Buscar

14 abril 2014

Teste alerta para risco de dirigir e teclar no celular ao mesmo tempo

Teste alerta para risco de dirigir e teclar no celular ao mesmo tempo

Segundo o governo americano, o risco de mandar mensagem ao volante é equivalente a dirigir depois de tomar quatro cervejas.


Usar o celular ao dirigir causa 1,6 milhão de acidentes por ano nos Estados Unidos e provoca a morte de 11 adolescentes todos os dias.
No Brasil, a equipe do Fantástico precisou ficar pouco tempo em uma passarela em cima de uma avenida movimentada em São Paulo. Registrou muita gente digitando no celular. Às vezes, usando até dois ao mesmo tempo. É difícil imaginar que um gesto tão rápido possa ser tão perigoso.
Para não ficar imaginando, a equipe filmou. Registrou de todos os ângulos um teste com quatro voluntários. Ele foi inspirado em outra campanha da Bélgica. Lá, os jovens tentavam tirar carteira de motorista e foram convencidos de que tinham que mandar mensagens no celular para serem aprovados.
O nosso teste foi feito de forma segura no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. (Veja como foi o teste no vídeo acima)
Segundo o governo americano, o risco de mandar mensagem ao volante é equivalente a dirigir depois de tomar quatro cervejas.
A equipe do Fantástico colocou uma urna na porta de uma faculdade para saber quem mais assume a infração de dirigir e teclar ao mesmo tempo. Ninguém precisava se identificar. Quase metade dos jovens disse que, sim, dirige teclando.
Os pesquisadores americanos mediram: um motorista fica pelo menos cinco segundos sem olhar para o trânsito quando manda ou recebe mensagem. A uma velocidade de 88 km/h, isso significa cruzar um campo de futebol inteiro dirigindo de olhos fechados.
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário