Buscar

04 julho 2014

Neymar fratura vértebra em Fortaleza e está fora da Copa do Mundo

DESFALQUE

Neymar fratura vértebra em Fortaleza e está fora da Copa do Mundo

Redação Web | 20h34 | 04.07.2014

O atacante foi diagnosticado com fratura o apófise espinhosa da vértebra L5 e está fora do Mundial

Mesmo com a vitória do Brasil sobre a Colômbia nesta sexta-feira (4), o clima na Seleção Brasileira é de preocupação. O atacante Neymar foi diagnosticado com fratura no apófise espinhosa da vértebra L5 na noite desta sexta-feira (4) e está fora da Copa do Mundo.
Neymar foi levado às pressas, logo após o jogo, para o Hospital São Carlos, no bairro Dionísio Torres depois que levou uma joelhada nas costas do lateral colombiano Zuñiga e saiu do gramado de maca, chorando bastante.
Neymar chegou por volta das 20h escoltado por carros e motos oficiais na unidade hospitalar. O jogador foi colocado em uma maca e levado às pressas para o interior do hospital. Acompanhava ele o médico da Seleção Brasileira, José Luis Runco.
Na coletiva de imprensa após o jogo, Felipão se mostrou preocupado. "Não estamos esperançosos pela lesão. Neste momento, acho pouco provável que o Neymar tenha condições". O próximo jogo acontece na terça, dia 8, às 17h, no Mineirão, em Belo Horizonte.
Neymar
Foto: Eduardo Queiroz

Neymar fratura a vértebra e está fora da Copa do Mundo

Neymar fratura a vértebra e está fora da Copa do Mundo

Atacante levou uma joelhada nas costas e acabou levado para se examinado no hospital
Neymar levou pancada nas costas no segundo tempo e precisou ser substituído; o camisa 10 foi levado a um hospital após a partida (© Reuters)
Neymar levou pancada nas costas no segundo tempo e precisou ser substituído; o camisa 10 foi levado a um hospital após a partida
Neymar está fora da Copa do Mundo. O jogador fraturou a vértebra depois de tomar uma pancada nas costas de Zuñiga. O camisa 10 deixou o campo de maca e depois foi levado para o Hospital São Carlos, em Fortaleza, onde foi confirmada a lesão.

LEIA MAIS
Zagueiros craques decidem, Brasil vence e avança
Brasil vence, mas não escapa das brincadeiras na internet; veja memes
Confira as gatas que animaram a torcida do Brasil no Castelão
Antes de ser cofirmada a fratura, o técnico Felipão já não estava esperançoso com a volta do atacante. "Pelo que vi, é difícil ele jogar. E aí eu pergunto: nem cartão amarelo? O Thiago vai passando diante do goleiro e recebe", disse o treinador na entrevista coletiva após o jogo.
"Todo mundo sabia que seria caçado. Mas ninguém acha que isso é verdade. Só os jogadores da Alemanha e dos outros times são caçados", afirmou Felipão, em tom irônico.
O lance da lesão aconteceu já aos 41 minutos do segundo tempo. Após bola afastada da defesa brasileira, Neymar foi para dominar e acabou tomando uma joelhada nas costas de Zuñiga. Ele foi imediatamente substituído por Henrique e deixou o campo com a mão no rosto. O camisa 10 deixou o estádio chorando muito.
"Ele foi primeiro para a clínica do estádio. Foi encaminhado para uma clínica com o Doutor Runco. Ele foi fazer uma série de exames. Ficou chorando de dor. Não será fácil uma recuperação. Pelo que o doutor nos passou, e a dor que ele sente, e sendo coluna, vamos ver e esperar", explicou o treinador.
Neymar é a segunda baixa de Felipão. O comandante brasileiro já não poderá contar com o seu capitão, já que Thiago Silva tomou cartão amarelo, o segundo dele na Copa, e está suspenso para o jogo diante da Alemanha.

Neymar está fora da Copa do Mundo

Neymar sofre fratura na vértebra, está fora da Copa, mas segue com o grupo

Camisa 10 foi avaliado em hospital de Fortaleza após sofrer pancada de colombiano e recebeu diagnóstico de lesão grave. Apesar disso, craque continuará com a delegação


O choro não era à toa. Neymar sofreu uma fratura na terceira vértebra lombar após sofrer uma joelhada do colombiano Zúñiga, nas costas, pouco antes do final do segundo tempo, e está fora da Copa do Mundo. O jogo terminou com vitória do Brasil, por 2 a 1, e classificação para a semifinal, mas ficar sem o jogador para o restante do Mundial é uma grande derrota para a equipe e o torcedor brasileiro.
Apesar do drama, o jogador segue com o grupo e vai usar uma cinta. A primeira previsão seria de quatro a seis semanas necessárias para a recuperação. No entanto, ainda há a necessidade de se verificar todos os resultados dos exames feitos pelo camisa 10.
- É uma fratura que evolui. Não tem condição de jogar na próxima semana. São poucas semanas para recuperação. Terceira vértebra lombar, no processo transverso. Tempo nós vamos ver depois. Primeiro momento é fazer o diagnóstico e vamos ver o que vai acontecer. Precisamos do resultado desses exames - afirmou Rodrigo Lasmar, médico da CBF.
Primeiro, Neymar foi examinado na clínica do estádio, segundo o próprio Felipão. Depois, acabou sendo encaminhado com o doutor José Luiz Runco para uma clínica particular. Ele saiu de campo na maca, chorando bastante, sem sequer conseguir andar nos primeiros momentos, e foi avaliado no Hospital São Carlos, na zona norte de Fortaleza, onde chegou também chorando, de maca, e já com medicamento na veia.
- Sabendo agora realmente que ele está fora, é uma tristeza enorme. A gente sabe quanto o Ney queria brilhar nessa Copa, o quanto ele se sente feliz levando alegria para o povo brasileiro. Fui pego de surpresa, a tristeza é enorme e é até difícil falar, porque é um garoto espetacular. Acho que o Neymar, se tivesse que mandar um recado para a gente, diria "Galera, bola para a frente que eu quero estar lá no dia 13 com vocês". Ele é um garoto espetacular, simples e que ensina muito para a gente todo dia. Mas não estou acreditando até agora que o Ney não vai jogar na terça-feira. Se eu pudesse, queria dar um abraço e um beijo nele agora - afirmou o goleiro Julio César.
Neymar machucado jogo Brasil x Colômbia (Foto: AP)Neymar saiu chorando, na maca, após sofrer pancada nas costas durante Brasil x Colômbia (Foto: AP)

Além do desfalque de Neymar, a Seleção não contará com o seu capitão, Thiago Silva, na próxima partida, a semifinal do Mundial, contra a Alemanha, na próxima terça-feira, às 17h, no Mineirão, em Belo Horizonte.. O zagueiro levou o seu segundo cartão amarelo no Mundial e terá que cumprir uma suspensão automática na partida contra os alemães.

"Chorado": jornais estrangeiros frisam outra classificação "sofrida" do Brasil

"Chorado": jornais estrangeiros frisam outra classificação "sofrida" do Brasil

Olé, da Argentina, ironiza com frase da famosa música da torcida dos hermanos: "Siguem llorando", ou seja, "seguem chorando". Colombianos exaltam sua equipe


"Sofrido" e "chorado" foram alguns dos adjetivos de jornais estrangeiros para classificar o modo como o Brasil se classificou para as semifinais da Copa do Mundo. O argentino "Olé" fez até um trocadilho com a música que os torcedores (e jogadores) do país vêm cantando no Mundial: "Seguem chorando".
Olé - Brasil x Colômbia (Foto: Reprodução/Olé)Jornal argentino ironizou o choro do Brasil (Foto: Reprodução/Olé)

A "provocação" é por conta das reclamações de Felipão com a arbitragem e do choro, literal, de Neymar, que deixou o campo em lágrimas após pancada nas costas. O jornal destacou ainda "um aplauso para a equipe de José (Pekerman)", treinador argentino que comandou a Colômbia nesta surpreendente campanha no Mundial.
A própria imprensa colombiana é só elogios à equipe. No "Diário ADN", "Colômbia sai de cabeça erguida". Já no "El Heraldo", "Colômbia lutou; com mérito, sai do Mundial ao perder por 2 a 1 para o Brasil". No "El Pais", "Obrigado, meninos". O "El Tiempo" destaca a "melhor da história" com a hashtag "#ColombiaTeAmo".
Na Europa, o tom não foi tão provocador quanto o argentino, mas também questionou o fato de a seleção brasileira, novamente, ter suado para se classificar. No Marca, da Espanha: "Brasil vai às semis sofrendo". O Daily Mail da Inglaterra, por sua vez, destaca que foi uma "vitória feia" contra a Colômbia nestas quartas de final.
Fonte: G1

NA VIBRAÇÃO DE ZAGUEIROS, SELEÇÃO VENCE E PEGA ALEMÃES NA SEMI

NA VIBRAÇÃO DE ZAGUEIROS, SELEÇÃO VENCE E PEGA ALEMÃES NA SEMI
Seleção deixa tensão para trás, joga mais equilibrada e avança com gols e boa atuação de Thiago Silva e David Luiz, mas se preocupa com Neymar
Quando uma criança chora, às vezes nem se sabe o motivo. Pode ser sono, fome, dor, mas logo vem o acalanto. É irresistível ninar um chorão. Que privilegiados esses jogadores. Foram ninados por mais de 60 mil pessoas na vitória por 2 a 1 sobre a Colômbia. Com esse "abraço" da Arena Castelão, a Seleção deixou a tensão para trás e vibrou no tom dos zagueiros Thiago Silva e David Luiz, autores dos gols brasileiros. Só restaram lágrimas para Neymar, por causa de uma joelhada nas costas que o tirou de campo quase no fim e deixa o Brasil preocupado, e James Rodriguez, derrotado, mas artilheiro da Copa do Mundo até agora, com seis gols.
O Castelão embalou a Seleção. No massacre do primeiro tempo em que o rival não viu a cor da bola, e no dramático segundo, que teve gol colombiano anulado e o cartão amarelo que tirou Thiago Silva da semifinal contra a Alemanha, terça-feira, no Mineirão. Uma molecagem cara em meio à sua brilhante atuação.
Thiago Silva gol jogo Brasil x Colômbia (Foto: Reuters)Thiago Silva aponta par ao escudo e comemora o primeiro gol: "Isso aqui é Brasil" (Foto: Reuters)
A partida mostrou “crianças” cheias de autoestima depois da sofrida experiência contra o Chile e dos cuidados especiais de Felipão, Parreira, da psicóloga Regina Brandão. As lágrimas, tão julgadas e criticadas, conquistaram o torcedor, além da vibração, expressada com seu maior vigor por David Luiz, autor do segundo gol, em cobrança de falta, e eleito o melhor em campo.
Não é exagero: o público também jogou bem. Mudou até a canção de ninar. Os jogadores deixaram de ser embalados pelo cansativo “com muito orgulho, com muito amor”, e ganharam canções mais animadas, que falam até dos mil gols de Pelé e avisam: “Brasil vai ser campeão”. Já era hora.
Contra a poderosa e tradicional Alemanha, em Belo Horizonte, na terça-feira que vem, às 17h (de Brasília), a Seleção vai para o penúltimo capítulo desse livro que começou a ser escrito há 64 anos, no Maracanazo uruguaio, e ainda espera pelo final feliz.
David Luiz gol jogo Brasil x Colômbia (Foto: Getty Images)David Luiz abre o berreiro e comemora o segundo gol do Brasil (Foto: Getty Images)
Monstro!
Esqueçam-se daquele Thiago Silva abalado e sentado sobre a bola. O apelido de monstro foi pouco para explicar seu primeiro tempo. Antes de a bola rolar, com os punhos cerrados, ele ligou seus amiguinhos na mais alta voltagem. No escanteio cobrado por Neymar, aproveitou falha de marcação e abriu o placar. Festejou como um menino eufórico. “Isso aqui é Brasil”, gritou pelo gramado enquanto corria com os dedos apontados ao papai do céu: “Obrigado por tudo”.
Thiago Silva gol jogo Brasil x Colômbia (Foto: Reuters)Thiago Silva completa de joelho para o fundo da rede observado por Ospina (Foto: Reuters)
Nem quando a turma de vermelho se agigantou, o capitão sucumbiu. Eram quatro colombianos contra dois brasileiros, mas Thiago cortou o passe de Cuadrado para Téo Gutierrez. Quase outro gol.
Num passe de primeira que clareou todo o lance, James Rodríguez mostrou do que era capaz se ficasse livre. Não ficou. Com direito a faltas mais duras, Fernandinho tomou conta do craque. O volante teve ótima atuação na etapa inicial, conduzido pelos gritos ensurdecedores da galera. Não fossem as boas defesas do goleiro Ospina e a falta de capricho nas finalizações de Hulk, que vestiu a roupa do super-herói e cresceu, a vitória seria mais tranquila.
fernandinho brasil  james rodriguez Colômbia Arena Castelão (Foto: Agência Reuters)Fernandinho cuida de James Rodriguez, com Thiago Silva na cobertura (Foto: Agência Reuters)
Observação importante: não basta ser acalentada, a criança tem de aprender a lição. O Brasil teve cobrança de lateral no campo de defesa, e Marcelo quicou a bola no chão como se fosse para um lance livre de basquete. Arremessou para longe. O gol do Chile deixou marcas. Que bom.

