Buscar

20 abril 2014

Morre, aos 66 anos, o narrador esportivo Luciano do Valle


Morre, aos 66 anos, o narrador esportivo Luciano do Valle

20.abr.2014 - Neto, comentarista da Bandeirantes, se emociona ao lado da viúva Flávia durante o velório do amigo Luciano do Valle Rodrigo Capote/UOL
Leia mais em: http://zip.net/bkm9bN

Hora de Cozinhar - Lasanha de frango com queijo


Lasanha de frango com queijo



INGREDIENTES

  • 1 peito de frango
  • 500 g de queijo mussarela fariado
  • 400 g de presuto fatiado
  • 1 pacote médio de massa para lasanha (direto ao forno, sem cozimento prévio)
  • 1 pote de requeijão cremoso
  • 2 caldos de galinha (ou tempero completo sabor galinha)
  • 2 copos de leite
  • 1 caixa de creme de leite
  • 2 colheres de farinha
  • 3 colheres de manteiga
  • 1 cebola média

MODO DE PREPARO

    Molho:
    1. Faça um creme homogêneo com as 2 colheres de farinha e 2 colheres de manteiga (reservando 1 colher de manteiga), acrescente o leite, 1 caldo de galinha e mexa constantemente
    2. Retire do fogo e acrescente o creme de leite
    3. Reserve
    Frango:
    1. Cozinhe o peito de frango em água sem óleo
    2. Após cozido, desfie o frango
    3. Pique a cebola em pedaços pequenos, coloque em uma panela e doure com a manteiga
    4. Acrescente o frango e o caldo de galinha
    5. Mexa sempre até o frango ficar totalmente dourado
    Montagem lasanha:
    1. Em um refratário, coloque 2 conchas de molho
    2. Faça a base com massa de lasanha, cubra com 1 camada de presunto, 1 de queijo e 1 frango (nessa ordem)
    3. Sobre o frango coloque 1 camada de requeijão coloque 2 conchas de molho
    4. Cubra o requeijão com 1 camada de presunto, 1 camada de queijo e 1 camada de massa
    5. Coloque molho
    6. Repita esse processo até faltar cerca de 2,5 cm para chegar na borda da assadeira
    7. Para finalizar, cubra a lasanha com muito queijo e requeijão e molho
    8. Asse por aproximadamente 20 minutos em fogo baixo

    Colaboradora: Gessica Faustino

    Conheça a Garoto (a) Top do Dia

    Conheça a Garoto (a) Top do Dia

    Faça Parte deste grupo no Facebook







    Em mensagem de Páscoa, Papa pede paz na Ucrânia e na Venezuela

    Em mensagem de Páscoa, Papa pede paz na Ucrânia e na Venezuela

    Francisco fez apelos durante Missa da Ressurreição na Praça São Pedro.
    Ele pediu 'reconciliação' na Venezuela e fim da violência na Ucrânia.


    Papa Francisco anda com a cruz pastoral durante a Missa de Páscoa neste domingo (20) no Vaticano (Foto: Tony Gentile/Reuters)Papa Francisco anda com a cruz pastoral durante a Missa de Páscoa neste domingo (20) no Vaticano (Foto: Tony Gentile/Reuters)
    Papa Francisco pediu neste domingo (20) em sua mensagem de Páscoa durante a celebração da missa solene do Domingo da Ressurreição, esforços pela paz na Venezuela e na Ucrânia. As declarações foram dadas a milhares de fiéis reunidos na Praça São Pedro, onde ocorreu missa.
    Francisco pediu a pacificação de todos os conflitos do mundo, “pequenos ou grandes, antigos ou recentes”, e apelou por uma “reconciliação” na Venezuela. "Que as almas se encaminhem para a reconciliação e para a concórdia fraterna na Venezuela", pediu o primeiro papa latino-americano.
    Em discurso feito a 150 mil fiéis, ele também instou a comunidade internacional a “impedir a violência” na Ucrânia e em outros países como Iraque, República Centro-Africana e Sudão do Sul.
    "Te pedimos que ilumines e inspires iniciativas de paz pelos esforços na Ucrânia, para que todas as partes envolvidas, apoiadas pela comunidade internacional, realizem todos os esforços para impedir a violência e construir, com seu espírito de unidade e diálogo, o futuro do país", disse o pontífice na basílica de São Pedro.
    O pontífice ainda pediu a Cristo que interceda pelo fim da epidemia de ebola que se alastra pelo norte da África.
    O bispo de Roma também citou o conflito da Síria e rezou pela libertação dos sacerdotes sequestrados e por todos aqueles que sofrem perseguição por professar uma fé.
    "Te suplicamos, Senhor, pela Síria, a amada Síria, para que todos os que sofrem as consequências possam receber a suficiente ajuda humanitária e para que as partes em causa não usem mais a força para semear a morte", afirmou.
    O papa também se dirigiu aos mais fracos, aos que sofrem violência ou passam fome em função do esbanjamento.
    "Ajuda-nos Senhor a derrotar a praga da fome, agravada pelos conflitos e pelos imensos esbanjamentos dos quais, frequentemente, somos cúmplices. Ajuda-nos também a proteger os indefesos, sobretudo as crianças, as mulheres e os idosos, tantas vezes objeto de abandono", disse.
    Por último, pediu a Cristo para que acalme todos aqueles que "deixaram sua própria terra para imigrar na busca de lugares onde se pode esperar um futuro melhor".
    "Para todos os povos da Terra te pedimos, Senhor, tu que vencestes a morte, nos dê tua vida e tua paz", solicitou o pontífice.
    Milhares de fiéis acompanham a Missa de Páscoa na Praça São Pedro, no Vaticano, neste domingo (20) (Foto: Alessandro Bianchi/Reuters)Milhares de fiéis acompanham a Missa de Páscoa na Praça São Pedro, no Vaticano, neste domingo (20) (Foto: Alessandro Bianchi/Reuters)Fonte: G1

