Buscar

19 janeiro 2014

Francisco ensina como ser um verdadeiro discípulo de Jesus, o Cordeiro de Deus

Francisco ensina como ser um verdadeiro discípulo de Jesus, o Cordeiro de Deus
Publicado em 19/01/2014, às 12:27, por Victor Hugo Vieira.

"O mal e o pecado são vencidos pelo amor", declarou o Papa Francisco no Angelus deste domingo, 19, na praça São Pedro. O Pontífice , antes da oração mariana, fez um breve discurso sobre a liturgia deste domingo, apresentando a figura de Jesus como o "Cordeiro inocente", durante o batismo de João.

"Ele (Jesus) tomou sobre si os nossos sofrimentos, tomou sobre si as nossas dores até a morte na cruz. Ele é o verdadeiro cordeiro pascal, que está imerso no rio do nosso pecado, para nos purificar", declarou o Papa.

Francisco explica que Jesus veio ao mundo com uma missão precisa: libertar a todos da escravidão do pecado, tomando sobre si a culpa de toda a humanidade. "De que modo? Amando", declarou o Papa.

O Pontífice recorda ainda que a figura do cordeiro pode impressionar, pois trata-se de um animal fraco e indefeso. "O cordeiro não é um dominador, mas é dócil, não é agressivo, mas pacífico, não mostra as garras ou dentes em face de qualquer ataque, mas é submisso. Assim é Jesus! Assim é Jesus, como um cordeiro", declarou.

"O que significa para a Igreja, para nós hoje, sermos discípulos de Jesus, o Cordeiro de Deus? Significa colocar no lugar da malícia a inocência, no lugar da força o amor, no lugar do orgulho a humildade e no lugar do prestígio o serviço", declarou o Papa.

Francisco destacou ainda que ser discípulo é deixar de lado todo o fechamento e propor o Evangelho a todos. "Testemunhar com a nossa vida que seguir Jesus nos torna mais livres e felizes", concluiu.

No final do Angelus, o Papa recordou o Dia Mundial dos Migrante e Refugiados. Pediu a todos que rezassem por aqueles que se encontram em situação de sofrimento e perigo, que foram obrigados a deixar a própria pátria. "Não percam a esperança por um mundo melhor", declarou.

Fonte: Canção Nova Notícias
Da redação do Portal Ecclesia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário