanha eleitoral, Dilma vistoriou nesta terça as obras das usinas hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio, em Rondônia. Os empreendimentos hidrelétricos integram o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
"Eu vou fazer a minha campanha. Tenho muito o que mostrar. Eu não posso ficar preocupada com qualquer pessoa ou com o que ela queira fazer. É direito das pessoas concorrerem. E é meu direito, agora, aproveitar esse período que vou ter e apresentar as obras que estamos fazendo", comentou a presidente da República.
Marina Silva foi escolhida para ser a candidata do PSB à Presidência da República no lugar de Eduardo Campos, morto em acidente de avião na última quarta-feira (13). A escolha seráanunciada oficialmente na próxima quarta (20).
Em pesquisa feita pelo Instituto Datafolha e divulgada nesta segunda-feira (18), Marina Silva aparece em segundo lugar nas intenções de voto para presidente, com 21%, empatada tecnicamente com o candidato do PSDB, Aécio Neves (20%). No levantamento anterior do Datafolha, o então candidato do PSB, Eduardo Campos, aparecia com 8%, atrás de Aécio, que tinha os mesmos 20%.
Nas duas pesquisas, a presidente Dilma aparece com 36% das intenções de voto. A pesquisa também mostra que em um eventual segundo turno, Marina e Dilma largariam em situação de empate técnico: 47% a 43%, respectivamente.
Fonte: G1

Charge

Charge

93% não são satisfeitos com a saúde

Para o presidente do CFM, Roberto d'Ávila, é preocupante o fato de que 71% dos brasileiros dependam da saúde pública
PESQUISA NACIONAL

93% não são satisfeitos com a saúde

20.08.2014

Apesar de 29% da população ter plano de saúde, o estudo aponta que 92% já buscaram serviços do SUS


Brasília (Sucursal). Pesquisa inédita realizada pelo Instituto Datafolha a pedido do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Paulista de Medicina (APM) aponta que 93% dos brasileiros consideram regulares, ruins ou péssimos os serviços público ou privado da saúde. O estudo, divulgado ontem em Brasília, apresenta dados nacionais e regionais.
O CFM informou que ainda procurará o detalhamento por Estado dos dados da pesquisa, que ouviu 2.418 pessoas em 151 cidades brasileiras, sendo 553 pessoas no Nordeste, num total de 38 municípios da Região, dos quais, cinco são do Ceará.
A pesquisa ouviu homens e mulheres acima de 16 anos de idade entre os dias 03 e 10 de junho deste ano. O estudo apontou que 29% da população brasileira possui plano de saúde, sendo que estas pessoas se concentram nas classes mais favorecidas da população. No Nordeste, apenas 16% da população conta com plano de saúde.
De acordo com o presidente do CFM, Roberto d'Ávila, é preocupante o fato de que 71% dos brasileiros dependam da saúde pública.
Segundo os dados coletados pelo Datafolha, 87% da população consideram muito importante a atenção dada pelo governo na área da saúde, enquanto que 84% elegeram a educação como tema prioritário. Dentre as possibilidades de escolha, o combate à corrupção apareceu com 75% dos votos, na frente de setores como transporte (59%), meio ambiente (60%) e medidas contra a inflação (60%).
Atendimento no SUS
Apesar de 29% da população ter plano de saúde, o estudo aponta que nos últimos dois anos, 92% da população buscaram atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS) e 89% dos brasileiros conseguiram ser atendidos pelo sistema público no País.
"A pesquisa mostra a insatisfação da população. Saúde é um dever do Estado e um direito da população. A saúde não é um bem de consumo. É um bem público", afirmou Roberto d'Ávila.
O presidente do Conselho Federal de Medicina ressaltou que 87% dos brasileiros avaliam como ruim o atendimento do SUS e 72% dos entrevistados afirmaram que já enfrentaram filas para serem atendidos na rede pública ou têm parentes que passaram por esta situação.
"No nosso meio, temos certeza absoluta de que esse atendimento é insatisfatório. E eu diria mais: é prejudicial", ressaltou o presidente do Conselho Federal de Medicina.
Entretanto, de acordo com Roberto d'Ávila, toda vez que a insatisfação com a saúde brasileira é levada ao governo por meio das entidades médicas, as reclamações são descartadas como sendo corporativistas.
Rose Ane Silveira
Repórter
Fonte: Diário

Ceará continua líder, mas sofre gol no final do jogo

SÉRIE B

Derrota fora dos planos

20.08.2014

Ceará continua líder, mas sofre gol no final do jogo, mantém a sina no PV e pode até sair do G4 na próxima rodada


Ceará
Lulinha, que substituiu Magno Alves, sofre falta em lance na partida de ontem
FOTO: KID JÚNIOR
Image-0-Artigo-1683404-1
Treinador alvinegro reclamou da arbitragem após o segundo gol do ABC e foi excluído da partida
FOTO: KID JÚNIOR
Perder em casa é sempre dolorido, mas nos minutos finais e para um time que não vencia havia quatro rodadas, não estava de forma alguma no planejamento do elenco do Ceará.
A derrota por 2 a 1 para o ABC, ontem, no Estádio Presidente Vargas, não só ligou o sinal de alerta para o time cearense, como ainda serviu de aprendizado. "Precisamos ter cuidado. Quando não é possível conquistar os três pontos, é preciso valorizar um ponto. A gente não pode ser crucificado por não vencer em casa. Temos de aprender a lidar com isso, trabalhar e focar um pouco mais", analisou o meia Ricardinho.
Jogo
Sem o astro da equipe, o atacante Magno Alves, que foi poupado, Lulinha era para explorar os flanco. Mas mal começou a partida, a bola foi lançada nas costas do lateral Hélder, do Ceará, que perdeu na corrida para Renato. O lateral-direito do ABC avançou e dentro da área tocou na saída de Jailson, 1 a 0.
O Ceará ficou atordoado com o gol e demorou para voltar ao jogo. Só aos 16min, o time cearense começou a se impor, e quase Bill empatou. Em belo cruzamento de Hélder, o camisa 9 tocou rasteiro, a bola bateu na trave, no rebate, novo passe do lateral, e o centroavante do Vovô tocou no canto, mas a bola tirou tinta da trave.
O gol de empate do Vovô só saiu em uma vacilo da zaga adversária. Aos 27min, Bill recebeu em posição legal, na esquerda, e, da linha de fundo, cruzou, o goleiro desviou levemente, a bola bateu no zagueiro Marlon e morreu nas redes: 1 a 1.
O ABC, então, saiu da defensiva e por pouco não fica novamente na frente do marcador. Dênnis Marques avançou livre e bateu forte para a bela defesa de Jailson, que espalmou para fora.
Com a igualdade, o Ceará foi pra cima. Em jogadas de bola parada e lançamentos de longa distância, mas a zaga do ABC não dava chance. Só que aos 36min, Samuel Xavier por pouco não virou o placar. O lateral chutou cruzado a bola bateu na trave, na volta, Ricardinho tocou para o gol, mas o zagueiro Suéliton evitou a virada do Vovô.
2º Tempo
Na etapa final, o ABC começou da mesma forma do primeiro tempo: explorando os contra-ataques. Com 12min já havia desperdiçado três oportunidades de marcar o segundo gol.
Com disposição, mas errando passes e sem criatividade, o time do Ceará não conseguia furar a defesa do ABC. A não ser em chutes de longe e em bolas alçadas para a área. Vendo o time cair de produção, o técnico Sérgio Soares fez a primeira mudança aos 20min. Tirou o meia Eduardo para a entrada de Gil, depois colocou Felipe Amorim na vaga de Lulinha.
No primeiro lance, Felipe marcou, mas o assistente assinalou impedimento do atacante Bill, que abriu as pernas para a bola seguir para o gol.
O treinador do Ceará ainda foi para o tudo ou nada, colocando o atacante Lima no lugar do lateral Helder, mas a forte marcação do time potiguar não dava espaço. Só que quando o empate já se encaminhava e o resultado não agradava, o ABC surpreendeu em um contra-ataque.
Em um lance duvidoso, o atacante João Henrique recebeu a bola e tocou para Renato. O lateral, com categoria, driblou Jailson, Anderson, esperou João Marcos passar e tocou para o fundo das redes fechando o duelo e garantindo a vitória: 2 a 1.
Sérgio Soares diz que time vai oscilar no Campeonato
Em entrevista coletiva, após a derrota para o ABC, o técnico do Ceará, Sérgio Soares, reconheceu que o time vai ter altos e baixos na Série B. "A gente tem de assimilar esse resultado. A gente sabe que numa competição dessa, a gente vai oscilar. Perdemos duas partidas seguidas. Estamos oscilando, então vamos ter de voltar a vencer".
O comandante alvinegro, que foi excluído da partida por reclamar da arbitragem, ao não marcar impedimento no segundo gol do ABC, preferiu não culpar o árbitro pela derrota e reconheceu que a equipe precisa melhorar. Ele foi incisivo ao comentar o motivo do revés. "Perdemos na última bola. Pressionamos o adversário, no segundo tempo. Foi um jogo de defesa contra o ataque. O goleiro deles fez várias defesas importantes, acabamos levando o contra-ataque no final. Eles foram eficientes", analisou Sérgio.
Sobre mais uma partida ruim no Estádio Presidente Vargas, o treinador do Ceará não deu espaço para criarem um fantasma. "Eu acho que a gente precisa de calma para analisar esse assunto. Se precisarmos jogar o segundo turno todo aqui no PV, nós vamos ter de jogar e resolver".
Agora, o time alvinegro enfrenta na próxima rodada, sábado, às 16h10, em São Paulo, a Portuguesa. Depois, na quarta-feira, encara o Botafogo, no Rio de Janeiro, pela Copa do Brasil.
Mário Kempes
Subeditor
f

