Buscar

25 agosto 2014

Alckmin recebe alta e deixa hospital

Alckmin recebe alta e deixa hospital 

Equipe médica recomenda 'repouso relativo' e uso de medicamentos. Governador foi tratado com quadro de infecção intestinal bacteriana

Bruna Fasano
Geraldo Alckmin (PSDB), governador de São Paulo
Geraldo Alckmin (PSDB), governador de São Paulo (José Luis da Conceição/Divulgação/PSDB/VEJA)
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), candidato à reeleição, recebeu alta no final da manhã deste domingo do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas (Incor), onde estava internado desde a tarde de sexta‐feira. Alckmin foi submetido a tratamento de uma infecção intestinal causada por bactéria. 
Segundo o boletim médico divulgado pelo hospital neste domingo, o governador continuará a tomar medicamentos e foi recomendado “repouso relativo”. 
Na noite de sábado, Alckmin cancelou sua participação no debate promovido pela TV Bandeirantes entre os postulantes ao governo do Estado. Ele foi submetido a uma avaliação da equipe que o atende, liderada pelo secretário estadual de Saúde David Uip. 
O tucano, que possui histórico de problemas gastrointestinais, decidiu cortar a quantidade de café que consome diariamente, justamente por causa das dores no estômago. O governador não tem o hábito de almoçar e chega a tomar até dezoito xícaras de café por dia. 
Fonte: VEJA

Nenhum comentário:

Postar um comentário