Drama!

Era natural que a Colômbia pressionasse no segundo tempo. Os meninos, que até então haviam apresentado o melhor futebol da Copa, tinham muito mais a mostrar. Compactos, tiraram o sossego do Brasil e se fez o drama. Primeiro no cartão amarelo para Thiago Silva, que atrapalhou a reposição de Ospina e mandou para o gol. Felipão levou as mãos ao rosto e pronunciou uma palavra que crianças não devem repetir. A seleção vai sem o capitão contra a Alemanha.
David Luiz gol jogo Brasil x Colômbia (Foto: Reuters)David Luiz vibra muito com o segundo gol do Brasil sobre a Colômbia (Foto: Reuters)
O gol anulado de Yepes, após marcação de impedimento, também assustou. E lá estava a torcida a proteger seus filhos dos perigos. Não há quem assimile mais a paixão do país do que David Luiz. Talvez isso o tenha inspirado a acertar o ângulo em cobrança de falta. Um golaço! Último titular a fazer gols pela Seleção, marcou pela segunda vez seguida. E riram quando Pelé falou que a Seleção tinha uma defesa melhor do que o ataque...
James Rodriguez Colômbia gol Brasil Arena Castelão (Foto: Agência Reuters)James Rodriguez leva a bola diante Thiago Silva:
adeus do artilheiro até aqui (Foto: Agência Reuters)
Maicon errou no meio de campo, e Julio César fez pênalti em Bacca. James marcou seu sexto gol na Copa do Mundo. Não fará outros. A Colômbia pressionou, assustou, arrancou lágrimas e mais lágrimas de seus orgulhosos torcedores, mas voltará para casa. Coberta de aplausos, certamente.
Mas, antes do fim, alguém da Seleção voltou a derramar lágrimas. Neymar sofreu uma joelhada nas costas de Zuniga, aos 41 minutos, saiu de maca aos prantos e preocupa.
Neymar machucado jogo Brasil x Colômbia (Foto: AFP)Marcelo se desespera com choro de Neymar no chão, machucado nas costas (Foto: AFP)
O Brasil resistiu, superou o drama de duas eliminações seguidas nas quartas de final, por França em 2006 e Holanda em 2010. Se os alemães estão curtindo tanto a Copa no Brasil, chegou a hora de curtirem um pouco do futebol brasileiro. Será histórico.
Fonte: G1


James agradece apoio de brasileiros: "Disseram que eu era bom jogador"

James agradece apoio de brasileiros: "Disseram que eu era bom jogador"

Meia foi abraçado por Daniel Alves e David Luiz após não segurar o choro na eliminação da Colômbia nas quartas. Ele falou do orgulho pela campanha


Daniel Alves david luiz Brasil e James rodriguez Colombia Arena Castelão (Foto: Agência Reuters)James recebeu apoio de David Luiz e Daniel
Alves após a derrota (Foto: Agência Reuters)
Protagonista da campanha histórica da Colômbia na Copa do Mundo, James Rodríguez foi o jogador que ficou mais abatido com orevés para o Brasil, por 2 a 1, nas quartas de final, no Castelão, nesta sexta-feira. Chorando muito após a derrota, o meia de 22 anos recebeu o apoio de David Luiz e Daniel Alves, algo que pôde diminuir sua tristeza, segundo o próprio jogador.
- Me disseram que eu era um bom jogador. E a verdade é que tantos craques me abraçando, isso me deixa feliz, mas fica isso. Vamos levantar a cabeça e obrigado também a Colômbia por isso - disse James.
Apesar do choro com a eliminação, o meia se preocupou em destacar a campanha do time na Copa. Com as quartas de final, eles alcançaram o melhor desempenho da história da seleção no torneio.
- Estamos tristes porque queríamos seguir. Demos tudo para poder chegar à semifinal, mas temos que nos sentir orgulhosos, porque fizemos um excelente papel - ressaltou o colombiano.
O Brasil encara a Alemanha na semifinal, na terça-feira. O jogo será no Mineirão, em Belo Horizonte, às 17h.
Fonte: Sport TV

James Rodríguez chora após derrota e é consolado por David Luiz

James Rodríguez chora após derrota e é consolado por David Luiz

Laterais Daniel Alves e Marcelo também apoiam o craque colombiano, artilheiro da Copa do Mundo até o momento com seis gols, no Castelão


Assim que o árbitro espanhol Carlos Velasco apitou o fim da partida no Castelão, com vitória do Brasil sobre a Colômbia por 2 a 1, o meia James Rodríguez não escondeu a tristeza e desabou em lágrimas. Decepcionado com a eliminação, o colombiano chorou bastante, mas logo recebeu o apoio do zagueiro brasileiro David Luiz. Em um gesto bonito, o camisa 4 da Seleção consolou o craque rival e lhe deu um abraço. Ao fim do gesto, os dois jogadores trocaram as camisas.
Outros dois brasileiros se mostraram solidários ao sofrimento de James Rodríguez no gramado. O lateral-direito Daniel Alves, que ficou na reserva, entrou em campo e conversou com o meia colombiano. De passagem, Marcelo também apoiou o camisa 10, artilheiro da Copa do Mundo até o momento com seis gols.
- Levanta a cabeça, levanta a cabeça - repetiu o lateral-esquerdo do Real Madrid.
Após passar pela Colômbia, o Brasil terá pela frente a Alemanha, que bateu a França por 2 a 1, no Maracanã, também nesta sexta-feira. As duas equipes se enfrentam na próxima terça-feira, às 17h, no Mineirão, em Belo Horizonte. A TV Globo, o SporTV e o GloboEsporte.com transmitem a partida ao vivo. O site também acompanha o jogo em Tempo Real.
Fonte: G1

David Luiz passa James Rodriguez em ranking da Fifa

Jogador de futebol David Luiz

David Luiz passa James Rodriguez em ranking da Fifa

O melhor jogador da Copa do Mundo até o fim das oitavas de final é o zagueiro brasileiro David Luiz, segundo índice de rendimento da Fifa


Rio de Janeiro - Em meio a grandes exibições de goleiros, atuações decisivas de atletas importantes como Lionel Messi e James Rodríguez, o melhor jogador da Copa do Mundo até o fim das oitavas de final é um defensor, o zagueiro brasileiro David Luiz, segundo índice de rendimento da Fifa.
O camisa 4 da seleção brasileira tem uma pontuação de 9,79 e deixou para trás James Rodríguez.
Artilheiro da Copa e autor de dois gols na vitória sobre o Uruguai por 2 a 0, no último sábado, o colombiano tem 9,74 pontos.
A defesa da equipe de Luiz Felipe Scolari está bem representada, já que Thiago Silva aparece em sétimo lugar.
Outro brasileiro na lista é o atacante Neymar, em sexto, cinco posições à frente do argentino Lionel Messi, seu companheiro no Barcelona.
Apesar de seu grande desempenho diante da "Celeste", Rodríguez caiu para a segunda posição.
O atleta do Monaco é o primeiro a marcar gols em todas as quatro primeiras partidas de sua seleção desde Ronaldo e Rivaldo em 2002.
Os 12 primeiros colocados do índice de rendimento da Fifa na Copa do Mundo são os seguintes:
PosiçãoJogadorSeleçãoPontuação
1David LuizBrasil9.79
2James RodríguezColômbia9.74
3Karim BenzemaFrança9.70
4Arjen RobbenHolanda9.66
5Jan VertonghenBélgica9.62
6NeymarBrasil9.59
7Thiago SilvaBrasil9.56
8Ivan PerisicCroácia9.53
9Johan DjorouSuíça9.50
10Thomas MüllerAlemanha9.48
11Lionel MessiArgentina9.45
12Ángel di MaríaArgentina9.43

