Buscar

19 fevereiro 2014

Nhac! Franciele troca de roupa embaixo do edredom e leva mordida de Diego

Nhac! Franciele troca de roupa embaixo do edredom e leva mordida de Diego


Franciele volta do banho e entra no Quarto Festa. A gaúcha vai para debaixo do edredom para mudar de roupa. Ao se trocar, Franciele solta um grito. "Ai, ele está me mordendo".
Quando acaba de se vestir, Diego fala para ela sair. "Mete o pé". "Odeio que me falem isso. O último que me falou isso apanhou", responde Franciele.
Acompanhe o Gshow nas redes sociais: curta a fanpage Portal Gshow, e siga@Gshow no Twitter e no Pinterest.
Fonte: Gshow

Brasil aumenta doações de órgãos, mas não atinge meta de associação

Brasil aumenta doações de órgãos, mas não atinge meta de associação

Entidade brasileira contabiliza 7.649 transplantes em 2013.
Taxa é de 13,2 doadores por 1 milhão de habitantes; meta era 13,5.


Doações de órgãos (Foto: Arte/G1)
O número de doações e transplantes de órgãos cresceu no país em 2013. O Brasil, no entanto, não conseguiu atingir a meta proposta pela Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO) de uma taxa de 13,5 doadores por 1 milhão de habitantes. O índice ficou em 13,2.
Segundo os dados da entidade, divulgados nesta quarta-feira (19), foram realizados no ano passado 7.649 transplantes de órgãos – ante 7.456 em 2012.
Ao todo, 2.526 doaram órgãos – sendo que 68% doaram mais de um. O número só não foi maior porque a recusa das famílias em autorizar a retirada subiu: de 41% para 47% das consultadas. Além da negativa dos parentes, outros fatores como paradas cardíacas e contraindicações médicas fizeram com que 6.345 potenciais doadores fossem perdidos.

Avaliação positiva de Dilma volta a cair e vai 36,4%

Avaliação positiva de Dilma volta a cair e vai 36,4%


A avaliação positiva da presidente Dilma Rousseff (PT) voltou a cair e interrompeu a trajetória de recuperação após a onda de protestos em junho, aponta pesquisa divulgada hoje pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), feita pelo instituto MDA.

Dilma obteve 36,4% de avaliação positiva (ótimo ou bom). A avaliação negativa foi de 24,8%. A pesquisa foi feita entre os dias 9 e 14 de fevereiro com 2.002 pessoas e tem margem de erro de 2,2 pontos percentuais.

Em novembro, a avaliação positiva da presidente havia sido de 39%, a melhor após a queda brusca detectada em julho. Em junho, antes dos protestos, ela tinha 54,2% de avaliação positiva. No mês seguinte, caiu para 31,3%.

A aprovação da presidente também caiu. De 58,8% em novembro, chegou a 55% neste mês de fevereiro. O pior índice foi em julho, de 49,3%.

A cerca de oito meses da eleição, a presidente continua favorita na corrida pelo Palácio do Planalto. O resultado foi semelhante ao de novembro, com reeleição da petista no primeiro turno.

No cenário sem Marina Silva (PSB) e com Eduardo Campos (PSB), Dilma atinge 43,7% de intenções de voto. Aécio Neves (PSDB) tem 17% e Campos tem 9,9%.

Com Marina na disputa, Dilma cai para 40,7%, enquanto Marina chega a 20,6%. Aécio Neves tem 15,1% nesse cenário.

Facebook sabe quando você vai começar a namorar, diz pesquisa

Facebook sabe quando você vai começar a namorar, diz pesquisa

Dez dias antes de assumir um relacionamento sério, homens e mulheres costumam publicar atualizações de status com palavras como ''amo'', ''feliz'' e ''legal''


Uma pesquisa divulgada pelo Facebook nesta semana mostra que é possível prever quando um usuário vai começar a namorar. Is só baseado nos hábitos dos usuários. A pesquisa realizada pelo Facebook em pleno Valentine’s Day.
Segundo a rede social, o levantamento mostrou que nos 100 dias anteriores ao anúncio do namoro, os futuros pombinhos costumam intensificar suas interações, com curtidas, comentários em posts, compartilhamentos e mensagens, além das famosas cutucadas.
No meio virtual o tempo de paquera é geralmente três meses, neste meio tempo quanto mais perto da data em que fica público o relacionamento sério, mais estreitas estão as relações.
Ainda de acordo com a pesquisa, dez dias antes de assumir umrelacionamento sério, homens e mulheres costumam publicaratualizações de status com palavras como “amo”, “feliz” e “legal”. Logo no primeiro dia depois do anúncio, ocorre o ápice da felicidade nas publicações, com um crescimento exponencial de mensagens positivas; permitindo a previsão.
Entre os usuários da rede social as datas preferidas para mudança de status são os dias 14 e 15 de fevereiro (semana de Valentine's Day), a véspera e o dia de Natal, além das tradicionais brincadeiras de 1º de abril.
Já os meses de nos meses de março, julho e no começo de dezembro os relacionamentos costumam ter seu fim.

10 coisas que fazem as pessoas realmente comprometidas

10 coisas que fazem as pessoas realmente comprometidas


Desenvolva comportamentos e atitudes de comprometimento no seu trabalho e na sua vida pessoal.
Saiba quais são as habilidades necessárias para melhorar a sua empatia, agilidade, participação, persistência e entusiasmo:
  • Procurar colocar-se no lugar das outras pessoas; sentir o que as outras sentem;
  • Prestar atenção em tudo o que faz, no detalhe do detalhe;
  • Terminar o que começar e não deixar as coisas pela metade;
  • Apresentar soluções e não mais problemas;
  • Perguntar o que não sabe e demonstrar vontade de aprender;
  • Cumprir prazos e horários;
  • Não viver dando desculpas por seus atos e nem procurar culpados;
  • Não viver reclamando da vida e falando mal das pessoas. Agir para modificar a realidade;
  • Não desistir facilmente. Não descansar enquanto não resolver um problema;
  • Estar sempre pronta (o) a colaborar com as outras pessoas e a participar. Dar ideias.
A pessoa realmente comprometida você sabe quem é! É aquela que você pode contar com ela.
Clique aqui e matricule-se!

FGTECH Informática






Mais Informações no Site


O uso do vibrador é prejudicial?

O uso do vibrador é prejudicial?



"Se a mulher usar constantemente o vibrador poderá ser prejudicial para a saúde? E com o tempo poderá ter mais dificuldade em sentir prazer com o companheiro?"

Aqui fica mais um pedido de ajuda de um leitor do nosso BLOG.
Aproveite e dê o seu apoio através de um comentário!

Estes testemunhos são reais e poderão ajudá-l@ a compreender também os seus problemas...
PARTILHE AS SUAS EXPERIÊNCIAS ... AJUDE OS OUTROS !!!

(Nota: alguns destes pedidos serão publicados na Revista ANA de forma anónima)


Cara leitora julgo que a sua questão se baseia, essencialmente, num mito que apenas serve para gerar sentimento de culpa nas mulheres e impedi-las de terem uma vida sexual mais gratificante ou, pelo menos, mais variada. 

Não é por acaso que pode encontrar vibradores de todas as formas e tamanhos pois, cada vez mais, é reconhecida a sua importância na variedade e enriquecimento das oportunidades sexuais. Não há qualquer verdade na ideia de que as mulheres podem ficar viciadas no vibrador. 

Apesar dos orgasmo provocados por um vibrador poderem ser mais intensos e durarem mais tempo do que quando fazem amor, muitas mulheres sentem a falta de uma série de outras sensações físicas e emocionais inerentes ao sexo corpo a corpo. 

Outro mito muitas vezes associado ao uso de vibradores é que “alarga” a vagina, porém esta ideia é totalmente descabida visto que, durante a excitação, a vagina aumenta de diâmetro e adapta-se à introdução do pénis ou de “brinquedos sexuais” e volta ao seu estado normal ao cessar a excitação. 

Finalmente, importa referir que apesar de alguns homens se sentirem constrangidos com a presença de um vibrador, durante a atividade sexual, por julgarem que isso significa que não são “suficientemente homens” ou bons amantes, outros ficam super excitados e aceitam naturalmente enriquecer os jogos sexuais com alguns “brinquedos”. Tudo depende da autoconfiança e da capacidade de aceitar variações, na atividade sexual, de cada um. 

Obrigado pela sua questão,



Psicólogo - Sexólogo Clínico
Tel: 969091221

CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

CRÔNICAS DE RUFINO SILVA

Veio a tarde. O céu totalmente nublado, onde as nuvens se misturavam no firmamento e eu aqui com os olhos fitos na estrada, na esperança que que pudesse melhorar meu astral. Não consigo. Para completar chega a chuva em forma de neblina. As gotas dágua, caem em meu rosto e de repente uma lágrima também se esvai. O silêncio num misto de protesto, como se não gostasse de mim, toma conta do ambiente e me deixa nesse clima de animosidade, como se eu estivesse perdido no tempo e no espaço. Estou na estrada parado e olhando os carros a passar por mim. Ninguém sequer olha para esse andarilho, apenas algumas poças dágua a refletir em mim, uma imagem perdida, sem esperança de seus sonhos mal sonhados, trazerem algo de concreto. A chuva aumenta, aumenta ainda mais essa desolação que me invade o coração. São perspectivas vãs, são pensamentos meus, perdidos na encruzilhada da vida e em meus anseios nunca alcançados. Acho que morri. Ou então morreu em mim, um resto de esperança que ainda alimentava meu ego, trazendo um pequeno conforto que ainda poderia ser feliz... já chegou á noite sorrateiramente, algumas sombras rasteiras se apresentam a minha frente. É o anunciar de uma estranha visão... Sei não, parece-me que é o rosto imaginário onde pouco a pouco se perdeu na fria escuridão. Uma imagem perdida na imensidão do horizonte, talvez quem sabe, algo que pudesse me tirar desta meiga fantasia que um dia eu ainda pudesse ser feliz. ( Rufino Silva ) 30.01.2014.
 

CADA VEZ MAIS ESTOU CONVENCIDO QUE NEM SEMPRE A FÉ ESTÁ ACIMA DE TUDO, SE NÃO COLOCARMOS NELA AÇÃO E UMA PRÁTICA DE CARIDADE CRISTÃ. EXEMPLO: ESTAVA EU, NESTA TARDE DE DOMINGO, ANTES DO JOGO DO MEU LEÃO, NO TRIANGULO DE ARACOIABA, ONDE FICAM INSTALADOS O POSTO DE COMBUSTÍVEIS, UMA CHURRASCARIA E UMA OFICINA MECÂNICA. POIS BEM, DE REPENTE CHEGOU PERTINHO DE MIM, UMA SENHORA, MEIO GORDA, DE ASPECTO SOFRIDO E CANSADA. ELA ESTAVA A VAGAR E TENTANDO IR PARA QUIXADÁ, ONDE LÁ ESTARIAM PARENTES SEUS, A SUA ESPERA. INFELIZMENTE, SEM UM TOSTÃO NO BOLSO E MUITA FOME... ELA TENTOU SENSIBILIZAR ALGUMAS PESSOAS EM SEU REDOR. SEM RESULTADO. MESMO A AFIRMANDO QUE ESTAVA MORRENDO DE FOME... E EU, Á DISTANCIA, ASSISTINDO TODAS A ESSAS CENAS, DEPRIMIDO E CHATEADO. VIA NAQUELE MOMENTO, COMO O MUNDO É MAL E INSENSÍVEL... TINHA IDO TAMBÉM AQUELE LOCAL, PARA ABASTECER O MEU CARRO E NA SEGUNDA COMEÇAR A LUTA NOVAMENTE... O QUE EU PODERIA FAZER? PRATICAMENTE SEM DINHEIRO NO BOLSO... O QUE TINHA ERA POUCO, MAS DARIA PARA, PELO MENOS ALIVIAR SUAS NECESSIDADES. FOI QUANDO EU A CHAMEI E DISCRETAMENTE, DIVIDI UM POUCO DO QUE TINHA PARA A MESMA SACIAR SUA FOME... SAÍ DAQUELE LOCAL E VOLTEI PRA CASA, DECEPCIONADO, DESENCANTADO DO MUNDO E DE SUA CRUELDADE, PARA COM SEUS SEMELHANTES. SAÍ TRISTE E NÃO OLHEI PRA TRAZ. PENA QUE NÃO PUDESSE FAZER MAIS POR AQUELA POBRE E DESVALIDA CRIATURA, QUASE UM FARRAPO HUMANO. PENA QUE TINHA SAIR E NÃO PODER TER TIDO A CHANCE DE FAZER MAIS POR ELA E AJUDÁ-LA ATÉ CHEGAR AO SEU DESTINO. QUIXADÁ. DEUS VAI OU FARÁ ALGUMA COISA POR ELA. FIZ TÃO POUCO... 12.01.2014. ( RUFINO SILVA )

..................................................................................................................................................

DIA 17/01/14
MANHÃ DE SEXTA-FEIRA
PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACOIABA

GANHEI MAIS UM ESPAÇO PARA EXPOR MINHA MANEIRA DE REDIGIR, SOBRETUDO, DE TENTAR RETRATAR MEU DIA A DIA ATRAVÉS DOS FLAGRANTES DA VIDA,PORQUE NÃO DIZER, DO NOSSO QUOTIDIANO. RECEBI E ACEITEI DO NOSSO GRANDE BLOGUEIRO DE ARACOIABA, JOSENI, O PARCEIRO, COMO É CARINHOSAMENTE CONHECIDO, A INCUMBÊNCIA DE POSTAR EM SEU FABULOSO BLOG, MEUS ESCRITOS, INDEPENDENTEMENTE DO TEMA E DO MEU GOSTO DE ESCREVER... ESCREVER É MEU DOCE HÁBITO. ESPECIALMENTE EXTRAIR DE MINHA INTIMIDADE E VASÃO, UM SENTIMENTO SUBLIME E SINCERO. AGRADEÇO PENHORADAMENTE ESSA OPORTUNIDADE ME DADA, PELO MEU EX-DISCÍPULO, NO CASO, O PARCEIRO DESTE BLOG, JOSENI, POIS HÁ UM DETERMINADO TEMPO, A GENTE TRABALHOU JUNTO, NA NOSSA PREFEITURA ÉRAMOS COLEGAS DO MESMO DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE NOSSA CIDADE, ARACOIABA. MÃOS Á OBRA... ESPERO QUE ESSES ESCRITOS POSSAM SER DO AGRADO DO NOSSOS LEITORES E QUE POSSAM TIRAR DOS MESMOS, O DEVIDO PROVEITO LITERÁRIO, SOBRETUDO MORAL, INTELECTUAL E PSICOLÓGICO. ABRAÇOS. VAMOS Á LUTA... 17.01.2014.

Sorteio da Mega-Sena pode pagar R$ 105 milhões nesta quarta-feira

Sorteio da Mega-Sena pode pagar R$ 105 milhões nesta quarta-feira

Prêmio pode render R$ 643 mil mil por mês ou R$ 21,4 mil por dia.
Apostas podem ser feitas até as 19h de Brasília


O concurso 1.575 da Mega-Sena, que será realizado nesta quarta-feira (19), deve pagar R$ 105 milhões ao apostador que acertar as seis dezenas sorteadas. O sorteio acontecerá às 20h25, em Osasco (SP).
Segundo a Caixa Econômica Federal, se o apostador aplicar o dinheiro na poupança, deve receber R$ 643 mil por mês ou R$ 21,4 mil por dia. Além disso, com o valor é possível comprar  dez apartamentos com vista para o mar de Copacabana (RJ).
Este é o segundo maior prêmio de concursos regulares da Mega-Sena. O primeiro pagou R$ 119 milhões, para apenas um apostador, no concurso 1.220, em 6 de outubro de 2010.
Caso o apostador queira aumentar suas chances de ganhar,  pode fazer apostas múltiplas.
Veja a probabilidade de ganhar:
Quantidade
Nº Jogados
Valor de ApostaProbabilidade de acerto (1 em...)
6R$ 2,0050.063.860
7R$ 14,007.151.980
8R$ 56,001.787.995
9R$ 168,00595.998
10R$ 420,00238.399
11R$ 924,00108.363
12R$ 1.848,0054.182
13R$ 3.432,0029.175
14R$ 6.006,0016.671
15R$ 10.010,0010.003








