Buscar

11 maio 2014

Polícia prende suspeito de matar e esquartejar três pessoas no Ceará

Polícia prende suspeito de matar e esquartejar três pessoas no Ceará

Três corpos foram encontrados na sexta-feira (9) na casa do suspeito. Suspeito foi preso no sábado (10) e é ex-presidiário


Uma das covas encontradas na casa do suspeito (Foto: TV Diário/Reprodução)Uma das covas encontradas na casa do suspeito
(Foto: TV Diário/Reprodução)
A Polícia Militar de Baturité, no Ceará, prendeu neste sábado (10) o ex-presidiário suspeito de matar e esquartejar três pessoas. Segundo as investigações, dois dos corpos estavam enterrados em covas rasas na casa do suspeito, o terceiro foi encontrado em um túmulo violado em um cemitério da cidade.
De acordo com a Polícia Militar, o único corpo identificado estava em um saco plástico dentro de uma cova do cemitério São Miguel, a poucos metros da casa do suspeito. Segundo o relato de vizinhos à polícia, o suspeito tinha o hábito de caminhar pelo cemitério a noite. A vítima, Pedro Pereira da Silva, de 48 anos, estava desparecido há 13 dias
As outras duas vítimas estavam enterradas também em sacos plásticos, mas na sala e no banheiro da casa em que o suspeito morava. O delegado regional de Baturité abriu inquérito para investigar, o suspeito já havia sido preso por roubo e furto.
Fonte: G1

Mãe vai à passeata por morta em linchamento: 'Estou com muita dor'

Mãe vai à passeata por morta em linchamento: 'Estou com muita dor'

Raimunda Maria de Jesus destaca sentimento com ausência de Fabiane.
Cerca de 100 pessoas participaram da manifestação em Guarujá, SP.


Mãe de Fabiane esteve presente em passeata homenageando a filha (Foto: Guilherme Lucio/ G1)Mãe de Fabiane esteve presente em passeata homenageando a filha (Foto: Guilherme Lucio/ G1)
Cerca de 100 pessoas participaram de uma passeata que homenageou a dona de casa Fabiane Maria de Jesus, de 33 anos, que morreu nesta segunda-feira (5), dois dias após ser espancada por populares em uma comunidade de Guarujá, no litoral de São Paulo. O ato ocorreu na tarde deste domingo (11), na mesma cidade, e durou aproximadamente uma hora e 30 minutos.

Investigação do 4º suspeito no caso Bernardo foi 'fundamental', diz polícia

Investigação do 4º suspeito no caso Bernardo foi 'fundamental', diz polícia

Evandro Wirganovicz foi preso no sábado por suspeita de participação.
Segundo polícia, homem estava sendo investigado desde o início do caso.