    Capitão de balsa da Coreia demorou 40 minutos para ordenar evacuação

    Capitão de balsa da Coreia demorou 40 minutos para ordenar evacuação

    Embarcação já estava inclinada quando passageiros tentaram sair.
    19 corpos foram resgatados neste domingo; são 58 mortos confirmados.


    Corpo de passageiro de balsa que naufragou na Coreia do Sul é carregado por equipes de resgate no Porto de  Jindo, no sul de Seul.  (Foto: Lee Jin-man/AP)Corpo de passageiro de balsa que naufragou na Coreia do Sul é carregado por equipes de resgate no Porto de Jindo, no sul de Seul. (Foto: Lee Jin-man/AP)
    O capitão da embarcação sul-coreana "Sewol" demorou 40 minutos para dar a ordem de evacuação, o que teria dificultado o resgate, revelou neste domingo (20) a transcrição do diálogo entre a cabine e a torre de controle. O balanço oficial da tragédia agora é de 58 mortos, 244 desaparecidos, a maioria adolescentes, e 174 pessoas que foram resgatadas. Neste domingo, mais 19 corpos foram resgatados de dentro da balsa por mergulhadores.
    Lee Joon-seok, de 69 anos, pediu ajuda por rádio ao serviço de emergência às 8h55 de quarta-feira (hora local) ao detectar que o navio estava se inclinando, segundo a transcrição divulgada pelas autoridades sul-coreanas.
    Durante os 40 minutos seguintes, o capitão contactou por até 11 vezes a torre de controle, mas foi só após às 9h30 (hora local), com a embarcação já tombada em 45 graus, que ele ordenou aos passageiros irem para o exterior da embarcação.
    Quando a balsa começou a afundar, era muito tarde, já que os passageiros não conseguiam avançar pelos corredores inclinados, ao mesmo tempo que a água dominava a embarcação.
    "Naquele momento (durante os 40 minutos posteriores ao choque), os barcos de emergência não haviam chegado. Também não havia pesqueiros ou quaisquer outros barcos que pudessem nos ajudar", declarou o capitão com a cabeça abaixada e coberta por um capuz.
    "As correntes eram fortes e a água estava muito fria. Pensei que os passageiros seriam arrastados e teriam dificuldades se a retirada acontecesse em desordem, sem coletes salva-vidas", disse. "E teria acontecido o mesmo com coletes", acrescentou.
    Capitão da balsa que naufragou, Lee Joon-Seok, é visto ao chegar à corte de Mokpo nesta sexta-feira (18) (Foto: Reuters/Yonhap)Capitão da balsa que naufragou, Lee Joon-Seok, é visto ao chegar à corte de Mokpo nesta sexta-feira (18) (Foto: Reuters/Yonhap)

    Corpo de Luciano do Valle é velado na Câmara Municipal de Campinas

    Corpo de Luciano do Valle é velado na Câmara Municipal de Campinas

    Narrador esportivo nasceu na cidade, onde iniciou a carreira em rádios.
    Ele morreu no sábado em Uberlândia, após passar mal durante um voo.


    Corpo de Luciano do Valle é velado na Câmara de Campinas (Foto: Murilo Borges / GE)Corpo de Luciano do Valle é velado na Câmara
    de Campinas (Foto: Murilo Borges / Globo Esporte)
    O velório de Luciano do Valle teve início às 8h deste domingo (20) na Câmara Municipal deCampinas (SP). O narrador, de 66 anos, morreu na tarde de sábado em Uberlândia(MG), depois de passar mal no avião e ser internado em um hospital particular da cidade.

    O velório é aberto ao público e poucas pessoas ainda estavam presentes até 9h15, entre elas, parentes do narrador e amigos como o comentarista da TV Bandeirantes e ex-jogador Neto. Luciano do Valle nasceu em Campinas, onde iniciou a carreira em rádios da cidade, na década de 1960. O enterro está marcado para as 16h no Cemitério Parque Flamboyant.

    Atendimento
    O narrador chegava a Uberlândia para cobrir o jogo entre Atlético-MG e Corinthians, marcado para a tarde deste domingo no Estádio Parque do Sabiá, pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro. Segundo assessoria da Infraero, Luciano do Valle estava no voo da TAM (3244), de Congonhas-Uberlândia e passou mal ainda no avião, que pousou às 14h30 na cidade. A Infraero disponibilizou um desfibrilador e bombeiros do aeroporto, que o levaram até o hospital.  Um médico cardiologista de Uberlândia, que estava no voo, auxiliou nos primeiros socorros.
    De acordo com o Hospital Santa Genoveva, o narrador deu entrada às 15h10 com parada respiratória e foi direto para Unidade de Terapia Intensiva. O óbito foi confirmado às 16h15.
    •  
    Luciano do Valle dedicou vida ao jornalismo esportivo (Foto: Adir Mera / O Globo)Luciano do Valle dedicou vida ao jornalismo
    esportivo (Foto: Adir Mera / O Globo)
    Histórico
    Ao longo de 50 anos de carreira, Luciano do Valle se tornou um dos maiores narradores esportivos do Brasil. Torcedor da Ponte Preta, ele iniciou a trajetória na Rádio Central de Campinas, e ganhou destaque pela Rádio Nacional, na capital paulista.

    No início da década de 70, entrou na TV Globo e participou de grandes coberturas esportivas. Foi um dos narradores da Copa do Mundo da Alemanha, em 1974, e depois se tornou o principal locutor da emissora. Além disso, narrou corridas de históricas da Fórmula 1, como o bicampeonato de Emerson Fittipaldi, e a Copa de 1982, na Espanha.

    Luciano passou pela TV Record e seguiu para a TV Bandeirantes, onde estava até agora. Em mais de 20 anos na Band, se firmou como o maior nome do esporte na emissora.
    Fonte: G1

    Narrador Luciano do Valle morre após passar mal em Uberlândia

    Narrador Luciano do Valle morre após passar mal em Uberlândia

    Narrador esportivo estava na cidade para cobrir jogo do Brasileirão.
    Corpo deve ser levado para São Paulo ainda na noite deste sábado.


    O narrador esportivo Luciano do Valle, de 66 anos, morreu na tarde deste sábado (19) emUberlândia, depois de passar mal e ser internado em um hospital particular da cidade. Ele saiu de São Paulo (SP) e foi socorrido ainda no aeroporto do município mineiro, pelo Corpo de Bombeiros.
    O narrador chegava a Uberlândia para cobrir o jogo entre Atlético-MG e Corinthians, que acontece neste domingo (20) no Estádio Parque do Sabiá, pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro (Brasileirão).
    Segundo assessoria da Infraero, Luciano do Valle estava no voo da TAM (3244), de Congonhas-Uberlândia. Ele passou mal ainda no avião, que pousou às 14h30 na cidade. A Infraero disponibilizou um desfibrilador e bombeiros do aeroporto, que o conduziu até o hospital.  Um médico cardiologista de Uberlândia, que estava no voo, auxiliou nos primeiros socorros.
    De acordo com assessoria de imprensa do Hospital Santa Genoveva, o narrador deu entrada às 15h10 com parada respiratória e foi direto para Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O óbito foi confirmado às 16h15 .
    O jornalista da TV Globo Marco Aurelio Souza estava no mesmo voo do narrador e contou ao GloboEsporte.com o que se passou no avião. "Ele não se sentiu bem durante o voo. Não teve nenhum rebuliço no avião. Ele só comunicou à comissária que não se sentia bem e pediu que, quando o avião descesse, chamassem um médico. Estava na primeira fileira. Todos os passageiros saíram, mas ele permaneceu. Quando eu saía, o comandante já tinha saído da cabine e conversava com ele indicando que tinha chamado um médico. A gente ficaria no mesmo hotel. Quem me relatava as coisas era o Fernando Fernandes, da Band. O Luciano já foi muito mal para o hospital. Meia hora depois, o Fernando me ligou para dizer que ele tinha morrido de um problema do coração", relatou o jornalista.
    No início da noite, o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Uberlândia. A família do narrador chegou à cidade por volta das 20h e, segundo a Funerária Paz Universal, o corpo foi transportado para Campinas as 23h30. “Não se sabe o motivo ainda, por isso a necropsia será importante. Ele veio cobrir o jogo e estava tudo normal, mas infelizmente foi uma surpresa que pega todos do grupo Bandeirantes. Ele estava com o Fernando Fernandes, o produtor e toda equipe”, disse o diretor geral da Bandeirantes Triângulo, Ricardo Cunha Soares.
    Enterro
    O velório do narrador esportivo Luciano do Valle acontece neste domingo (20) na Câmara Municipal de Campinas (SP) e o enterro está marcado para as 16h no Cemitério Flamboyant, em Campinas.

    Histórico Luciano do Valle
    Luciano do Valle dedicou vida ao jornalismo esportivo (Foto: Adir Mera / O Globo)Luciano do Valle dedicou vida ao jornalismo
    esportivo (Foto: Adir Mera / O Globo)
    Luciano do Valle Queiroz era natural de Campinas e trabalhava atualmente na TV Bandeirantes. Ele foi narrador esportivo da TV Globo por onze anos. Era considerado um dos principais profissionais da imprensa do país, transmitindo Fórmula 1, Fórmula Indy Olimpíadas, Copa do Mundo, e também apresentador do tradicional Globo Esporte.

    ÍCONE DA COMUNICAÇÃO Morre o narrador Luciano do Valle

    ÍCONE DA COMUNICAÇÃO

    Morre o narrador Luciano do Valle


    duvalle
    O narrador completaria 51 anos de carreira. Sua última narração foi o jogo entre Santos e Ituano
    FOTO: DIVULGAÇÃO
    Luciano do Valle, 66, narrador esportivo da rede Bandeirantes, morreu ontem após passar mal dentro de um avião com destino a Uberlândia, onde iria transmitir o jogo entre Atlético-MG e Corinthians. Ele chegou a ser levado para um hospital na cidade mineira, mas não resistiu.
    Principal voz do esporte na emissora, Luciano do Valle teve duas passagens pelo grupo: de 1983 a 2003 e de 2006 até os dias de hoje.
    Além de se especializar na narração do futebol, ele foi um dos grandes divulgadores dos esportes olímpicos. Narrou boxe, onde lançou Maguila, e foi um dos ícones da geração de prata do vôlei masculino na década de 1980. De acordo com o repórter Fernando Fernandes, que acompanhava Luciano do Valle no voo para Uberlândia, o locutor se queixava de dores nas costas antes de embarcar. Já no avião, ele passou mal, começou a transpirar e a ficar pálido.
    Um médico que viajava à cidade mineira prestou os primeiros atendimentos ao jornalista e solicitou uma ambulância para recebê-los no aeroporto.
     
    Durante o trajeto ao hospital Santa Genoveva, em Uberlândia, o quadro de Luciano do Valle se agravou e ele apresentou dificuldades para respirar. Após dar entrada no hospital por volta das 15h15, ele morreu às 16h15.
    Morte súbita
    Para o médico que socorreu Luciano do Valle no avião, o narrador sofreu uma morte súbita "que acontece menos de uma hora após começarem os sintomas.
    "As hipóteses vão desde interdição de aorta, embolia pulmonar ou a um infarto, e isso só será definido após necropsia. Ele não sofreu e teve o atendimento que precisava", afirmou.
    Carreira
    Em 1963, com apenas 16 anos, Luciano do Valle começou sua carreira como locutor da Rádio Brasil, de Campinas (SP). Quatro anos depois, foi para São Paulo e passou a trabalhar na Rádio Gazeta e ela foi o trampolim para a TV, em 1971.
    Luciano passou 11 anos na Globo e narrou não só futebol como boa parte das conquistas de Emerson Fittipaldi na F-1 - mais tarde o acompanharia na Fórmula Indy, com a Band. Também narrou várias Olimpíadas. Em 1974, tornou-se o principal locutor da Globo, numa época pré-Galvão Bueno.
    Fonte: Diário

    Fã diz que Michael Jackson não morreu e mostra vídeo do astro vivo

    Fã diz que Michael Jackson não morreu e mostra vídeo do astro vivo

    O vídeo, registrado por um jornalista, pode ser a prova de que o astro pop não morreu. A imagem, registrada em Paris, na França, supostamente mostra o cantor fazendo compras. Assista à matéria e veja o flagra que pode abalar o mundo da música.

    Fonte: R7