Para apostar
A Caixa Econômica Federal faz os sorteios da Mega-Sena duas vezes por semana, às quartas-feiras e aos sábados. As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 2.
Fonte: G1

Criança de seis anos é morta com um tiro na porta de casa em Teresina

Criança de seis anos é morta com um tiro na porta de casa em Teresina

Segundo polícia, crime aconteceu nessa terça-feira (18), na Vila Carolina.
Felipe Athos de seis anos foi morto com um tiro no peito na porta de casa.


Felipe Athos, de 6 anos, foi assassinado com um tiro em Teresina (Foto: Arquivo pessoal)Felipe Athos, de 6 anos, foi assassinado com um
tiro na porta de casa (Foto: Arquivo pessoal)
Felipe Athos Lima Guerra, seis anos de idade, foi morto com um tiro na porta de casa por volta das 20h dessa terça-feira (18) em Teresina. O crime aconteceu quando dois jovens em uma motocicleta promoveram um tiroteiro na Vila Carolina, Zona Sul. De acordo com a polícia, o suspeito atirou em direção a um jovem que estava na porta de casa na companhia de duas crianças, entre elas Felipe que foi atingido no peito.
Segundo o comandante de policiamento da capital, coronel Alberto Meneses, um dos suspeitos tem apenas 15 anos de idade e com passagens pela polícia, inclusive, por envolvimento em outro homicídio.

'Só por ser negro, confundiram-me com ladrão', diz policial do ES

'Só por ser negro, confundiram-me com ladrão', diz policial do ES

Ele comprou 2 garrafas de vinho e foi revistado em supermercado. 
Estabelecimento não quis falar sobre o assunto.


“Só porque sou negro e ando às vezes de chinelo, confundiram-me com ladrão”, foi o que disse, chorando, o cabo da Polícia Militar e estudante de direito, Edson Rosa. Após comprar duas garrafas de vinho em um hipermercado na avenida Nossa Senhora da Penha, em Vitória, na noite desta terça-feira (18), os seguranças do estabelecimento ordenaram que o militar tirasse a roupa para ser revistado. Com o comprovante de pagamento dos produtos em mãos, Edson Rosa chamou a polícia e os envolvidos foram para o Departamento de Polícia Judiciária de capital do Espírito Santo. O Ok Hipermercado informou na manhã desta quarta-feira (19) que o fato não ocorreu e está buscando as imagens dentro da loja para comprovar e levar em juízo.
Edson é cabo da Polícia Militar há 21 anos, além de ser estudante de direito. Na folga do trabalho, de chinelo, bermuda e camiseta, ele entrou no hipermercado para comprar duas garrafas de vinho para passar a noite na casa da namorada, mas acabou no DPJ de Vitória.
Mandou eu tirar a roupa e me fez despir dentro do banheiro, uma coisa muito constrangedora"
Cabo da PM, Edson Rosa
As garrafas estavam dentro da sacola do supermercado, com nota fiscal do produto pago no valor de R$ 75, mas segundo o militar, a suspeita dos seguranças era de que ele teria furtado a mercadoria do estabelecimento.
De acordo com o cabo, depois de pagar pelas garrafas de vinho, ele foi ao banheiro. Os seguranças foram atrás, o abordaram e pediram que ele tirasse a roupa durante uma revista. “Perguntaram-me: o senhor pagou esse vinho? Eu disse que sim e que tinha a nota. Mandou eu tirar a roupa e me fez despir dentro do banheiro, uma coisa muito constrangedora. É uma situação difícil, eu queria morrer a passar por isso. Sempre trabalhei e estudei. É como se eu tivesse tomado uma punhalada nas costas”, detalhou Edson.
Ele acredita que passou por essa situação por ser negro e pela forma como estava vestido. “É o preconceito racial e social que cresce num país democrático de direito que a gente sofre diuturnamente”, desabafou o cabo.
A Associação de Cabos e Soldados informou que vai entrar na Justiça com pedido de punição para o supermercado e seguranças. “As pessoas têm que parar de julgar os outros pela aparência, têm que aprender um pouco mais a respeitar o ser humano, independente da cor da pele ou roupa que ele está usando. Se alguém chega lá de terno e gravata, é tratado de uma forma, se chega com camiseta e uma sandalinha, é tratado de outra. Acho que é o momento de refletir sobre isso, respeitar as pessoas independente da sua aparência, condição social ou cor da pele”, disse o presidente da associação Flávio Gava.
'Só por ser negro me confundiram com ladrão', diz policial do Espírito Santo (Foto: Reprodução/TV Gazeta)'Só por ser negro me confundiram com ladrão', diz policial do ES. (Foto: Reprodução/TV Gazeta)
Fonte: G1