f
Fonte: Diário

Horário eleitoral começa com exclusão de candidatos

PROPAGANDA ELEITORAL

Na TV, candidatos exibem diferenças

20.08.2014

Logo no primeiro dia do Horário Eleitoral Gratuito, fica visível as divergências dentro das próprias coligações


Image-0-Artigo-1683056-1
Domingos Neto, como os demais, fala em frente à foto de Camilo, Dilma e Mauro Filho
Image-1-Artigo-1683056-1
Mauro Benevides, diferente dos outros da coligação, aparece ao lado da imagem só de Eunício, sem Tasso
Image-2-Artigo-1683056-1
O tucano Raimundo trocou a foto de Eunício pela de Aécio
FOTOS: KIKO SILVA
Image-0-Artigo-1683134-1
Eliane Novais, no plenário da Assembleia, ontem, lembrou a trajetória de Eduardo Campos, morto na semana passada, em São Paulo
FOTO: JOSÉ LEOMAR
Image-0-Artigo-1683096-1
Camilo Santana fala para empresários cearenses dentro do projeto do CIC de levar os candidatos para falarem de seus projetos para o Estado
FOTO: TUNO VIEIRA
Image-0-Artigo-1683104-1
Candidato a vice-governador na chapa de Eunício Oliveira, Roberto Pessoa o representa em encontro realizado na manhã de ontem
FOTO: FABIANE DE PAULA
Além das propagandas para presidente da República, os primeiros programas veiculados, ontem, no horário eleitoral gratuito, na televisão, no início da tarde e à noite, também foram destinados à campanha de deputado federal e já revelaram os diferentes entendimentos em cada uma das coligações. Enquanto o PSDB excluiu Eunício Oliveira das inserções para dar espaço a Aécio Neves, parte das legendas aliadas a Camilo Santana ignoraram o nome de Dilma Rousseff.
Hoje, pela primeira vez, vão aparecer os candidatos ao Governo do Estado, ao Senado e a deputado estadual. O primeiro programa eleitoral foi apresentado no rádio, na manhã de ontem, também só com postulantes à Presidência da República e a deputado federal. A propaganda eleitoral no rádio e na televisão vai até o dia 2 de outubro.
O programa de televisão para a disputa dos cargos de deputado federal começou com a propaganda dos candidatos da coligação de apoio a Eunício Oliveira, mas cada uma das legendas apresentou as candidaturas de forma separada, enquanto a aliança de Camilo Santana mesclou a ordem de apresentação dos postulantes de cada legenda aliada.
Apenas com as imagens de Eunício Oliveira e Tasso Jereissati ao fundo, excluindo a imagem de qualquer presidenciável, os deputados federais peemedebistas Mário Feitoza, Danilo Forte e Mauro Benevides apresentaram o que já fizeram durante os últimos quatro anos que justifiquem a reeleição. O vereador Vitor Valim também participou da primeira inserção. Quando Mauro Benevides apareceu (ele é pai de Mauro Filho, candidato ao Senado na chapa de Camilo Santana), desapareceu a imagem de Tasso Jereissati, ficando apenas a de Eunício.
Aécio
Em seguida, apesar de fazer parte da mesma coligação, o PR deu continuidade ao programa com uma identidade visual totalmente diferente da utilizada pelo PMDB. Sem fazer referência a nenhuma candidatura majoritária, a deputada federal Gorete Pereira, na busca de um novo mandato, abriu o programa da legenda listando as bandeiras que defendeu durante os últimos quatro anos na Câmara.
