Buscar

08 maio 2014

Corpo de Jair Rodrigues é velado na Assembleia Legislativa, em SP

Corpo de Jair Rodrigues é velado na Assembleia Legislativa, em SP

Cerimônia começou às 19h25, com parentes, amigos e fãs do cantor.
Ele era conhecido por sucessos como 'Disparada' e 'Deixa isso pra lá'.


Família e amigos velam o corpo de Jair Rodrigues em São Paulo (Foto: Fabiana de Carvalho/G1)Família e amigos velam o corpo de Jair Rodrigues em São Paulo (Foto: Fabiana de Carvalho/G1)
Jair Oliveira, parentes e amigos carregam o caixão com o corpo de Jair Rodrigues, na Assembleia Legislativa de São Paulo, nesta quinta-feira (8) (Foto: Leco Viana/Futura Press)Jair Oliveira, parentes e amigos carregam o caixão com o corpo de Jair Rodrigues, na Assembleia Legislativa de São Paulo, nesta quinta-feira (8) (Foto: Leco Viana/Futura Press)
O corpo de Jair Rodrigues começou a ser velado na Assembleia Legislativa, em São Paulo, às 19h25 desta quinta-feira (8). Família e amigos do cantor pediram privacidade e ficaram sozinhos, antes que a cerimônia fosse aberta ao público, cerca de 20 minutos depois.
Jairzinho fala com jornalistas no velório do corpo de Jair Rodrigues (Foto: G1)Jairzinho fala com jornalistas no velório do corpo de
Jair Rodrigues (Foto: G1)
Parentes, amigos e fãs rezam durante velório de Jair Rodrigues (Foto: G1)Parentes, amigos e fãs rezam durante velório de
Jair Rodrigues (Foto: G1)
Coroas de flores no velório do cantor Jair Rodrigues, nesta quinta-feira (8), em São Paulo (Foto: Fabiana de Carvalho / G1)Coroas de flores no velório do cantor Jair
Rodrigues (Foto: Fabiana de Carvalho / G1)
A viúva Claudine Mello; os filhos Jair Oliveira e Luciana Mello; e a nora Tania Khalill homenagearam Jair. "É uma responsabilidade muito grande cuidar do legado que meu pai deixou. Ele tinha muita leveza e minha principal lembrança é o sorriso", disse o filho do cantor. Jairzinho lembrou que o pai costumava dizer que era "o homem mais feliz do mundo".
Amparada pelo filho, Claudine chorou em frente ao caixão. Ele disse que com o tempo a mãe vai conseguir sorrir de novo. "Ela vai se lembrar do sorriso do meu pai e vai sorrir também", comentou.
O rapper Rapin Hood, a atriz Angelina Muniz e o cantor Max de Castro também estiveram na Assembleia Legislativa. "É inacreditável, mas quando o cara lá de cima decide a gente tem que ir. Ele jamais vai sair do meu coração. E que minha Silvinha receba ele lá em cima", disse o cantor Eduardo Araújo.
O publicitário Washington Olivetto comentou que teve privilégio de conhecer Jair e seus filhos. "Foi uma surpresa imensa, porque ele estava saudabilíssimo. Vi recentemente e estava exuberante. Jair é síntese da alegria do povo brasileiro", resumiu Olivetto. "Era um cara muito humilde, um exemplo para os artistas", elogiou Rapin Hood.
Chorando muito, a cantora Roberta Miranda diz que Jair Rodrigues era uma pessoa a quem dava muito valor e por quem tinha gratidão. "Grata a Jair por ter jogado Roberta Miranda no mercado musical e em uma posição digna", afirmou, citando a gravação de “A Majestade, O Sabiá”.
O músico Juca Chaves disse estar “muito triste, muito triste mesmo”. “Quando se morre de amor, não se morre. E ele era uma pessoa tão querida. Mais do q um grande artista, era um grande homem"
A cantora Simoni, que participava da Turma do Balão Mágico ao lado de Jairzinho quando os dois eram crianças criança, lembrou da convivência com o cantor. “Eu o conhecia desde pequena, sempre convivi com a família dele. Era querido demais, uma pessoa incrível e um palhaço também”, diz.
Foram ao velório de Jair Rodrigues a atriz Lúcia Veríssimo, o apresentador Leão Lobo e os cantores Luiza Possi e Roberto Leal, que chorou ao se aproximar do caixão.

Jair tinha 75 anos e a causa da morte foi infarto agudo do miocárdio, informou a assessoria de imprensa do cantor. O corpo foi encontrado na sauna da casa em que Jair morava, em Cotia (SP), na manhã desta quinta. O enterro está marcado para o cemitério do Gethsemani no Morumbi na sexta-feira (9), às 11h, apenas para familiares e amigos.
Começo nos anos 60
Jair Rodrigues de Oliveira nasceu em Igarapava (SP), em 6 de fevereiro de 1939. Pai dos também cantores Jair de Oliveira e Luciana Mello, ele começou sua carreira nos anos 1960, em programas de calouros. Três anos antes, foi crooner em casas no interior de São Paulo.
O primeiro LP é "Vou de samba com você" (1964), que tinha "Deixa isso pra lá". A canção fez Jair ser considerado pioneiro do rap no Brasil. Com versos mais falados do que cantados, a música, originalmente um samba, ganhou popularidade também graças à coreografia feita com as mãos. Em 1999, foi gravada em parceria com o grupo Camorra.
  •  
arte cronologia Jair Rodrigues (Foto: Arte G1)
O registro de estreia do cantor, no entanto, é de 1962. Trata-se de um disco de 78 rotações com as canções "Brasil sensacional" e "Marechal da vitória", que tinham como tema a Copa do Mundo daquele ano, no Chile, vencida pela seleção brasileira.
Jair Rodrigues também ficou conhecido pelo trabalho ao lado de Elis Regina. Os dois iniciaram a parceria em 1965 e lançaram o disco ao vivo "Dois na bossa". A boa repercussão do LP rendeu o convite para apresentar o programa O Fino da Bossa, que estreou em maio daquele ano na TV Record. Com Elis, o cantor lançou em 1966 e 1967 outros dois volumes da série "Dois na bossa".
A vitória no II Festival de Música Popular Brasileira, em 1966, foi outro ponto marcante da trajetória de Jair Rodrigues. Ele concorreu com "Disparada", escrita por Geraldo Vandré e Teo de Barros. Na final, dividiu o primeiro lugar com "A banda", composição de Chico Buarque interpretada na ocasião por Nara Leão.
No IV Festival de Música Popular Brasileira, em 1968, Jair Rodrigues também se destacou. Com "A família", de Chico Anysio e Ari Toledo, ficou em terceiro lugar segundo o júri popular.
Já na década seguinte, o cantor dedicou-se mais intensamente ao samba. Em 1971, saiu o LP "Festa para um rei negro". Uma das canções era o samba-enredo que deu título ao trabalho, defendido pela escola de samba Acadêmicos do Salgueiro. A música era conhecida pelo refrão "Ô lê lê, ô lá lá/ pega no ganzê/ pega no ganzá".
Outros álbuns do período são "Orgulho de um sambista", "Ao vivo no Olympia de Paris", "Eu sou o samba", "Estou com o samba e não abro" e "Couro comendo" (1979). Durante esse período, o cantor se tornou pai. Em 1975, nasceu seu filho Jair Oliveira, o Jairzinho, estrela do grupo infantil Balão Mágico e depois passou a cantar MPB. Quatro anos depois, nasceu Luciana Mello. Influenciada pelo pai e pelo irmão, também seguiu a carreira musical. Jair deixa os filhos e a mulher, Clodine.
Na década de 1980, vieram álbuns de temática mais popular e por vezes romântica, caso de "Estou lhe devendo um sorriso", "Alegria de um povo", "Jair Rodrigues de Oliveira" e "Carinhoso". Na década de 1990, houve uma predileção pela música sertaneja e caipira e por uma revisão de gêneros desde o seu início como artista.
Os nomes dos discos do período são autoexplicativos: "Lamento sertanejo", "Viva meu samba", "Eu sou… Jair Rodrigues", "De todas as bossas" e "500 anos de folia – 100% ao vivo". Nos últimos anos, Jair Rodrigues seguia na ativa em projetos com os filhos, em discos lançados por ele. Também se envolveu com homenagens a Elis Regina. Em 2012, participou de eventos que lembraram os 30 anos de morte da cantora e antiga parceira. Nos últimos anos, Jair Rodrigues seguia na ativa em projetos com os filhos, em discos lançados por ele e também ao participar de homenagens para Elis Regina.
Ele seguia em turnê para divulgar seu disco mais recente, "Samba mesmo", que teve dois volumes lançados em março deste ano. Jair tinha apresentações marcadas para os próximos dias em Florianópolis e Contagem (MG). O cantor se despediu dos palcos e da música na última terça-feira (6) durante uma apresentação no Hotel Guanabara, em São Lourenço (MG). Segundo o organizador do show,  Daniel Moura, Jair cantou e dançou por mais de uma hora demontrando a típica alegria e vitalidade.
Ele plantou bananeira no palco e fez uma homenagem para Elis Regina. Segundo Moura, antes de "Romaria", conversava com a cantora como se ela estivesse no palco: "Olha Pimentinha, manda um abraço para São Pedro porque eu não estou com pressa".
Coroa de flores deixada para Jair Rodrigues e o terno com o qual ele deve ser enterrado (Foto: G1)Coroa de flores deixada para Jair Rodrigues e o terno com o qual o corpo do cantor será velado (Foto: G1)Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/musica/noticia/2014/05/corpo-de-jair-rodrigues-e-velado-na-assembleia-legislativa-em-sp.html

Terceiro suspeito confessa ter atirado vaso que atingiu e matou torcedor

Terceiro suspeito confessa ter atirado vaso que atingiu e matou torcedor

Confissão de Waldir Pessoa Firmo Jr. foi feita em depoimento, diz advogado.
'Ele se mostrou arrependido e chorou', informou o defensor Jurandir Alves.


Jurandir Alves, advogado (Foto: Débora Soares / G1)"Ele se mostrou arrependido e chorou durante todo o
depoimento", relatou o advogado Jurandir Alves
(Foto: Débora Soares / G1)
Depois de aproximadamente duas horas de depoimento, na noite desta quinta-feira (08), o terceiro suspeito preso por envolvimento na morte do soldador Paulo Ricardo Gomes da Silva, 26 anos, atingido por um vaso sanitário no entorno do estádio do Arruda, noRecife, confessou à polícia ter ajudado a jogar as privadas do alto da arquibancada. A informação foi repassada por Jurandir Alves, advogado responsável pela defesa de Waldir Pessoa Firmo Júnior, 34 anos.
"Ele se mostrou arrependido e chorou durante todo o depoimento. Ele conhecia os outros dois, participavam da mesma torcida [Inferno Coral]. Waldir disse que não tinha intenção de atingir ninguém. Ele nem sabia que o vaso tinha sido lançado para fora do estádio, pensou que tinha ficado [na parte de] dentro mesmo. Vou esperar o inquérito completo da polícia para poder preparar minha defesa", informou.
O advogado disse também que Waldir Júnior não possuía antecedentes criminais. "Ele não estava fugindo ou se escondendo. Estava em casa, com muito medo, mas eu e a família conseguimos convencê-lo a se entregar", assegurou Jurandir Alves.
Waldir Júnior se entregou espontaneamente e chegou acompanhado dos pais e do advogado à sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A mãe dele, Iraci Minervina da Silva, disse à imprensa que o filho agiu por impulso e já queria ter se entregado, mas estava com medo da polícia. O rapaz já tinha trabalhado como auxiliar de estoque, mas estava desempregado.
Ele deve ser transferido para o Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, mas ainda não há horário marcado para esse procedimento.
Terceiro suspeito de matar torcedor com privada é preso no Recife (Foto: Débora Soares / G1)Terceiro suspeito de matar torcedor com privada chega ao DHPP (Foto: Débora Soares / G1)
Segundo preso

Dilma usa capacete dourado em visita ao estádio do Corinthians

Dilma usa capacete dourado em visita ao estádio do Corinthians

Presidente andou pelo gramado e cumprimentou operários.
Mais cedo, ela recebeu representantes de movimentos sociais.


Entre operários, a presidente Dilma Rousseff veste capacete dourado que recebeu de presente ao visitar a Arena Corinthians, conhecida como Itaquerão, na zona leste de São Paulo, na tarde desta quinta-feira (08). O estádio será palco do jogo de abertura da Copa do Mundo, no dia 12 de junho.  (Foto: Evelson de Freitas/Estadão Conteúdo)Entre operários, a presidente Dilma Rousseff veste capacete dourado que recebeu de presente. (Foto: Evelson de Freitas/Estadão Conteúdo)
A presidente Dilma Rousseff visitou nesta quinta-feira (8) o estádio do Corinthians, na Zona Leste de São Paulo. A arena será palco da abertura da Copa do Mundo.
Dilma andou pelo gramado, cumprimentou operários e usou um capacete dourado que ganhou de presente.
O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, disse que a presidente fez um balanço positivo ao visitar o entorno do estádio. “Ela classificou como um dos maiores legados do Brasil para a Copa.”

Preso terceiro suspeito de participar de linchamento de mulher em Guarujá

Preso terceiro suspeito de participar de linchamento de mulher em Guarujá

Homem estava na cidade de Peruíbe quando foi encontrado pela polícia.
Segundo a polícia, ele confessou participação no crime.


Carlos Alex (à esquerda) foi capturado pela polícia de Guarujá, SP (Foto: Rodrigo Martins / G1)Carlos Alex (à esquerda) foi capturado pela polícia de Guarujá, SP (Foto: Rodrigo Martins / G1)
A polícia de Guarujá, no litoral de São Paulo, prendeu nesta quinta-feira (8) o terceiro suspeito de participar do linchamento da dona de casa Fabiane Maria de Jesus, de 33 anos, no sábado (3), em Guarujá. Carlos Alex Oliveira de Jesus, de 23 anos, foi localizado em Peruíbe, também no litoral paulista, que fica a cerca de 110 km do município onde o crime ocorreu. A prisão temporária dele já foi expedida.
Fabiane foi atacada por uma multidão depois da publicação de um retrato falado em uma página no Facebook de uma mulher que realizava rituais de magia negra com crianças sequestradas. A dona de casa morreu na manhã de segunda-feira (5) após passar dois dias internada no Hospital Santo Amaro.

Elogiada pela beleza, assistente é escalada em clássico Atlético-MG e Cruzeiro

  • Junior Lago/UOL
    Escalada para clássico no Independência, bandeirinha Fernanda Colombo faz sucesso nas redes sociais
    Escalada para clássico no Independência, bandeirinha Fernanda Colombo faz sucesso nas redes sociais
A assistente Fernanda Colombo, de 23 anos, virou protagonista por alguns instantes da partida em que o São Paulo bateu o CRB, por 3 a 0, pela Copa do Brasil, na quarta-feira, quando chamou atenção pela beleza até de Muricy Ramalho. Neste domingo, ela estará no Independência, na capital mineira, quando integrará a equipe de arbitragem do clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro. 
Fernanda chamou atenção no Morumbi, não apenas pela beleza, mas também por por ter errado em alguns lances, que geraram reclamação de Muricy Ramalho ao final do jogo. Porém, em tom de bom humor, o comandante do São Paulo reconheceu que a bandeira foi aprovada pela beleza.
"A bandeira é muito bonita, tem aquelas coisas toda, mas tem que bandeirar melhor... Ela realmente errou muito. É muito bonita, e tal, mas…", observou Muricy Ramalho na entrevista coletiva ao final da partida.
 A CBF escalou agora a bandeira musa para o duelo do confronto mineiro neste domingo. O juiz será Heber Roberto Lopes e o outro auxiliar será Alessandro de Rocha Mattos.
Fernanda Colombo é aspirante ao quadro da Fifa e está filiada à Federação Catarinense de Futebol. Na quarta-feira, em São Paulo, ela fez apenas seu terceiro jogo no ano, segundo pela categoria profissional. 
Nas redes sociais, ao descobrirem a escalação da bandeirinha para o clássico, os torcedores do Atlético, que serão únicos presentes ao Independência se animaram e rapidamente passaram a postar fotos de Fernanda.
Ampliar

Musa do Esporte: Fernanda Colombo, bandeirinha de Santa Catarina44 fotos

27 / 44
A bandeirinha Fernanda Colombo, musa da arbitragem de Santa Catarina, fez seu primeiro ensaio como modelo no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Modesta, a bela de 21 anos diz que "não sabe ser modelo", mas que aceitou o convite para ter fotos de book, que nunca tinha feito antes Rafael Antoni/MF Models assessoria/Divulgação
Leia mais em: http://zip.net/bvnkVl

Famosos na praia - Maio de 2014

Famosos na praia - Maio de 2014

8.mai.2014 - A brasileira Ana Braga, 32, é carioca, mas mora em Las Vegas, onde faz sucesso. Ela ficou conhecida depois de ser flagrada na praia com um traje provocante. Atualmente conhecida como a loira do fio dental, ela mostrou novamente que não tem problemas com o corpo. A gata foi flagrada novamente aproveitando para curtir o sol com um biquíni para lá de ousado 

Confira trajetória da atriz Bruna Marquezine

Confira trajetória da atriz Bruna Marquezine

8.mai.2014 - "Estava me sentindo um pouco largada. Não dava muita atenção à minha alimentação e comia muita porcaria sem pensar direito. Agora, resolvi entrar na linha e fiquei mais light", revela Marquezine
Leia mais em: http://zip.net/bsnkDp

Famosas nas revistas de maio

Famosas nas revistas de maio

8.mai.2014 - A apresentadora e atriz Daniele Suzuki mostrou suas curvas perfeitas em um ensaio sensual para a edição especial de aniversário da revista Status, que chega às bancas nesta sexta-feira (9). Para manter a boa forma, Dani conta que adora praticar esportes, mas tenta não ser neurótica. "Sempre fiz esporte, mas é claro que alimentação saudável e beber muita água ajuda. Me divido entre capoeira, surfe, dança e ioga", afirma a gata em entrevista à publicação
Leia mais em: http://zip.net/bnnknT