Mãe pede para escola reprovar aluno de 10 anos que não sabe ler

Mãe pede para escola reprovar aluno de 10 anos que não sabe ler

Estudante de pedagogia diz que não quer que filho seja aprovado sem saber.
Direção de escola em Cuiabá alega que retenção não está prevista pelo ciclo.


Mateus Antero estuda na Escola Estadual Malik Didier (Foto: Jonathan Cosme/ TV Centro América)Entrada da Escola Estadual Malik
Didier (Foto: Jonathan Cosme/ TV Centro América)
Frequentar a escola regularmente para aprender a ler e a escrever não tem dado certo para um dos alunos da Escola Estadual Malik Didier Namer Zahafi, no Bairro Pedra 90, emCuiabá. Uma estudante de pedagogia, mãe de um aluno de 10 anos, disse ter implorado para a direção da unidade de ensino reprová-lo. O menino está no quinto ano do 'Ciclo de Formação Humana', que corresponde à quarta série do ensino fundamental, mas não sabe ler, nem escrever.
"Ele só sabe copiar do quadro, então acho melhor retê-lo do que aprová-lo sem que ele apresente condições para isso", disse ao G1. Ela afirmou ter exposto a situação durante reunião realizada recentemente entre a assessoria pedagógica da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) e pais de alunos, mas a resposta foi que não poderiam retê-lo, pois o sistema de ensino não permite. "Eles [direção da escola] dizem que ele [filho] aprenderá no tempo dele, mas não acho normal. O que será do futuro do país?", questionou.

Raposa sobrevive após ser atingida por carro e ficar presa em parachoque

Raposa sobrevive após ser atingida por carro e ficar presa em parachoque

Episódio curioso ocorreu em Litomerice, na República Tcheca.
Policiais pararam carro ao avistar cauda na parte da frente do carro.

Policiais de Litomerice, na República Tcheca, ficaram surpresos ao pararem um veículo com um objeto estranho no parachoque e descobrirem que se tratava de uma raposa viva, que estava presa na peça.
Animal ficou preso em parachoque após ser atingido por carro na República Tcheca (Foto: Divulgação/Litomerice City Police)Animal ficou preso em parachoque após ser atingido por carro na República Tcheca (Foto: Divulgação/Litomerice City Police)
De acordo com o jornal tcheco “Idnes”, o motorista David Mikeska, de 38 anos, confirmou que havia atingido o animal, mas pensava que ele havia fugido ao olhar para fora do veículo e não encontrar nenhum corpo nas proximidades.
A raposa acabou ficando presa em um pequeno espaço entre o parachoque e a placa, e seguiu viagem até o carro ser parado pela polícia, quando um oficial viu uma cauda pendurada na frente do carro.
Os bombeiros foram chamados e conseguiram libertar o animal, que não ficou ferido com gravidade, e fugiu para a floresta assim que foi posto no chão.
Oficial pediu para motorista parar após flagrar cauda pendurada para fora do parachoque (Foto: Divulgação/Litomerice City Police)Oficial pediu para motorista parar após flagrar cauda pendurada para fora do parachoque (Foto: Divulgação/Litomerice City Police)
Fonte: G1

Entidade estuda refiliação de juiz que ironizou demora para voltar ao cargo

Entidade estuda refiliação de juiz que ironizou demora para voltar ao cargo

Associação de juízes diz que em 2011 ele agridiu colegas verbalmente.
'Capachos dos bandidos de toga', postou em rede social juiz afastado.


Post feito pelo juiz federal de Brasília Marcelo Cesca em rede social (Foto: Facebook/Reprodução)Post feito pelo juiz federal de Brasília Marcelo Cesca
em rede social (Foto: Facebook/Reprodução)
A Associação dos Juízes Federais do Brasil abriu processo disciplinar para avaliar se o juiz federal Marcelo Antônio Cesca, que ironizou em fotos postas em redes sociais a demora da Justiça para analisar a volta dele ao trabalho, deve voltar a ser filiado à entidade. De acordo com a organização, ele se desligou após a abertura de um processo administrativo disciplinar, em dezembro de 2011, que investigava as reiteradas agressões verbais do magistrado contra os colegas e familiares deles.
A entidade disse que Cesca pediu a refiliação no final de janeiro e que tem até esta quinta-feira (20) para apresentar defesa em relação ao caso. Um dos alvos do juiz, o presidente da entidade, Nino Toldo, informou que não vai se pronunciar a respeito do caso.
G1 procurou Cesca, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem. Em nova postagem feita na madrugada desta quarta-feira (19), o magistrado criticou a associação e os membros, pedindo a renúncia do presidente e da atual diretoria. "Podem me processar à vontade, capachos dos bandidos de toga", disse.
Cesca foi afastado do cargo em novembro de 2011, depois de um surto psicótico. Em maio de 2013, três psiquiatras emitiram laudo dizendo que ele estava apto a trabalhar. O caso não foi analisado ainda. Em nota, o TRF 1 disse estar "empenhado na rápida solução do processo". O tribunal se posicionou após ser oficiado pelo Conselho Nacional de Justiça, depois que o caso ganhou repercussão na imprensa.
“Eu agradeço ao Conselho Nacional de Justiça por estar há 2 anos e 3 meses recebendo salário integral sem trabalhar, por ter 106 dias de férias mais 60 dias pra tirar a partir de 23/03/14, e por comemorar e bebemorar tudo isso numa quinta-feira à tarde ao lado de minha amada gata de 19 anos! Longa vida ao CNJ e à Loman [Lei Orgânica da Magistratura Nacional]!”, escreveu na legenda de uma delas.
Post do juiz federal Marcelo Antônio Cesca em rede social em que 'protesta' contra demora do CNJ em aprovar retorno dele ao trabalho (Foto: Reprodução)Post do juiz federal Marcelo Antônio Cesca em rede social em que 'protesta' contra demora do CNJ em aprovar retorno dele ao trabalho (Foto: Reprodução)

Nível de água nos reservatórios da Cantareira atinge 18,2%

Nível de água nos reservatórios da Cantareira atinge 18,2% 

Nesta terça, Alckmin descartou racionamento de água. 
Segundo a Sabesp, não choveu na região dos reservartórios.


Sistema Cantareira 07/02 (Foto: Reprodução/TV Globo)Sistema Cantareira 07/02
(Foto: Reprodução/TV Globo)
Um dia após o governador Geraldo Alckmin descartar racionamento de água na capital, o nível nos reservatórios da Cantareira voltou a cair nesta quarta-feira (19). Desta vez, o índice chegou a 18,2%. Nesta terça-feira (18), o índice caiu para 18,4% após ficar um dia sem queda.
Apesar da nova queda, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo(Sabesp) não soube informar qual é o limite que o Sistema Cantareira suporta até que se deva começar um possível racionamento.
Ainda segundo a Sabesp, não choveu nada na região dos reservatórios, o que agravou a situação. A chuva é necessária no sul de Minas Gerais, em Bragança Paulista e em Vargem Grande. Formado por quatro represas, o sistema é responsável por abastecer casas de mais de 8 milhões de pessoas na Grande São Paulo.

‘Tudo mudou drasticamente’ após protestos, diz brasileira em Kiev

‘Tudo mudou drasticamente’ após protestos, diz brasileira em Kiev

Escolas, escritórios e metrô estão fechados, segundo Eveline Buchatskyi.
Pelo menos 25 pessoas morreram em manifestações nesta terça (18).


Eveline participa de manifestação em novembro, na Praça da Independência, em Kiev, quando a onda de confrontos entres manifestantes e polícia ainda não havia começado (Foto: Reprodução/Facebook/Eveline Buchatskyi)Eveline participa de manifestação em novembro, na
Praça da Independência, em Kiev, quando a onda
de confrontos entres manifestantes e polícia ainda
não havia começado (Foto: Reprodução/Facebook/
Eveline Buchatskyi)
A situação na Ucrânia mudou drasticamente nesta terça-feira (18) com os protestos mais violentos desde o início da crise no país, e o clima na capital Kiev é de medo e tensão, com escolas, escritórios e transportes fechados, relatou nesta quarta-feira (19) ao G1 a brasileira Eveline Buchatskyi, que vive na capital ucraniana há sete anos com o marido e dois filhos.
“Tudo mudou drasticamente ontem de manhã [terça] e a situação nunca esteve tão grave em toda a história da Ucrânia independente. Estamos em casa. A escola das crianças está fechada, assim como meu escritório. Não posso levar suprimentos para a zona de conflito, pois a polícia não deixa passar. Meu marido está em Lvov, cidade bastante afetada. Mas lá até mesmo a polícia e as forças especiais entendem que não podem parar os protestos”, contou Eveline.
A brasileira mora em um condomínio fechado longe do foco dos protestos, no Centro da cidade, mas trabalha perto da Praça Independência, onde os manifestantes estão concentrados. Na noite desta terça, teve dificuldades para ir para casa.
“Por volta das 18h meu marido me ligou dizendo que estava declarado o estado de emergência e que qualquer pessoa vista naquelas ruas seria considerada ‘terrorista’. Saí correndo do escritório. As ruas estavam lotadas de pessoas andando, pois o metro foi totalmente parado. O trânsito era impossível, muitas ambulâncias. Peguei o carro, mas só consegui andar 100 metros. Estacionei e voltei para o escritório”, contou.
Enquanto isso, Eveline manteve contato com seus filhos pela internet. “Tinha que voltar o mais rápido, pois sabia que a partir de meia-noite Kievseria totalmente fechada. Por volta das 21h meus colegas de trabalho foram para a zona de batalha, e eu aproveitei para fugir de carro para casa. Peguei um caminho diferente, mas dei sorte, pois quando cheguei em casa vi que tinham acabado de matar um policial na rua que peguei.”
Casada com um ucraniano, a brasileira de 43 anos nasceu em Santa Catarina e cresceu na Bahia, antes de fazer faculdade nos Estados Unidos. Ela trabalha administrando um fundo de investimento para empresas de tecnologia.
Na manhã desta quarta, segundo ela, a situação permanecia muito instável, com um clima de “tristeza, porém de luta” entre os ucranianos. Além das escolas e escritórios, o metrô também está fechado, o que afeta muito a vida dos moradores. “Kiev é uma cidade muito dependente de metro”, explica Eveline. “A coisa fica pior a cada hora. Mas o povo Ucraniano é muito resistente e não se entrega jamais.”
A brasileira relatou que entre os ucranianos corre a informação de que o governo contratou “criminosos” para se infiltrarem entre os protestantes – estes teriam sido os responsáveis pela morte do jornalista  Viacheslav Vereméi, do jornal local “Vesti”, que foi atingido por um tiro na cabeça. “É difícil de reconhecê-los, exceto que usam pequena faixa preto e vermelha na roupa”, contou.
A brasileira critica a ação do presidente ucraniano, que segundo ela, “parece viver em uma realidade paralela”. “Com toda esta situação ele insiste que todos voltem para suas casas e passem a viver vida normal. Os hospitais estão lotados, pedem doação urgente de sangue e todo tipo de medicamento. Mas temos dificuldade de doar, pois a polícia impede a passagem.  É impossível prever o que vai acontecer.”
Fonte: G1