Fifa elege David Luiz como melhor jogador do Mundial até oitavas

EFE / David Luiz chora após a classificação do Brasil nos pênaltis diante do Chile

Fifa elege David Luiz como melhor jogador do Mundial até oitavas

Zagueiro brasileiro supera francês Benzema e colombiano James Rodriguez em ranking dos jogadores com melhor performance no Mundial
O melhor jogador da Copa do Mundo, após a disputa das oitavas de final, é o zagueiro brasileiro David Luiz. Essa é uma conclusão da Fifa, que organiza em parceria com um patrocinador, um ranking de performance dos atletas.
Em quatro jogos, David Luiz recuperou a posse de bola em 24 oportunidades, acertou 77,9% dos passes e marcou um gol, contra o Chile. Em terceiro lugar ao final da primeira fase, o defensor brasileiro ultrapassou o meio-campista colombiano James Rodríguez, ex-líder e atual goleador da competição.
Mesmo com dois gols diante do Uruguai, Rodríguez caiu uma posição. Ele está à frente do atacante francês Karim Benzema.
A relação dos dez primeiros conta com mais dois brasileiros. O atacante Neymar subiu da oitava para a sexta posição, enquanto o zagueiro Thiago Silva passou de nono a sétimo.

O chileno Claudio Bravo é apontado como melhor goleiro. Na seleção ideal, formada pelos melhores de cada posição, não há espaço para Neymar, nem para o argentino Lionel Messi.
Veja abaixo a relação dos dez melhores:
1º - David Luiz, zagueiro, Brasil, 9,79
2º - James Rodríguez, meia, Colômbia, 9,74
3º - Karim Benzema, atacante, França, 9,7
4º - Arjen Robben, atacante, Holanda, 9,66
5º - Jan Vertonghen, lateral, Bélgica, 9,62
6º - Neymar, atacante, Brasil, 9,59
7º - Thiago Silva, zagueiro, Brasil, 9,56
8º - Ivan Perisic, meia, Croácia, 9,53
9º - Johan Djourou, zagueiro, Suíça, 9,5
10º - Thomas Müller, atacante, Alemanha, 9,48


Neymar sai de campo chorando e vai para hospital fazer exames


Brasil e Colômbia jogam no Castelão pelas quartas de final61 fotos

55 / 61
Neymar deixa o gramado de maca chorando, após dividida na vitória do Brasil por 2 a 1 contra a Colômbia Leia mais Flávio Florido/UOL

O jogador saiu do estádio a caminho do hospital por volta das 19h10. O nome do local para o qual Neymar foi encaminhado ainda não foi confirmado.
O atacante Neymar saiu do campo chorando pouco antes do final do jogo contra a Colômbia, pelas quartas de final da Copa. O atacante se chocou com Zuñiga, sendo atingido por uma joelhada na lombar. Neymar foi substituído pelo zagueiro Henrique, no momento em que o Brasil já vencia por 2 a 1.Ele foi encaminhado ao hospital para fazer exames, de acordo com a assessoria de imprensa da Confederação Brasileira de Futebol.
Neymar deixou o campo do Mineirão após a partida contra o Chile, no último sábado, sentindo dores na coxa esquerda e no joelho direito. Ele trabalhou sua recuperação durante a semana para atuar contra a Colômbia.

Após queixas, Conar avalia volta do comercial com Compadre Washington

Após queixas, Conar avalia volta do comercial com Compadre Washington

Cem consumidores reclamaram da recomendação de tirar o filme do ar. Conselho havia considerado termo 'ordinária' desrespeitoso para mulheres.


