Buscar

20 março 2014

CAMPEONATO CEARENSE Ambições frustradas

CAMPEONATO CEARENSE

Ambições frustradas

20.03.2014

Nem vaga, nem G-4; Fortaleza e Guarani de Juazeiro empatam em 2 a 2 e saem de Iguatu sem metas cumpridas


Fortaleza
Empate fez com que o Tricolor chegasse ao 23º jogo de invencibilidade
FOTO: HONÓRIO BARBOSA
No Dia de São José, não foi só a chuva que foi abundante no Estado. Em Iguatu, no entanto, a abundância ficou por conta dos cartões amarelos - oito no total - e dos gols no jogo entre Guarani de Juazeiro e Fortaleza, que duelaram em partida válida pela sétima rodada do Segundo Turno do Campeonato Cearense, na tarde de ontem. O Tricolor esperava sair da 'Terra das Lagoas' com a classificação para a semifinal garantida, enquanto que o Rubro-Negro sonhava em entrar no G-4, mas o 2 a 2 frustrou as pretensões de ambas equipes.
Com o empate, o Leão do Pici atingiu a marca de 23 jogos de invencibilidade e mantém a liderança do Hexagonal com 15 pontos. O Guaraju ultrapassou seu arquival Icasa, que agora é o lanterna, e assumiu o 5º lugar, com 5 pontos somados.
Na próxima rodada, o Fortaleza recebe o Guarany de Sobral no Estádio presidente Vargas. Já o Guarani de Juazeiro terá que viajar para encarar o Horizonte, no Domingão.
O jogo
No primeiro tempo o Fortaleza teve mais volume de jogo e pareceu que venceria fácil. Contudo, dois gols em menos de quatro minutos desestabilizaram o Tricolor. Os tentos fizeram com que o Guarani de Juazeiro superasse suas limitações e, por alguns momentos, ditasse o ritmo do jogo.
O placar foi aberto aos 14 minutos de jogo, quando o goleiro Clay não rebateu bem o chute de Danio Rios e deixou Robert em condições de fazer 1 a 0 para o time da Capital.
O empate saiu aos 19 minutos. Dessa vez a falha foi de Luís Henrique, que não saiu bem em bola alçada na área e Domingos cabeceou para o fundo da rede. Não demorou para a virada. Aos 22, o goleiro tricolor voltou a bater-cabeça e Roberto Baiano colocou o Leão do Mercado em vantagem: 2 a 0
A qualidade vista na etapa inicial não foi a mesma dos últimos 45 minutos de jogo. Com dificuldades no setor ofensivo, Marcelo Chamusca tirou Danilo Rios deu chance para Romarinho, aos 15 jogados. A troca alterou a postura do Tricolor. Aos 21, Edinho avançou pela diagonal, enganou o primeiro marcador e invadiu a área, livre, para tirar do goleiro e mandar para o fundo do gol: 2 a 2.
Nos minutos finais, Guarani e Fortaleza tiveram chances de marcar, mas não conseguiram.

Confira os gols da partida



Chamusca diz que campo prejudicou os dois times
O técnico do Fortaleza, Marcelo Chamusca, disse ontem, após o empate em 2 a 2 com o Guarani de Juazeiro, em Iguatu, que o gramado do estádio Agenorzão prejudicou as duas equipes no decorrer da partida.
"Não quero ficar botando desculpa apenas no gramado, mas não existe a mínima condição de se marcar um jogo oficial para um campo como esse. O estádio é bom, mas o piso é irregular e prejudica a prática do futebol. Nós sentimos e acho que o Guarani também sentiu", disse ele.
Dois outros fatores intrigaram o treinador: o primeiro deles foi o de que, na sua opinião, o Leão teve tudo para definir o jogo ainda no primeiro tempo, quando desperdiçou várias chances, permitindo a reação do adversário na segunda etapa. Em segundo lugar, para ele, sua equipe sofreu dois gols com as mesmas características: duas bolas levantadas na área para cabeceios dos rivais. "Ainda vou rever o lance para saber onde foi que erramos no mesmo tipo de jogada", avisou Chamusca.
Volta para casa
Após cumprir três jogos longe de casa, o Fortaleza voltará a ter uma sequência diante de sua torcida. O primeiro jogo será no domingo contra o Guarany (S), e o segundo na quarta, diante do Horizonte, ambos no PV. No terceiro, o palco será o Castelão, dia 30, contra o Ceará.
Eduardo Buchholz
Repórter
Ficha técnica
Guarani de Juazeiro 2
Cley; Roberto Baiano (Glauber), Lucas, Domingos e Thiaguinho; Lincoln, Marcinho Guerreiro (Bruno Pacatuba), William Carioca e Sadrak; Netinho e Henry Kanu (Everton Felipe)
Técnico: Maurílio Silva
Fortaleza 2
Luís Henrique; Tiago Cametá, Eduardo Luiz, Max Oliveira e Radar (Adalberto); Corrêa, Walfrido, Danilo Rios (Romarinho), Edinho e Marcelinho Paraíba (Diego Neves); Robert
Técnico: Marcelo Chamusca
Campeonato Cearense 2014
Estádio: Agenorzão, em Iguatu (CE)
Data: 19 de março de 2014 Árbitro: Almeida Filho Assistentes: Anderson Silveira e Ernanes Alves
Renda: R$ 27.445,00
Público: 1.694 pagantes
Gols: Robert (14/1ºT) e Edinho (21/2ºT); Domingos (19/1ºT) e Roberto Baiano (22/1ºT)
Cartões amarelos: Radar, Corrêa e Romarinho (FOR); Marcinho Guerreiro, Roberto Baiano, Thiaguinho, William Carioca e Domingos (GJU)
classificacao
Fonte: http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/jogada/ambicoes-frustradas-1.848642

Nenhum comentário:

Postar um comentário