Evandro foi preso neste sábado (10) em Frederico Westphalen (Foto: Fábio Pelinson/Jornal O Alto Uruguai)Evandro foi preso neste sábado (10) em Frederico Westphalen (Foto: Fábio Pelinson/Jornal O Alto Uruguai)
A Polícia Civil do Rio Grande do Sul avaliou neste domingo (11) que Evandro Wirganovicz, irmão da assistente social Edelvania Wirganovicz, suspeita da morte do menino Bernardo Boldrini, de 11 anos, preso na tarde de deste sábado (10), foi "fundamental" para a investigação do caso.
Ele é suspeito de participação ou ocultação de cadáver. Entretanto, os delegados só irão se pronunciar na terça-feira (13), após a entrega do inquérito policial. "Evandro foi fundamental para a investigação. Ele estava sendo investigado desde o início", disse um assessor da Polícia Civil.
O mandado de prisão foi cumprido em Frederico Westphalen, na Região Norte do Rio Grande do Sul. Ainda de acordo com a polícia, o homem já havia sido ouvido como testemunha. Após a prisão, entretanto, ele prestou depoimento por cerca de 40 minutos na condição de investigado.
A prisão do novo suspeito é de caráter temporário, por 30 dias. Além de Edelvania, o pai da criança, Leandro Boldrini, e a madrasta, Graciele Ugulini, também estão presos desde o dia 14 de abril, mesma data que o corpo do menino foi encontrado em uma cova em Frederico Westphalen. A cidade fica a cerca de 80 km de Três Passos, onde o menino morava. Ele estava desaparecido desde 4 de abril. De acordo com a assessoria da delegacia, os três suspeitos do crime serão indiciados por homicídio triplamente qualificado, já que a morte foi consumada.
Procurado pelo G1 neste domingo (11), o advogado de Evandro disse que só irá se manifestar novamente sobre o caso nesta segunda-feira (12), em coletiva. Na noite de sábado, ele divulgou o conteúdo de uma carta de Edelvania, também sua cliente, em que ela inocenta o irmão de envolvimento no caso.
A prisão temporária foi decretada pelo juiz Fernando Vieira dos Santos, da Comarca de Três Passos, na Região Noroeste. Conforme o magistrado, o terreno onde o corpo de Bernardo foi encontrado é de difícil escavação, o que pode indicar a presença de um homem além de Edelvania e a madrasta do garoto, Graciele Ugulini. Além disso, testemunhas apontaram a presença do suspeito nos arredores do local onde o cadáver foi encontrado dias antes do crime.
O documento foi escrito de dentro da Penitenciária Feminina de Guaíba, na Região Metropolitana de Porto Alegre, onde ela está detida, e entregue ao advogado dela, Demetryus Eugenio Grapiglia.
“A Edelvânia diz que ele não ajudou a abrir a cova e faz um pedido ao juiz para que ele libere o Evandro, pois não tem participação alguma na morte do Bernardo”, disse o advogado ao G1 no sábado.
Nesta semana, o órgão solicitou um novo depoimento do pai. Ele pode ser submetido ao detector de mentiras.
Bernardo Boldrini Três Passos (Foto: Reprodução/RBSTV)Bernardo foi encontrado morto no dia 14 de abril,
após passar 10 dias desaparecido
(Foto: Reprodução/RBSTV)
Entenda
Conforme alegou a família, Bernardo teria sido visto pela última vez às 18h do dia 4 de abril, quando ia dormir na casa de um amigo, que ficava a duas quadras de distância da residência da família. No domingo (6), o pai do menino disse que foi até a casa do amigo, mas foi comunicado que o filho não estava lá e nem havia chegado nos dias anteriores.
No início da tarde do dia 4, a madrasta foi multada por excesso de velocidade. A infração foi registrada na ERS-472, em um trecho entre os municípios de Tenente Portela e Palmitinho. Graciele trafegava a 117 km/h e seguia em direção a Frederico Westphalen. O Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) disse que ela estava acompanhada do menino.
"O menino estava no banco de trás do carro e não parecia ameaçado ou assustado. Já a mulher estava calma, muito calma, mesmo depois de ser multada", relatou o sargento Carlos Vanderlei da Veiga, do CRBM. A madrasta informou que ia a Frederico Westphalen comprar um televisor.
O pai registrou o desaparecimento do menino no dia 6, e a polícia começou a investigar o caso. Na segunda-feira (14), o corpo do garoto foi localizado. De acordo com a delegada responsável pela investigação, o menino foi morto por uma injeção letal, o que ainda precisa ser confirmado por perícia. A delegada diz que a polícia tem certeza do envolvimento do pai, da madrasta e da amiga da mulher no sumiço do menino, mas resta esclarecer como se deu a participação de cada um.
Fonte: G1

Vídeo - População de Baturité revoltada tenta linchar acusado por mortes

Foto: Assassinatos em Baturité:
 Situação lamentável minutos atrás populares revoltados apedrejaram viaturas e policiais quebrando porta da delegacia na saída do assassino


Polícia prende suspeito de matar e esquartejar 3 pessoas no Ceará

Polícia prende suspeito de matar e esquartejar 3 pessoas no Ceará

Crime aconteceu em Baturité, cidade a 100 quilômetros de Fortaleza

A polícia do prendeu no último sábado (10) um homem suspeito de ter assassinado e esquartejado três pessoas, depois de dois dos corpos terem sido enterrados em sua residência. 
O crime aconteceu em Baturité, cidade a 100 quilômetros de Fortaleza, onde a polícia encontrou em menos de 24 horas os corpos esquartejados de três homens em bolsas plásticas. A busca começou na noite da sexta-feira (9) quando a PM foi até a casa do ex-presidiário depois de receber uma denúncia de que ele poderia ser o responsável pelo desaparecimento de um homem há 13 dias em Baturité. 
Na sala da casa foram encontrados enterrados os restos de um homem ainda não identificado. No banheiro da casa outro corpo esquartejado foi achado.
Uma denúncia anônima levantou a possibilidade de que a pessoa desaparecida tenha sido assassinada e enterrada em um cemitério vizinho à casa do ex-presidiário e disse que ele costuma passear de madrugada.
Os peritos descobriram indícios de que uma das sepulturas tinha sido escavada recentemente e, ao abri-la, acharam, também em sacos plásticos, o corpo esquartejado de Pedro Pereira da Silva, de 48 anos, cujo desaparecimento deu início a toda a operação. Após encontrar os corpos a polícia prendeu, no município vizinho de Quixadá o proprietário da casa, que tinha fugido de Baturité após roubar um moto. Ele já tinha cumprido pena por roubo e furto. 

WESLEY SAFADÃO & BANDA GAROTA SAFADA NO VILLA MIX BRASÍLIA-DF 09.05.2014 REPERTÓRIO NOVO

WESLEY SAFADÃO & BANDA GAROTA SAFADA NO VILLA MIX BRASÍLIA-DF 09.05.2014 REPERTÓRIO NOVO



WESLEY SAFADÃO & BANDA GAROTA SAFADA NO VILLA MIX BRASÍLIA-DF 09.05.2014 REPERTÓRIO NOVO




CLIQUE PARA BAIXAR

CAMPANHA DOS DEVOTOS NO MÊS DE MARIA

CAMPANHA DOS DEVOTOS NO MÊS DE MARIA

O Santuário Mãe das Dores é mantido pela contribuição dos sócios da Campanha dos Devotos. Neste mês dedicado à Virgem Maria queremos presentear cada sócio com o Ofício da Imaculada Conceição. Esta tradicional forma de devoção à Mãe de Deus será cantada durante a Semana de Ação de Graças pelo centenário da Paróquia de Aracoiaba. Lembramos ainda que os sócios da Campanha dos Devotos participam todos os meses do sorteiro de uma linda imagem da Virgem das Dores. 

Seja sócio da Campanha dos Devotos e ajude o Santuário a ser cada vez mais um lugar de bênçãos. Que a Mãe de Jesus interceda por nós.

Visite o Blog do Santuário: 

COFRINHO SOLIDÁRIO AJUDA NA REFORMA DA MATRIZ

COFRINHO SOLIDÁRIO AJUDA NA REFORMA DA MATRIZ

Pequenos e simples gestos de partilha estão ajudando na reforma da Igreja Matriz de Aracoiaba. É o caso do cofrinho solidário. Qualquer pessoa pode adotar um, levar pra casa, pro trabalho etc. As contribuições depositadas nesse pequeno cofre são um sinal de que a generosidade faz milagres.
Nossa paróquia optou por se sustentar e realizar suas construções e reformas confiando apenas na partilha dos fiéis. A reforma da Matriz está acontecendo graças a essa partilha através do dízimo, das ofertas, dos cofrinhos e das doações espontâneas. Não promovemos bingos, rifas, leilões, quermesses ou festas beneficentes pois acreditamos que tais práticas não estão de acordo com o espírito do Evangelho da gratuidade pregado por Jesus. Acreditamos no milagre da partilha. E desse milagre todos podemos participar. Faça sua parte, adote um cofrinho solidário, seja dizimista, participe.