Propaganda do site Bom Negócio (Foto: Reprodução/YouTube)Propaganda do site Bom Negócio
(Foto: Reprodução/YouTube)
A pedido de cem consumidores, o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) irá reavaliar sua própria decisão sobre a propaganda do Bom Negócio, com a participação do compadre Washington.
No final de maio, a entidade recebeu críticas de 50 pessoas - a maioria mulheres - sobre o comercial, considerado "desrespeitoso" porque o cantor fazia uso de seu famoso bordão "Sabe de nada, inocente". Na ocasião, o conselho recomendou que esse trecho do comercial fosse alterado.
A expressão considerada ofensiva é "ordinária", dita pelo cantor no meio da propaganda. No filme, Washington desaparece antes de terminar de falar a palavra. O Conar entendeu, porém, que o termo ficava "perfeitamente compreensível" para o público.
Nesta semana, depois de receber reclamações de consumidores que discordaram da recomendação de proibir a veiculação do comercial - argumentando que o filme era bem humorado - o Conar decidiu recorrer da decisão de primeira instância dos seus conselheiros.
A previsão é que o recurso seja julgado - por conselheiros diferentes - no início de agosto. Enquanto isso, de acordo com o Conar, a recomendação anterior fica valendo, ou seja, o comercial, da forma como foi ao ar, não pode ser exibido.
Quando o Conar divulgou sua primeira decisão, o site Bom Negócio informou que aguardaria a notificação do órgão para tomar as devidas providências.
A atual campanha do Bom Negócio, em exibição em rede nacional, traz o ex-jogador Diego Maradona. No comercial, o argentino vira uma poltrona falante e aparece provocando os  torcedores brasileiros e gritando as frases "Somos los mejores en el mundo", e "Argentina! Argentina!" "Argentina! Argentina!", repetidamente, até sumir da tela. Na peça, o "Eta mainha" de Compadre Washington vira nas palavras de Maradona "Ay, mamita querida".
Fonte: G1

Dilma cresce em época de jogos do Mundial

DATAFOLHA

Dilma cresce em época de jogos do Mundial

04.07.2014

Intenção de voto na atual presidente subiu quatro pontos percentuais no período de um mês


São Paulo. Durante a Copa do Mundo, as intenções de voto na presidente Dilma Rousseff (PT) subiram de 34% para 38%, segundo o Datafolha. De acordo com a pesquisa, publicada ontem no jornal Folha de São Paulo, o Mundial parece exercer influência nos brasileiros na avaliação do governo, expectativas com inflação e poder de compra.
A variação da presidente no período da Copa foi a maior entre os seus adversários. Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) cresceram dentro da margem de erro, respectivamente, um ponto percentual e dois pontos percentuais. Na pesquisa espontânea, Dilma foi de 19% para 25%. E a aprovação do governo variou de 33% para 35%.
"Não vejo avanço (de Dilma na pesquisa). Analisada de forma mais ampla, o que percebemos é que o estreitamento na diferença levará ao segundo turno, mesmo (Dilma) tendo 100% de conhecimento por parte do eleitorado, o que não acontece com os candidatos de oposição. Essa pesquisa é muito positiva para a oposição", disse Aécio. Integrantes da campanha do PSDB atribuem à Copa o crescimento de Dilma, mas eles acreditam que, após o torneio, o país voltará à realidade e a petista cairá.
Eduardo Campos (PSB) afirmou que ainda há um grande nível de desinteresse da população no pleito. "Quando a sociedade começar a debater a sucessão, souber que eu e Marina (Silva, sua vice) estamos juntos em tornos de ideias que vão mudar o Brasil, nós vamos ganhar a eleição", disse Campos.
Já o governo Dilma avalia que o crescimento mostra que a ansiedade pré-Copa estava afetando negativamente a imagem da petista e de seu governo. Segundo assessores, o êxito do torneio dissipou a "impressão negativa criada pela mídia" e está melhorando a avaliação da presidente e de sua gestão. Para o ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência), não se pode "valorizar a pesquisa nem quando é boa, nem quando é ruim". "Agora dizer que não nos alegra é bobagem também".
Copa
A proporção de eleitores favoráveis à Copa no Brasil subiu de 51% para 63% em 30 dias. O orgulho com o Mundial cresceu de 45% para 60%. Sobre as ofensas à presidente durante a abertura do Mundial, em 12 de junho, quando torcedores xingaram-na no Itaquerão, em São Paulo, 76% afirmaram que as pessoas agiram mal. Para 17%, os torcedores agiram bem.
Quanto aos impactos da Copa traz para o País, 46% consideram que o evento traz mais prejuízos dos que benefícios, enquanto 45% veem mais benefícios do que prejuízos. 9% não responderam. O levantamento foi feito em 1º e 2 de julho com 2.857 pessoas em 177 municípios. A pesquisa foi registrada no TSE e tem margem de erro de 2 pontos percentuais.
d
Fonte: Diário