Buscar

15 maio 2014

EM FORTALEZA Mais de 300 pessoas procuraram Prefeitura para se inscrever em casamento gay coletivo

EM FORTALEZA

Mais de 300 pessoas procuraram Prefeitura para se inscrever em casamento gay coletivo

Redação Web | 13h50 | 14.05.2014

A idade dos noivos vai de 18 a 50 anos


Casamento gay
A partir dessa união, os casais gays se igualam aos heterossexuais quanto aos direitos civis
FOTO: AGÊNCIA REUTERS
Entre o dia 6 e o dia 13 de maio, período em que ficaram abertas as inscrições doprimeiro casamento gay coletivo na Capital, mais de 300 pessoas entraram em contato com a Coordenadoria da Diversidade Sexual de Fortaleza para obter informações sobre a inscrição na cerimônia. No total, 30 casais - 22 formados por mulheres e 8 por homens - irão firmar seus direitos de forma igual a dos casais heterossexuais em uma cerimônia coletiva que acontece no próximo dia 7 de junho noParque das Crianças.
De acordo com Jorge Pinheiro, coordenador especial de politicas publicas para a diversidade sexual, a procura surpreendeu o órgão. Segundo ele, apesar do grande número de solicitações, não havia suporte para mais do que 30 casais nesta cerimônia, mas será formada uma lista de espera para as próximas celebrações coletivas que irão acontecer.
"Ainda não há data para o próximo casamento coletivo, mas é de interesse nosso promover mais ações como essa para pessoas que não têm como pagar os custos de um casamento civil", disse Pinheiro. Segundo ele, a idade dos noivos e noivas é variada, indo de 18 a 50 anos.
A ação aconteceu depois da aprovação de um requerimento do vereador Paulo Diógenes (PSD), que se casou com o administrador Tarcísio Rocha em janeiro de 2014.
A partir dessa união, os casais gays se igualam aos heterossexuais no que diz respeito à divisão de bens, adoção de filhos e direito a herança, por exemplo.
Os casais homoafetivos ganharam o direito de casar civilmente em maio de 2013, quando o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) obrigou a conversão da união estável em casamento, e também a realização direta de casamento civil entre pessoas do mesmo sexo.
"Fortaleza é a 3ª capital do Brasil com o maior número de homossexuais, perdendo apenas para o Rio de Janeiro e Brasília. Esse é apenas o primeiro casamento coletivo do Nordeste com a nova legislação, mas queremos continuar fazendo outros", disse o coordenador.
Fonte: Diário

Nenhum comentário:

Postar um comentário