Baixe agora mesmo Bonde do Brasil Ao Vivo em Fortaleza-CE - Promocional Maio de 2014

Clique na imagem e baixe já o seu


Bar do Solterões - Baixe agora mesmo


Clique na imagem e baixe já o seu



CD promocional Forró Real - Baixe agora mesmo


Clique na imagem e baixe já o seu


COPA DO MUNDO Uruguai recomenda vacina e água engarrafada para quem vier ao Brasil

COPA DO MUNDO

Uruguai recomenda vacina e água engarrafada para quem vier ao Brasil

Folhapress | 10h05 | 11.05.2014

As autoridades recomendam também o uso de preservativo nas relações sexuais; o objetivo é prevenir doenças aos uruguaiosGoverno-faz-recomendações-aos-uruguaios

Cuidados relacionados às vacinas, água e sexo estão entre as recomendações do governo uruguaio
DIVULGAÇÃO
As autoridades uruguaias recomendaram aos seus cidadãos que viajarem ao Brasil para a Copa do Mundo a vacinarem-se contrasarampo e gripe, beber água engarrafada e praticar sexo seguro, informaram neste sábado (10) fontes oficiais.
Os conselhos foram dados pelas ministras de Saúde Pública, Susana Muñiz, e de Turismo e Esporte, Liliam Kechichián, e têm como objetivo prevenir doenças aos milhares de uruguaios que visitarão o Brasil para torcer pela 'Celeste', atual campeã da Copa América.
Susana destacou que 19 dos 32 países que participarão do Mundial registraram casos de sarampo nos últimos meses e recomendou a vacina contra a doença para evitar possíveis contágios.
Além disso, as autoridades sugeriram a quem for ao Brasil que beba somente água engarrafada, lave frequentemente as mãos e não consuma alimentos elaborados nas ruas.
Também recomenda-se o uso de preservativo nas relações sexuais, beber muita água para evitar desidratação nas áreas de altas temperaturas e respeitar as normas de trânsito ao dirigir no país.
A seleção uruguaia é cabeça de chave do Grupo D e enfrentará na primeira fase a Costa Rica, em Fortaleza, no dia 14 de junho, a Inglaterra, em São Paulo, no dia 19, e a Itália, em Natal, no dia 24.

Homenagem do Aracoiaba News e Patrocinadores ao Dia das Mães Confira



Se os filhos estão bem alimentados, É ela que se sente satisfeita. Se estão risonhos e felizes, É ela que se pega sorrindo também. Se estão de roupinha nova, É ela que se sente bonita. Se eles vão bem na escola, Parece que o aproveitamento escolar é dela. Se arranjam novos amigos, É ela que se sente popular e querida. Se viajam para novos lugares, É ela que curte o passeio, mesmo ficando em casa. A cada meta que atingem ou troféu que ganham, É ela que curte a sensação de vitória. Passa a gostar de rock, Mesmo que antes não pudesse nem ouvir. Passa a olhar com simpatia, Os ídolos e os amores de seus filhos. Passa a adorar cachorros, Mesmo que antes só gostasse de gatos. Desnecessário dizer o que ela sente, Quando alguma coisa dá errado, porque, por tabela, Ela sentirá em dose tripla, Cada tombo, Cada perda, Cada rejeição, Cada fracasso, Cada desapontamento. Tudo isto são...coisas de mãe !











Amo você, mãe! - Mensagens com Amor

REDES SOCIAIS Boato potencializa linchamentos

REDES SOCIAIS

Boato potencializa linchamentos

11.05.2014

Para especialistas, a ausência de políticas públicas nas periferias contribui para a prática de atos 


boatos
Repercussão nas redes sociais e anonimato podem deixar a situação incontrolável
D
Perfil no Facebook do Guarujá Alerta publicou imagem da suposta sequestradora, que chegou a se manifestar na página para se defender
FOTO: REPRODUÇÃO DA WEB
Neste domingo as duas filhas de Fabiane Maria de Jesus não poderão homenagear a mãe pelo dia dela. Linchada por moradores de uma comunidade de Guarujá/SP na semana passada, a dona de casa morreu na última segunda-feira por consequência das agressões. A violência foi cometida após ela ser confundida com uma criminosa que nem sequer existe. Além das graves consequências da disseminação de um boato calunioso, o ocorrido com Fabiane expõe os casos cada vez mais presentes de crimes cometidos em nome de uma suposta justiça.
Segundo especialistas, linchamentos são resultado da ausência do Estado, o que transmite à população uma necessidade de agir por conta própria. Com a massificação do uso das mídias sociais, ações de "justiça com as próprias mãos" têm ganhado maior repercussão e a possibilidade de boatos levarem ao cometimento de crimes é muito maior. Para o sociólogo César Barreira, coordenador do Laboratório de Estudos da Violência (LEV) da Universidade Federal do Ceará (UFC), "a rede social como propagadora de boatos é perigosa por aumentar o risco de linchamentos", afirmou.
Segundo ele, as novas tecnologias trazem uma nova forma de estimular essa prática, especialmente por causa do anonimato. "Os linchamentos costumam ser provocados por crimes como um homicídio, estupro ou a morte de uma criança. Eles são carregado de moralidade, de reforço dos laços sociais. Com as redes sociais isso vai ficar incontrolável".
Repercussão
Foi o que aconteceu com Fabiane Maria de Jesus. Após uma série de boatos publicados como denúncias na página do Facebook Guarujá Alerta, relatando que uma suposta sequestradora utilizaria crianças em rituais de magia negra, o clima de terror se instaurou em certas áreas da cidade. Bastou um mal entendido para que a dona de casa fosse apontada como criminosa e brutalmente espancada. Apesar da repercussão deste caso, situações como esta não são incomuns.
"A prática do linchamento não aumentou, ela só se tornou mais visível", explicou César Barreira. "Esta é uma prática que existe no Brasil desde o início do século passado. O que tem de novo são as discussões que vêm surgindo, como o uso das redes sociais, que servem para divulgar coisas boas e ruins, não só a difamação" completou o especialista.
Barbárie

Refém de sequestro no Rio ligou para pai, mas ele achou que era trote

Refém de sequestro no Rio ligou para pai, mas ele achou que era trote

Rafaela, feita refém num ônibus, telefonou cinco vezes pedindo socorro.
Homem que manteve passageira e motorista no veículo foi preso.


Rafaela Lobo, que foi feita refém (Foto: Fernanda Rouvenat/G1)Rafaela Lobo, que foi feita refém
(Foto: Fernanda Rouvenat/G1)

Rafaela Lobo, a jovem de 17 anos que foi feita refém dentro de um ônibus da linha 723 junto com o motorista, Júlio César Pereira, na tarde deste sábado (10) telefonou cinco vezes para o pai pedindo socorro, avisando sobre o sequestro, mas em todas ele desligou. Na 39ª DP (Pavuna), para onde os reféns e o sequestrador Paulo Alberto Ferreira da Silva, de 32 anos, foram levados ao fim do sequestro, o próprio pai de Rafaela, Jorge Luís, confirmou que achou que se tratava de um trote. Somente quando recebeu ligações de amigos é que acreditou que a filha estava em situação perigosa.

Dona Luiza Távora, "a irrepetível"

Dona Luiza Távora, "a irrepetível"

Primeira-dama do Ceará duas vezes, ela foi a última "grande mãe" da política cearense. Filha diz que ganhar voto nunca foi o objetivo
Quando se pergunta a quem conviveu com ela sobre dona Luíza Távora, os elogios são superlativos. Correspondem, segundo os testemunhos, à sua bondade com os mais carentes. Primeira-dama do Ceará nos dois mandatos de Virgílio (1963-66 e 1979-82), Luíza fez caridade desde cedo e até o fim, dentro e fora do governo, e muitos lhe continuam gratos.
“Dona Luíza foi uma mulher irrepetível”, diz o padre Luiz Rebuffini, 82, fundador do Colégio Piamarta, uma das muitas instituições que ela beneficiou. “Todo mundo a chamava ‘a mãe dos pobres’. Pegava o carro oficial e ia às favelas visitar os pobres que necessitassem de uma ajuda imediata. Recebia na casa dela fileiras de pessoas que iam pedir ajuda, conselhos”.

Luíza aprendeu o mandamento da solidariedade com o pai, o teosofista Luiz Moraes Correa. “O vovô achava que quem não vivia para servir não servia para viver. Mamãe seguiu isso desde pequena, muito antes de conhecer o papai”, conta Tereza Maria, 52, filha do casal Távora.
“As pessoas dizem: ‘Ah, isso rendia votos para o Virgílio’. Mas a mamãe sempre foi assim. Lá em casa sempre foi um repositório de todas as pessoas com problemas de todas as naturezas, psicológicos, financeiros, conjugais etc.”.

Quando Virgílio foi nomeado por Juscelino Kubitschek como um dos diretores da Companhia Urbanizadora da Nova Capital, a família se mudou para uma Brasília ainda em construção, onde Luíza reunia amigas para ajudar os cearenses que chegavam buscando emprego e vida melhor na nova cidade e nem sempre encontravam. “Ela dava almoços, merendas”, conta o deputado federal Mauro Benevides (PMDB-CE).
Oportunidade
A eleição de Virgílio ao governo do Ceará deu a Luíza oportunidade de incrementar seu trabalho social com os recursos e a máquina do Estado. No primeiro mandato do marido, assumiu a Legião Brasileira de Assistência (LBA), ajudando a criar os Centros Maternais Profissionalizantes.
No segundo mandato de Virgílio, presidiu o Centro Admin

Baixe agora o CD especial Dia das Mães 2014

Clique na imagem e baixe o seu CD



Copa vai coincidir com período em que dengue costuma diminuir

Copa vai coincidir com período em que dengue costuma diminuir

Estudo prevê que no máximo 59 visitantes estrangeiros terão a doença.
Em anos anteriores, número de casos durante o período foi baixo


Gráfico dengue Copa (Foto: Editoria de Arte/G1)
O número de casos de dengue deve cair até o início da Copa do Mundo, o que representará um risco menor para os turistas que visitarão o país, segundo apontam especialistas. O evento vai coincidir com um período em que normalmente se observa uma queda sazonal da doença. Uma projeção feita por pesquisadores da USP e de outras instituições concluiu que, no pior dos cenários, haverá 59 ocorrências de dengue entre os 600 mil visitantes que o país deve receber durante a Copa.
saiba mais

Após ser adotada, mulher repete o ato de amor em Itanhaém, no litoral de SP

Após ser adotada, mulher repete o ato de amor em Itanhaém, no litoral de SP

Pedro veio de um abrigo e virou o filho de Mariângela, adotada ainda bebê.
Mãe de Mariângela tinha três filhos homens e o sonho de ter uma menina.


Família unida durante ensaio fotográfico (Foto: Mariângela Aparecida Buccioli Pimenta/Arquivo Pessoal)Família unida durante ensaio fotográfico (Foto: Mariângela Aparecida Buccioli Pimenta/Arquivo Pessoal)
Ela foi adotada assim que nasceu e, ao se tornar uma mulher independente, quis retribuir o mesmo ato de carinho a um bebê que precisava de uma mãe. A diferença da cor de pele de Pedro não a fez desistir da adoção, muito menos as dificuldades em lidar com uma criança acostumada a não ter carinho. Essa é a história da advogada Mariângela Aparecida Buccioli Pimenta, de 36 anos, moradora de Itanhaém, no litoral de São Paulo. Neste Dia das Mães, ela tem muito a comemorar. Ao adotar um menino e dar à luz a uma menina, formou uma família e nutre um amor idêntico pelos dois.

