Buscar

10 setembro 2014

CNT aponta 2º turno com empate técnico

t
Brasília. A pesquisa MDA, divulgada ontem pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), apontou que a presidente Dilma Rousseff fica à frente de Marina Silva no primeiro turno da corrida ao Palácio do Planalto. A presidente Dilma Rousseff está com 38,1% das intenções de voto e Marina, 33,5%. O candidato do PSB, Aécio Neves, oscilou para baixo e tem 14,7%.
Em relação à sondagem passada, a diferença entre as duas caiu no primeiro turno. Dilma tinha 34,2%, e Marina, 28,2%. O candidato do PSDB, Aécio Neves, alcançara 16%.
Segundo turno
A pesquisa MDA apontou que o segundo turno da eleição presidencial está em empate técnico. A candidata Marina num confronto de segundo turno contra a presidente Dilma teria 45,5% das intenções de voto, contra 42,7%, diferença de 2,8 pontos percentuais. No levantamento anterior, divulgado em 27 de agosto, Marina vencia Dilma por 43,7% contra 37,8% (5,9 pontos percentuais de diferença).
Na disputa entre Dilma e Aécio, a presidente se reelege com 47,5% e o tucano, 33,7%. Na sondagem anterior a diferença era de 43% para Dilma e 33,3% para o candidato do PSDB.
Numa disputa entre Marina e Aécio, a candidata do PSB registra 52,2% e Aécio, 26,7%. Na sondagem anterior, Marina registrava 48,9% e Aécio, 25,2%.
A pesquisa apontou ainda que para 49% dos entrevistados, a presidente Dilma Rousseff é quem vai vencer as eleições presidenciais. Para 34,9%, a candidata do PSB, Marina Silva, é a favorita, e para 6,2% o favorito é o tucano Aécio Neves.
Aprovação de Dilma
Na mesma pesquisa, a aprovação do desempenho pessoal da presidente Dilma subiu de 47,4% para 52,4% entre sondagens feitas no fim de agosto e início de setembro. A desaprovação pessoal caiu de 47,4% para 42,9%. Os que não sabem ou não responderam somam 4,7%.
A pesquisa MDA apontou que a avaliação positiva do governo Dilma subiu de 33,1% para 37,5% entre o fim de agosto e o início de setembro. No caso da avaliação negativa, em igual período, caiu de 28,9% para 23%.
Foram entrevistadas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 unidades da federação entre 5 e 7 de setembro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais. O levantamento foi registrado no TSE sob o protocolo BR-00574/2014.
Análise
O diretor do MDA, Marcelo Souza, afirmou que não enxerga mais uma tendência de crescimento nas intenções de voto de Marina em relação à presidente Dilma num confronto direto no segundo turno.
O crescimento de Dilma é atribuído a um "bom programa eleitoral" da presidente. Mesmo tendo sido concluída neste fim de semana, a avaliação é de que a pesquisa não captou efeitos do vazamento da delação premiada que vem sendo feita pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa.
Ibope mostra PSB à frente em SP e PT em 1º no Rio
São Paulo/ Rio de Janeiro. A presidente Dilma Rousseff (PT) ultrapassou a candidata do PSB, Marina Silva, no Rio e reduziu a vantagem da rival em São Paulo, segundo pesquisas Ibope divulgadas ontem pelo site G1.
No Rio, a retomada da liderança perdida para Marina acontece após a campanha de Dilma bater na tecla de que o PSB reduziria investimentos na exploração do petróleo na camada pré-sal, o que foi negado por Marina.
A intenção de voto em Dilma subiu de 32% para 37%, no Rio, segundo o Ibope. Já Marina caiu de 38% para 34%.
Em São Paulo, onde o PSDB detém o comando do governo estadual desde 1995 e caminha para nova vitória neste ano, Marina segue na liderança, embora sua vantagem tenha caído dentro da margem de erro. Marina tem 38% das intenções de voto no estado. Na pesquisa anterior, tinha 39%. No maior colégio eleitoral do País, a presidente Dilma oscilou de 23% para 25% das intenções de voto.
O Ibope ouviu 2.002 eleitores em São Paulo entre 4 e 9 de setembro. No Rio, o instituto ouviu 1.806 pessoas, de 5 a 8 de setembro. A margem de erro das duas sondagens é de dois pontos percentuais.
t
Fonte: Diário

Nenhum comentário:

Postar um comentário