Já o pessoal do PSDB trocou a fotografia de Eunício Oliveira e incluiu a de Aécio Neves, candidato a presidente, ao lado de Tasso Jereissati, postulante ao Senado. O deputado federal Raimundo Gomes de Matos foi quem abiu a parte dos tucanos.
Na propaganda do PSB, nenhum dos candidatos a deputado federal da legenda apareceu neste primeiro programa. O partido preferiu destinar o tempo para que a candidata da agremiação ao Governo do Estado, Eliane Novais, destacasse a importância da eleição proporcional e fizesse uma homenagem a Eduardo Campos. Durante grande parte do espaço destinado aos postulantes à Câmara Federal, a sigla apresentou a trajetória do ex-presidenciável em formato de cordel.
O candidato ao Governo do Estado Camilo Santana (PT) também apareceu no tempo destinado aos postulantes a deputado federal da coligação em que seu partido está inserido para alertar ao eleitorado da importância de formar uma bancada que possa manter diálogo com a presidente Dilma Rousseff.
Os candidatos de cada uma das legendas que formam a coligação se apresentaram em ordem variada em frente a uma imagem composta por Dilma Rousseff, Camilo Santana e Mauro Filho. Durante o programa, quase todos finalizaram o discurso frisando que também estão com os três candidatos aos cargos majoritários, mas alguns, como o suplente de deputado estadual Adail Carneiro (PHS), pediram votos apenas para os postulantes da aliança ao Governo e ao Senado.
Diante da mesma estratégia e identidade visual adotada por todos os candidatos da coligação, a expectativa ficou em cima de como seria a inserção da ex-prefeita Luizianne Lins, mas a candidata a deputada federal não apareceu entre as candidaturas apresentadas. Minutos depois do horário eleitoral ter sido transmitido na televisão, ela publicou na rede social Facebook o vídeo com seu programa, acusando o governador Cid Gomes de tê-la censurado e criticando a direção estadual do PT de ter acatado a suposta censura. O mesmo aconteceu com o deputado federal Eudes Xavier, também fora do horário eleitoral da tarde.
Na inserção, Luizianne Lins e Eudes Xavier desobedecem o padrão visual adotado pelos demais candidatos da coligação. No discurso da ex-prefeita, após destacar seu trabalho à frente da Prefeitura de Fortaleza, ela pede voto apenas para a presidente Dilma Rousseff. Na imagem, porém, há uma pequena referência à candidatura de Camilo Santana ao Governo do Estado. Na de Eudes, nem esta parte aparece.
A coligação entre os sete partidos chamados de nanicos formada exclusivamente para a disputa dos cargos de deputado federal se aproveitou da mesma identidade visual apresentada pela coligação encabeçada por PROS e PT, mas substituíram a imagem da presidente Dilma Rousseff pela fotografia da candidata a vice de Camilo, Izolda Cela. Nos discursos, os candidatos dizem estar apenas com Camilo Santana e Mauro Filho.
Majoritário

Beto Albuquerque será candidato a vice-presidente na chapa de Marina

Beto AlbuquerqueO deputado Beto Albuquerque (PSB-RS) será candidato a vice-presidente na chapa de Marina Silva. A decisão foi tomada durante reunião na tarde desta terça-feira (19) no Recife. Este site já havia antecipado nessa segunda-feira que o deputado gaúcho seria o mais cotado.
Líder do partido na Câmara, ele era um dos aliados mais próximos de Eduardo Campos, que morreu em acidente aéreo no último dia 13. Filiado histórico do PSB, Albuquerque trabalhou desde o início na construção da candidatura do pernambucano. Os dois nomes da nova chapa serão anunciados em reunião do partido nesta quarta (20), em Brasília.
O nome de Beto Albuquerque recebeu o apoio do PSB de Pernambuco e da viúva do ex-governador, Renata Campos. Três nomes do PSB estadual eram cotados para a vaga de vice: o do deputado federal Danilo Cabral, o do ex-deputado Maurício Rands, e o do ex-ministro Fernando Bezerra Coelho, candidato ao Senado. Entre os cotados para vice da ex-senadora estava também a viúva de Campos, Renata, que rejeitou a ideia. Com a decisão, Albuquerque vai renunciar à candidatura ao Senado pelo Rio Grande do Sul. Ele estava em terceiro nas pesquisas.
Fonte: Ceará Agora

Aprece disponibiliza proposta de lei para a utilização de equipamentos do PAC2

segunda-etapa-do-pac-entregara-4-850-retroescavadeiras650x490_2073aicitonp172fu6srd1h991qkcg2t11a15l11A Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) elaborou uma proposta de Lei Municipal com o objetivo de oferecer parâmetros por meio dos quais os municípios beneficiados com o PAC2 possam se planejar, executar e monitorar obras, serviços e benfeitorias realizadas com a utilização dos referidos equipamentos. A proposta atende à Portaria MDA n° 30, de 23 de abril de 2014, referente à utilização dos equipamentos doados aos municípios no âmbito do Programa.
Várias prefeituras contribuíram para aprimorar a minuta de lei, propondo alterações e sugestões ao texto inicial encaminhado no mês de julho. “Considerando a importância de regular a utilização destes equipamentos assim como a necessidade de disponibilizar informações à sociedade quanto à utilização dos mesmos, gostaríamos de agradecer a todos os gestores e técnicos que colaboraram com nossa proposta”, afirmou o presidente em exercício da Aprece, Expedito José do Nascimento.
A entidade está encaminhando aos municípios associados a versão definitiva da Minuta de Lei. A orientação é para que cada gestor adapte o texto da lei à realidade do seu município e em seguida encaminhe o projeto de Lei para apreciação da Câmara Municipal de Vereadores.
Fonte: Ceará Agpra

Cid e Ciro vão a Crateús para Seminário em apoio a Camilo

Cid e CiroO governador Cid Gomes e o ex-ministro Ciro Gomes estiveram em Crateús, no segundo Seminário Regional e Encontro de Lideranças, para discutir questões relevantes do Estado e os projetos da coligação “Para o Ceará seguir mudando”, que tem como candidato a governador o petista Camilo Santana e Mauro Filho, ao Senado.
Na próxima quinta-feira (21), o seminário segue para Russas, contemplando os municípios do Vale do Jaguaribe. Cid Gomes e Ciro Gomes comandam os seminários regionais com a participação de prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos, parlamentares, lideranças políticas e representantes da sociedade civil. No primeiro seminário, realizada na noite desta segunda-feira (18), em Maracanaú, 15 prefeitos da Região Metropolitana além de ex-prefeitos, deputados, vereadores e representantes da sociedade civil participaram do evento.
Fonte: Ceará Agora