A mãe de Mariângela tinha três filhos homens e o sonho de ter uma menina. Ela não podia mais engravidar, então, optou por adotar uma criança. Mariângela foi adotada assim que nasceu. Aos nove anos, a mãe adotiva lhe contou a verdade. “Ela tinha medo que na escola os meus amiguinhos pudessem me contar. Eu recebi bem a notícia, mas chorei bastante”, lembra. Na adolescência, ela tentou encontrar a mãe biológica para entender porque tinha sido rejeitada. “Quis saber, mas era muito difícil de encontrar, porque ninguém sabe me dar informações sobre ela”, comenta. Depois de algumas tentativas, desistiu de conhecer sua verdadeira origem. “Eu tive tanto amor, carinho e cuidado da minha família que perdi o interesse,” diz.
Primeiro aniversário de Pedro (Foto: Mariângela Aparecida Buccioli Pimenta/Arquivo Pessoal)Primeiro aniversário de Pedro (Foto: Mariângela
Aparecida Buccioli Pimenta/Arquivo Pessoal)
Mariângela ficou mais velha, casou e veio a vontade de ter filhos. Ela tentou engravidar e não conseguiu. “Eu sempre pensava em fazer por alguém o que fizeram por mim, que era adotar uma criança. Compartilhei com meu marido a minha ideia e ele gostou, foi em busca e esteve presente em todos os momentos”, conta. Ela e o marido, o autônomo Marcos Oliveira Pimenta Buccioli, de 39 anos, se dirigiram ao Fórum de Itanhaém e fizeram todos os procedimentos necessários para entrar no cadastro de adoção.
Pedro e os pais (Foto: Mariângela Aparecida Buccioli Pimenta/Arquivo Pessoal)Pedro e os pais (Foto: Mariângela Aparecida
Buccioli Pimenta/Arquivo Pessoal)
Depois de aproximadamente um ano e meio, Mariângela recebeu uma ligação que mudou o rumo de sua vida. Uma assistente social disse a ela que havia uma criança disponível no abrigo, mas que não se encaixava no perfil que ela tinha colocado no cadastro, porque o menino era negro. Ela e o marido foram direto para o fórum e seguiram até o abrigo para conhecer Pedro, que tinha menos de um ano. Naquele dia, os três foram embora juntos para casa. “Me emociono muito de lembrar, foi o nascimento dele para mim, um presente de aniversário aquele ano”, fala.
Nos primeiros meses, o casal teve dificuldades em cuidar do menino. Além de ser mãe pela primeira vez, Mariângela conta que ele era um bebê que tinha medo de tudo e queria ficar somente com ela. “Tudo com ele era muito difícil. Ele não falava ainda, era uma criança assustada, agressiva”, conta. Depois de algum tempo, descobriu que a mãe biológica dele tinha HIV e diversas doenças, que não foram herdadas por ele. Para ela, a ausência de amor e atenção faziam com que Pedro tivesse aquele comportamento. Aos poucos, ele foi se acostumando com a nova família, criando um vínculo de confiança e amor.
Pedro e a barriga da mãe, que esperava Giovana (Foto: Mariângela Aparecida Buccioli Pimenta/Arquivo Pessoal)Pedro e a barriga da mãe (Foto: Mariângela Aparecida Buccioli Pimenta/Arquivo Pessoal)
Giovana nasceu dois anos após a adoção de Pedro. Quando ele viu a barriga crescendo,  começou a demonstrar muito ciúme. “Ele foi se afastando de mim, foi muito triste. Quando eu cheguei com a Giovana da maternidade, ele nem olhou para a minha cara. Ele gostou dela, a beijava, mas demorou uma semana para falar comigo”, lembra. A convivência fez melhorar a relação entre eles. Pedro passou a ajudar a mãe a cuidar de Giovana, dividir os brinquedos com ela e aprender a viver com uma irmã. “Eu fui conversando com ele, dizendo que ele era a mesma coisa que ela, que não havia diferença entre eles. Ele ama muito a Giovana, tem muito carinho”, diz.
Mãe e os dois filhos (Foto: Mariângela Aparecida Buccioli Pimenta/Arquivo Pessoal)Mãe e os dois filhos (Foto: Mariângela Aparecida
Buccioli Pimenta/Arquivo Pessoal)
Com o passar dos anos, os pais foram lhe contando sua verdadeira história. “Hoje é um menino saudável, forte e sabe toda a verdade sobre ele. Como temos a diferença da cor de pele, não é uma criança para quem eu possa esconder uma coisa dessas. Eu já vou falando que ele não nasceu da minha barriga, que ele é filho do coração e que eu o amo do mesmo jeito que a Giovana,” explica.

Com os dois filhos, Mariângela deixou de trabalhar em período integral e vai para o escritório apenas na parte da tarde. Durante a manhã, ela cuida dos dois filhos. “Mas nunca pensei em entregá-lo. Ele era meu. Deus não ia me dar um fardo que eu não pudesse carregar, se ele veio para mim, era para ser. Não é uma rotina fácil, é muito difícil, mas era meu sonho”, diz. Os filhos, principalmente Pedro, exigiram muita paciência de Mariângela. Ela acredita que apenas a vontade de ser mãe lhe trouxe forças para compreender as dificuldades e enfrentá-las. “Eu não pensava que seria assim. Ele foi uma criança muito difícil no começo. Não era o que esperava da maternidade, foi muito difícil mesmo, mas a gente foi trabalhando, conversando. Em seis meses, ele apresentou uma mudança radical. Agora ele é carinhoso, educado, é um anjo, companheiro”, diz. Por conta da experiência com Pedro, Mariângela passou a fazer parte de um grupo de mães que compartilham histórias sobre a adoção de crianças
Mariângela, os filhos e o marido (Foto: Mariângela Aparecida Buccioli Pimenta/Arquivo Pessoal)Mariângela, os filhos e o marido (Foto: Mariângela Aparecida Buccioli Pimenta/Arquivo Pessoal)Fonte: G1

Rick & Renner - Mãe

Padre Reginaldo Manzotti - Homenagem as mães

Mãe Cearense - Francy's mãe empresária


Essa mulher é a empresária Francys, é formada em serviço social, é amiga para todas as horas, é simples, é batalhadora( até hj nao conheço mulher mais guerreira que essa), é inteligente , é empreendedora , é PURA, é correta em tudo que faz, é uma excelente esposa, é solidária, é aquela que "dar a rede para pescar, ensinando a pescar e não o peixe" , é um livro ambulante de ensinamentos e conhecimento. Ela é a melhor mãe do mundo. Ela é a minha mãe!!!! E a sua mãe? O que representa para vcs?!!!! Feliz dia das mães !!!!!



Dra. Marilene Campelo Mensagem homenagem ao Dia das Mães



Esplêndido a ideia de nomear um dia para elas. Um dia para dizer que são especiais (mesmo sabendo que em todos os dias elas são). Um dia para presenteá-las com amor, com carinho (mesmo sabendo que merecem todos os presentes em todos os momentos). Um dia lindo, perfeito, para dizer que elas são lembradas. Um dia para abraçá-las mais um vez (mesmo merecendo ser abraçadas todos os dias). Um dia, único e especial. Dia das Mães no calendário é apenas um dia do ano, mas o dia da sua mãe em sua vida será todos os dias. 
Feliz Dia das Mães em especial para todas as mães Aracoiabenses.


Fonte: Aracoiaba News

Paróquia celebrará centenário de criação

A Paróquia de Aracoiaba celebrará uma semana de Ação de Graças pelos cem anos de criação. Com início no domingo, 18 de maio e encerramento em 25 de maio, a semana será marcada por momentos celebrativos e orantes trazendo à memória a caminhada de um século de evangelização e presença entre o povo aracoiabense.

Na programação da Semana de Ação de Graças acontecerá diariamente, às 6h, a oração do Angelus e a Santa Missa. Ao meio-dia, o Angelus e o Ofício da Imaculada Conceição e, às 19h a Santa Missa. No dia 22 de maio, data do decreto de criação da Paróquia, além da programação normal, acontecerá uma apresentação musical na Praça da Matriz após a Missa. Como a Igreja Matriz está em reforma, as celebrações acontecerão no Centro Catequético. Toda a programação será transmitida pelos blogues paroquiadearacoiaba.blogspot.com e santuariomaedasdores.blogspot.com.