Eunício recebe novas adesões

euniciotendaO candidato da coligação  “Ceará de Todos”,  Eunício Oliveira recebeu o apoio nesta terça-feira (19) do prefeito de Uruburetama, Vasconcelos Neto (PSB) e da  prefeita de São Luís do Curu, Danielle Nunes, que é filiada ao Partido Republicano da Ordem Social (Pros), sigla comandada pelo governador Cid Gomes no Ceará.
As adesões aconteceram durante o evento “Vamos Juntos”, realizado no comitê central do candidato na Avenida Barão de Studart. O peemedebista contabiliza, ainda, o apoio da Força Sindical, composta por 68 sindicatos.
As adesões foram destacadas tanto por Tasso quanto por Eunício nos discursos de lançamento do “Vamos Juntos”. “Essa tenda simboliza o sentimento democrático da chapa que conseguimos montar. Vamos nela dialogar com todos os setores da sociedade em plenárias programadas. A população tem que ser ouvida!”, declarou Eunício.
Fonte: Ceará Agora

Vídeo mostra queda do avião de Eduardo Campos

Vídeo mostra queda do avião de Eduardo Campos

'Jornal da Globo' exibiu imagens de uma câmera de segurança que registrou o momento do desastre. Vídeo mostra jatinho caindo de bico e em alta velocidade

Vídeo de câmera de segurança mostra queda de aeronave (à dir., a imagem aproximada e destacada do jatinho)
Vídeo de câmera de segurança mostra queda da aeronave de Campos (à dir., a imagem aproximada e destacada do jatinho)  (Reprodução/TV Globo/VEJA)
Imagens da câmera de segurança de um prédio em construção em Santos registraram a queda de avião que matou o presidenciável Eduardo Campos na semana passada. O vídeo, exibido na noite desta terça-feira pelo Jornal da Globo (veja as imagens no site do jornal), mostra o jatinho que carregava o candidato do PSB à Presidência caindo de bico em alta velocidade e desaparecendo atrás de um edifício. Há um clarão no momento da explosão e, em seguida, uma coluna de fumaça pode ser vista se erguendo no local.

Leia também:
Dispositivo da asa pode elucidar queda do avião de Campos
Caixa-preta não gravou áudio do voo de Campos, diz FAB

Essas são as primeiras imagens registradas do acidente aéreo com o Cessna de Campos e podem ajudar a esclarecer as circunstâncias que provocaram o desastre na última quarta-feira. Além do ex-governador de Pernambuco, a tragédia matou mais seis pessoas – quatro assessores do candidato e os dois pilotos do jatinho.

Segundo o jornal, o vídeo só foi descoberto agora por causa do erro no horário da câmera de segurança. O sistema de monitoramento do prédio em construção marca 11h03 quando o avião de Campos aparece na imagem – o acidente ocorreu por volta das 10h. A câmera que gravou o desastre fica localizada a cerca de 500 metros do local da queda.

Um especialista consultado pelo Jornal da Globo analisou as imagens e estimou que a aeronave tinha uma inclinação de 45 graus no momento da queda, o que indica um mergulho em alta velocidade em direção ao solo. Para o perito, as condições sugerem uma perda de controle do jatinho.

O acidente – O avião de Campos caiu em uma área residencial de Santos depois de partir do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, em direção ao Guarujá. Por causa do mau tempo na região, com chuva, neblina e vento, o piloto decidiu abortar o pouso na Base Aérea de Santos e arremeter. Ao fazer a volta para tentar uma nova aterrissagem, o Cessna caiu, por motivos ainda desconhecidos, no bairro do Boqueirão.

Fonte: VEJA

Roger Abdelmassih, condenado por 52 estupros, é preso no Paraguai

Justiça

Roger Abdelmassih, condenado por 52 estupros, é preso no Paraguai

Condenado a 278 anos de prisão e foragido desde 2011, médico foi preso em Assunção, no Paraguai. Ele era um dos 160 brasileiros na lista da Interpol

Laryssa Borges e Gabriel Castro, de Brasília
Foto 1 / 15
AMPLIAR FOTOS
O ex-médico Roger Abdelmassih, 70, foi preso nesta terça-feira (19) em Assunção, capital do Paraguai. Segundo a Polícia Federal (PF), ele foi encontrado por agentes ligados à Secretaria Nacional Antidrogas do governo paraguaio, com apoio da PF
O ex-médico Roger Abdelmassih, 70, foi preso nesta terça-feira (19) em Assunção, capital do Paraguai. Segundo a Polícia Federal (PF), ele foi encontrado por agentes ligados à Secretaria Nacional Antidrogas do governo paraguaio, com apoio da PF - Secretaria Nacional De Antidrogas do Paraguai/EFE
O médico Roger Abdelmassih, de 70 anos, um dos fugitivos mais procurados do país, foi preso na tarde desta terça-feira na cidade de Assunção, capital do Paraguai. Segundo o Ministério da Justiça, o médico foi detido em uma operação conjunta da Polícia Federal e a Secretaria Nacional Antidrogas paraguaia. 
Abdelmassih será deportado imediatamente pelas autoridades paraguaias por estar na lista da Interpol. Ele chegará ainda nesta terça à cidade fronteiriça de Foz do Iguaçu (PR) e, provavelmente, será transferido para São Paulo.

Foragido da Justiça desde 2011, o médico foi condenado a 278 anos de prisão – foram 52 estupros e 4 tentativas contra 39 mulheres, pacientes de sua clínica especializada em reprodução assistida. De acordo com o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), os crimes foram cometidos entre 1995 e 2008, nas dependências da clínica, localizada em um bairro nobre da capital paulista.

Abdelmassih chegou a ficar preso por quatro meses em 2009, mas foi solto por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF). O então presidente da corte, ministro Gilmar Mendes, havia concedido habeas corpus em favor do médico por considerar que não havia risco à ordem pública. Na avaliação do magistrado, como o registro profissional de Abdelmassih havia sido cassado, não haveria a possibilidade de reiteração dos abusos sobre as pacientes e não seria necessário manter o profissional preso. “A prisão preventiva releva, na verdade, mero intento de antecipação de pena, repudiado em nosso ordenamento jurídico”, disse Mendes na ocasião.
Em 2011, porém, a 2ª Turma do STF reformulou a decisão e cassou a liminar que permitia ao médico responder aos processos em liberdade. Na época, Roger Abdelmassih já era considerado foragido.
O caso – Na decisão de 194 páginas que o condenou, a juíza Kenarik Felippe, da da 16.ª Vara Criminal de São Paulo, narra em detalhes o ocorrido com cada uma das 39 vítimas do médico. Ao longo do processo judicial foram colhidos os depoimentos de 250 testemunhas vindas de São Paulo, Minas Gerais, Paraná , Rio Grande do Norte, Piauí e Rio de Janeiro. O processo tem 37 volumes e 10.000 páginas.

As vítimas de Abdelmassih relataram à Justiça agressões sofridas na sala de consulta e de recuperação da clínica, especialmente após a coleta de óvulos, procedimento inicial para a reprodução assistida. Em muitos casos, as mulheres estavam saindo da sedação quando se viam envoltas pelo médico, que as beijava a boca, o pescoço e os seios, avançando, em mais de 50 casos, para relações sexuais forçadas.

As mulheres contaram ter escondido os episódios em um primeiro momento até mesmo de seus maridos, por vergonha ou medo que eles resolvessem fazer justiça com as próprias mãos. Elas se disseram intimidadas pela fama e o prestígio do médico. Muitas só decidiram denunciar os abusos após os primeiros casos serem divulgados pela imprensa.

A investigação contra Abdelmassih começou em maio de 2008 e veio a público em janeiro de 2009, provocando uma onda de novas denúncias de mulheres contra o médico. De agosto a dezembro do ano passado, ele ficou preso preventivamente, mas foi solto por decisão do Supremo.

A clínica do médico era a mais conceituada em reprodução assistida do país. Abdelmassih foi o responsável pela inseminação artificial de filhos de famosos como Pelé, Tom Cavalcante, Gugu Liberato e Carlos Alberto de Nóbrega.

Leia também: Associação de vítimas caça Roger Abdelmassih pelo mundo
Como Roger Abdelmassih financia há três anos sua fuga da polícia
Fonte: VEJA